Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/4960
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
dissertacao romulo.pdf1,33 MBAdobe PDFView/Open
Title: Calor de combustão de Blendas do tipo diesel/biodiesel e diesel/bio-óleo
Authors: Andrade, Rômulo Davi Albuquerque
Orientador(es):: Prado, Alexandre Gustavo Soares do
Assunto:: Biocombustível
Biodiesel
Química
Issue Date: 2009
Citation: ANDRADE, Rômulo Davi Albuquerque. Calor de combustão de Blendas do tipo diesel/biodiesel e diesel/bio-óleo. 2009. 91 f. Dissertação (Mestrado em Química)-Universidade de Brasília, Brasília, 2009.
Abstract: O programa brasileiro de biocombustíveis prevê a adição de 2% de biocombustíveis em diesel até 2008 e 5% até 2013. Assim, o estudo do calor de combustão das blendas biocombustível/diesel é um gargalo tecnológico que necessita ser solucionado. O biodiesel foi obtido a partir da reação de transesterificação de óleo de soja, com um rendimento de 87% o bio-óleo foi obtido pelo craqueamento térmico do óleo de soja e tiveram a maioria os parâmetros de acordo com as normas da ANP. Os resultados calorimétricos mostraram que os valores de calor de combustão foram 41,36 ± 0,17; 38,70 ± 0,16; e 36,71 ± 0,17 MJ/kg para o diesel, bio-óleo e biodiesel, respectivamente. Os resultados mostraram que o calor de combustão dos biocombustíveis são aproximadamente 17 % inferiores aos valores do calor de combustão do diesel de petróleo. Mais ainda, os dados mostraram que os valores de calor de combustão dos biocombustíveis dependem do método de produção do biocombustível. Os valores de calor de combustão das blendas biocombustível/diesel fóssil diminui linearmente com a adição do biocombustível nas blendas. Os valores do calor de combustão encontrados na amostra B5 mostraram resultados muito semelhantes com os valores do calor de combustão do diesel de petróleo, justificando seu uso de acordo com a lei n° 11.097/2005 que determina a adição de 5% de biodiesel no diesel de petróleo. __________________________________________________________________________________________ ABSTRACT
The Brazilian government has also present biofuel program, which it has the main to add 2 % of biofuel in fossil diesel in 2008 and 5 % up to 2013. Thus, the knowledge of heat of combustion of biofuel/diesel blends is necessary. The biodiesel was produced by transesterification of soybean oil with yield of 87%. The diesel-like was obtained by pyrolysis of soybean oil; this biofuel presented all parameters in according to ANP. The obtained heats of combustion were 41.36 ± 0.17; 38.70 ± 0.16; e 36.71 ± 0.17 MJ/kg for diesel, diesel-like and biodiesel, respectively. The results show the heats of combustion of biofuels are approximately 17 % smaller than fossil diesel. The data also show the heats of combustion depend on the methodology used for the biofuel production. Addition of biofuels to traditional diesel fuel results in a linear decreasing of the heat of combustion with the amount of the alternative fuel added to the diesel.
Description: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Química, 2009.
Appears in Collections:IQ - Mestrado em Química (Dissertações)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/4960/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.