Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/4691
Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2009_FranciscoAntonioCoelhoJunior.pdf5,55 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir
Título: Suporte à aprendizagem, satisfação no trabalho e desempenho : um estudo multinível
Autor(es): Coelho Junior, Francisco Antonio
Orientador(es): Borges-Andrade, Jairo Eduardo
Assunto: Aprendizagem organizacional
Satisfação no trabalho
Desempenho profissional
Data de publicação: Mar-2009
Referência: COELHO JUNIOR, Francisco Antonio. Suporte à aprendizagem, satisfação no trabalho e desempenho: um estudo multinível. 2009. 311 f., il. Tese (Doutorado em Psicologia Social, do Trabalho e das Organizações)-Universidade de Brasília, Brasília, 2009.
Resumo: O investimento no capital intelectual, com o objetivo de maximização do desempenho individual, tornou-se o pilar norteador das ações de gerenciamento de pessoas. As práticas de valorização do funcionário e o provimento do suporte psicossocial à aprendizagem informal tornaram-se imprescindíveis. O presente trabalho objetivou testar empiricamente um modelo teórico multinível de predição de desempenho individual. As variáveis antecedentes foram características biográficas, funcionais e suporte à aprendizagem, medidas no nível individual e de contexto, e satisfação no trabalho, de nível individual. Foram realizados dois estudos numa Empresa pública, de âmbito nacional, do ramo de pesquisa agropecuária: o primeiro, de re-validação de escalas de satisfação no trabalho e suporte à aprendizagem (N=870); e o segundo, que testou aquele modelo em seis escores de desempenho individual providos por esta Empresa. A coleta de dados foi realizada totalmente via web, em suas 45 unidades centralizadas e descentralizadas. Foram adotados procedimentos de análise uni e multivariada dos dados, análise fatorial e análise de regressão multinível. As escalas de satisfação no trabalho (cinco fatores) e suporte à aprendizagem (dois fatores) apresentaram índices psicométricos apropriados. Os resultados multiníveis corroboraram o modelo teórico de pesquisa hipotetizado e evidenciaram que a variância de desempenho foi explicada por distintos preditores de nível individual e de contexto. Dentre os preditores de nível individual, destacaram-se o tipo de cargo, a satisfação quanto à política de promoções e remunerações e o grau de escolaridade. A percepção coletiva de suporte à aprendizagem dos colegas, uma variável de contexto, predisse todos os escores de desempenho. Para os escores relativos à execução do plano de trabalho do indivíduo, houve uma contribuição mais efetiva de variáveis inseridas isoladamente nos modelos. Para os escores referentes ao impacto da execução do plano de trabalho do indivíduo, nos resultados das unidades da empresa, os termos de interação entre variáveis de mesmo nível e cross-level tiveram um efeito mais relevante. A modelagem multinível demonstrou ser uma ferramenta fundamental para revelar a complexa predição de desempenho no trabalho. As implicações metodológicas, teóricas e práticas, as limitações e agenda de pesquisa são apresentadas com base nos achados empíricos. _________________________________________________________________________________ ABSTRACT
Investing on intellectual capital, with a focus on individual performance, became the guiding pillar for personell management actions. Employee, valorization and providing psycho-social support for informal learning became vital. This papers aims to empirically test a teorical multilevel model for the prediction of individual performance. Antecedent variables were biographical and functional characteristics and learning support, measured at the individual and contextual levels, and work satisfaction, at the individual level.. Two studies were accomplished in a public corporation which deals with agricultural research in a national scope: the first, the re-validation of work satisfaction and learning support scales (N=780); the second study tested that model with six individual performance scores provided by this corporation. Data collection was done online, in its 45 central and noncentral units. Uni and multivariate data analysis procedures, factorial analysis and multilevel regression analysis have been undertaken. The work satisfaction (five factors) and learning support (two factors) scales showed adequate psychometric indexes. The multilevel results have confimed the hypothesized theoretical research model and have shown evidence that the performance variance was explained by distinct individual and contextual level predictors. Within the individual level predictors, the type of position, satisfaction with promotion and salary policiesand schooling were salient. The collective perception of learning support provided by co-workers, a contextual variable has predicted all performance scores. Given the performance scores which were based on the employees work plan, most of the prediction was derived from individual variables in that model On the other hand, performance scores related to the impact of these work plans on the corporative units were better predicted by the interaction among variables from the same level and cross-level interactions. Multilevel modelling has been shown a fundamental tool for revealing complex prediction of performance at work. Based on these empirical findings, methodological, theoretical and practical implications, limitations and a research agenda are presented.
Informações adicionais: Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Instituto de Psicologia, Departamento de Psicologia Social e do Trabalho, Programa de Pós-Graduação em Psicologia Social, do Trabalho e das Organizações, 2009.
Aparece nas coleções:PSTO - Doutorado em Psicologia Social, do Trabalho e das Organizações (Teses)

Mostrar registro completo do item Recomendar este item Visualizar estatísticas



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.