Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/4920
Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2001_EduardoAmadeuDutraMoresi.pdf1,61 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir
Título: Monitoração ambiental e complexidade
Autor(es): Moresi, Eduardo Amadeu Dutra
Orientador(es): Tarapanoff, Kira
Assunto: Recuperação da informação
Teoria da organização
Ciência da informação
Data de publicação: 7-Jun-2010
Referência: MORESI, Eduardo Amadeu Dutra. Monitoração ambiental e complexidade. 2001. 191 f . Tese (Doutorado em Ciência da nformação)-Universidade de Brasília, Brasília, 2001.
Resumo: As organizações, como sistemas abertos, dependem da interação com o ambiente externo para obter os recursos necessários à sua sobrevivência, incluindo a informação. Essa dependência ocasiona a percepção da incerteza, considerando que o ambiente é dinâmico e complexo. A dinâmica e os inter-relacionamentos no ambiente externo limitam o uso de enfoques mecanicistas na visualização da interação entre organização e ambiente. Diante desse novo cenário, a teoria da complexidade surge como um novo referencial teórico que está sendo aplicado em diversos campos do conhecimento, inclusive às organizações, que pode ser vista como um sistema complexo adaptativo, ou seja, como um sistema que se adapta ao seu ambiente. A monitoração ambiental é, então, o processo pelo qual a organização define necessidades, busca e usa informação, para interagir com a inteligência da realidade. Esta pesquisa buscou um referencial integrando Ciência da Informação e as Teorias da Organização e da Complexidade. A população da pesquisa constou de professores e pesquisadores das áreas de Ciência da Informação, Administração e Engenharia de Produção. A partir dos dados coletados foram analisados aspectos relativos à percepção do ambiente externo, à percepção da realidade, à eficácia do processo de monitoração e aos modos de monitoração. Além disso, é proposto um modelo tridimensional de processo de monitoração ambiental, compreendendo os eixos da atividade, da infra-estrutura e da axiomática. Por fim, conclui-se sobre a relevância da inclusão da Teoria da Complexidade, juntamente com a Ciência da Informação e da Teoria da Organização, no estudo da monitoração ambiental. As recomendações de novas pesquisas sugerem a ampliação do presente estudo, investigando aspectos ligados aos níveis de realidade, bem como o estudo de práticas de monitoração realizado por organizações brasileiras dos setores público e privado. ____________________________________________________________________________________ ABSTRACT
The organizations are open systems. They depend on the interaction with the external environment to obtain the necessary resources to your survival, including information. That dependence causes the uncertainty perception, because the environment is dynamic and complex. The dynamics and the inter-relationships in the external environment limit the mechanics' focuses use in the interaction visualization between organization and environment. Before this new scenery, the complexity theory appears as a new theoretical framework that is being applied in several knowledge fields, besides to the organization theory. The organization can be seen as a complex adaptive system, in other words, as a system that adapts to its environment. Then the environmental scanning is the process by the organization defines information seek and use to interact with the reality intelligence. This research looked for a framework integrating Information Science, Organization Theory, and Complexity Theory. The research population consisted by Information Science, Management, and Production Engineering teachers and researchers. Starting from the collected data, this research analyzed aspects related to the external environment perception, reality perception, scanning process effectiveness, and scanning modes. Besides, a three-dimensional environmental scanning process model is proposed, including the activity, the infrastructure, and the axiomatic axes. Finally, it is concluded about the Complexity Theory relevance, together with the Information Science and the Organization Theory, in the environmental scanning study. The new researches recommendations suggest the present study enlargement, investigating the reality levels and environmental scanning, as well as the scanning practices realized by public and private Brazilian organizations.
Informações adicionais: Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Economia, Administração, Contabilidade e Ciência da Informação e Documentação, Departamento de Ciência da Informação e Documentação, Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação, 2001.
Aparece nas coleções:FCI - Doutorado em Ciência da Informação (Teses)

Mostrar registro completo do item Recomendar este item Visualizar estatísticas



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.