RIUnB >
28. IP - Instituto de Psicologia >
PED - Departamento de Psicologia Escolar e do Desenvolvimento >
PED - Programa de Pós-graduação  >
PED - Mestrado em Processos de Desenvolvimento Humano e Saúde (Dissertações) >

Utilize este link para identificar ou citar este item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/4650

Arquivos neste item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
2009_FernandaNascimentoPDoca.pdf1,82 MBAdobe PDFver/abrir

Título: A Psicologia pediátrica em hospitais universitários brasileiros
Autor(es): Doca, Fernanda Nascimento Pereira
Orientador(es): Costa Júnior, Áderson Luiz
Assunto: Psicologia infantil - Brasil
Data de publicação: 18-Mai-2010
Data de defesa: 2009
Referência: DOCA, Fernanda Nascimento Pereira. A Psicologia pediátrica em hospitais universitários brasileiros. 2009. 159 f., il. Dissertação (Mestrado em Processos de Desenvolvimento Humano e Saúde)-Universidade de Brasília, Brasília, 2009.
Resumo: A psicologia pediátrica, enquanto uma subespecialidade da psicologia da saúde, se ocupa da promoção e manutenção da saúde de crianças e adolescentes em condições habituais de vida e daqueles expostos a tratamentos de doenças e/ou expostos a condições de risco para a saúde. A assistência em psicologia pediátrica é desenvolvida em diversos contextos, mais comumente naqueles destinados a hospitalização e tratamento pediátrico, os quais são considerados potencialmente adversos ao desenvolvimento infantil. Para reduzir a ocorrência, a magnitude e o impacto das repercussões adversas ocasionadas por hospitalizações e tratamentos médicos, a psicologia pediátrica tem desenvolvido procedimentos eficazes de intervenção, utilizando-se de variadas técnicas e recursos. A preparação psicológica constitui uma destas modalidades de intervenção, sendo referida e recomendada pela literatura por proporcionar aumento dos índices de adesão ao tratamento, redução de ansiedade antecipatória e desenvolvimento de estratégias de enfrentamento mais eficientes contra doenças e contingências estressantes associadas. Com base nestes fatores, realizou-se um estudo com objetivo de descrever e caracterizar a condição de desenvolvimento da psicologia pediátrica no Brasil, no que se refere à: (a) publicação científica nacional, disponível em periódicos de psicologia Qualis A e B, entre 2000 e 2008; e (b) atuação profissional dos psicólogos em serviços de psicologia pediátrica dos hospitais universitários públicos federais brasileiros, destacando-se as intervenções de preparação psicológica por eles realizadas. Para tanto, efetuou-se: (a) uma análise das publicações com temas de interesse à psicologia pediátrica, quanto a sua distribuição anual, etapa do desenvolvimento infantil e temática a que se referiam; (b) um mapeamento dos serviços de psicologia dos HUs públicos federais e dos psicólogos que neles atuavam, a partir de consultas aos portais do MS, MEC e dos próprios hospitais; e (c) um levantamento do perfil dos psicólogos pediátricos e da rotina de atenção e cuidados em saúde pediátrica desenvolvida por eles nos HUs públicos federais, através de questionário eletrônico auto-aplicável. A análise dos dados revelou, entre outros aspectos, que a psicologia pediátrica ainda não está conceitualmente estabelecida nos HUs públicos federais, tanto no âmbito teórico quanto prático, apesar do progressivo aumento da inserção de profissionais na área. Os fatores que se relacionam a esta condição de desenvolvimento referem-se especialmente à: (a) falta de delimitação do papel, das funções e das atividades práticas destes profissionais; (b) baixa produção e/ou publicação de pesquisas científicas; e (c) insuficiência e/ou inadequação da formação na área de saúde. A partir das evidências encontradas, fazem-se algumas sugestões: (a) para os psicólogos necessidade de planejamento, organização e sistematização da rotina de cuidados e atenção à saúde, especialmente no que tange à descrição operacional das rotinas e ao registro sistemático e padronizado das informações coletadas; (b) para docentes e/ou pesquisadores necessidade de aperfeiçoamento e/ou desenvolvimento da formação e de pesquisas científicas na área, como por exemplo, a criação de disciplinas específicas em nível de graduação e pós-graduação, a realização de eventos técnicos e científicos, a organização de uma associação e/ou sociedade na área e de um periódico científico, entre outras. _______________________________________________________________________________ ABSTRACT
Pediatric psychology, while a subspecialty of health psychology, deals with promotion and maintenance of children and adolescents health, being those individuals either in habitual life conditions or exposed to health treatments and/or to conditions of risk to health. The assistance in pediatric psychology is developed in various contexts, especially in those directed to hospitalization and treatment of pediatric health, which are considered potentially adverse to child development. In order to reduce the occurrence, the magnitude, and the impact of adverse repercussion, pediatric psychology has developed a number of interventions, through the use of varied techniques and resources. Psychological preparation is one of those intervention modes, and it is referred and recommended by literature for it has provided the increase of treatment adhesion rate, reduction of anticipatory anxiety, and development of more efficient coping strategies against illnesses and other stressful contingencies. Based on those factors, a study was carried out aiming at describing and characterizing the development conditions of pediatric psychology in Brazil, concerning: (a) national scientific production, available at Qualis A and B psychology journals, within the years of 2000 and 2008; and (b) professional performance of psychologists in charge of pediatric psychology services at Brazilian federal public University Hospitals (UHs), by highlighting the interventions of psychological preparation conducted by them. To achieve those purposes three procedures were carried out: (a) an analysis of publications with themes of interest for pediatric psychology, as regards the annual distribution, the child development stage, and the theme they referred to; (b) a mapping of psychology services at federal public UHs and of the psychologists who were active there, through consultation to Health and Education Ministries, and UHs web portals; and (c) a profile survey of pediatric psychologists and a routine survey of pediatric health care and attention developed by the psychologists at federal public UHs, through a self-administered electronic questionnaire. Data analyses revealed, among other aspects, that pediatric psychology has not yet been conceptually established at federal public UHs, both in theoretical and practical extensions, despite the progressive increase of professional insertion in the area. The factors that are related to this development condition refer especially to: (a) lack of delimitation of professional role, functions, and practical activities; (b) low production and/or publication of scientific researches; and (c) insufficient and/or inadequate education in the health area. Some suggestions are offered based on the found evidences: (a) for the psychologists need of planning, organization and systematization of attention and care routine to health, especially concerning routine operational description and systematic and standardized registration of collected information; (b) for professors and/or researchers need of improvement and/or development of education and scientific researches in the area, such as the design of specific disciplines in undergraduate and postgraduate levels, execution of technical and scientific events, organization of an association in the area and of a scientific journal, among others.
Informações adicionais: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Psicologia, Programa de Pós-Graduação Processos de Desenvolvimento Humano e Saúde, 2009.
Aparece na Coleção:PED - Mestrado em Processos de Desenvolvimento Humano e Saúde (Dissertações)

Todos os itens no repositório estão protegidos por copyright. Todos os direitos reservados.

 

Site Creative Commons Site Oaister Sítio IBICT Universidade de Brasília
Sobre o Repositório  |  FAQ  |  Estatísticas |  Termo de Autorização do Autor
Copyright © 2008 MIT & HP. Todos os direitos reservados.