Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/4626
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2009_PauloSergioAzeredoHenriquesFilho.pdf1,84 MBAdobe PDFView/Open
Title: Distúrbios do sono : possível causa de déficit de atenção em crianças e adolescentes com Malformação de Chiari Tipo II
Authors: Henriques Filho, Paulo Sérgio Azeredo
Orientador(es):: Pratesi, Riccardo
Assunto:: Distúrbios do sono
Neurofisiologia
Síndrome das apnéias do sono
Distúrbio da falta de atenção com hiperatividade
Issue Date: Jun-2009
Citation: HENRIQUES FILHO, Paulo Sérgio Azeredo. Distúrbios do sono: possível causa de déficit de atenção em crianças e adolescentes com Malformação de Chiari Tipo II. 2009. 170 f. Tese (Doutorado em Ciências Médicas)-Universidade de Brasília, Brasília, 2009.
Abstract: Introdução: Transtornos do desempenho cognitivo podem estar relacionados a distúrbios do sono em indivíduos com malformação de Chiari tipo II (CMII). A CMII se caracteriza por baixa inserção do tentorium, herniação do conteúdo da fossa posterior, afunilamento do tectum mesencefálico e espinha bífida. Entretanto, apesar de a CMII incluir o cérebro em suas anormalidades, há um percentual de indivíduos com CMII cuja cognição e inserção social são suficientes para viverem independentemente. Nosso principal objetivo neste estudo é identificar causas, não relacionadas à malformação de Chiari tipo II, para déficit de atenção em indivíduos-casos através de comparação entre crianças com CMII e sem CMII. Métodos: Em um universo de 67 pacientes com CMII, foram selecionadas 24 crianças e adolescentes entre sete e 16 anos de idade. Após seleção dos indivíduos com CMII, foram selecionadas 24 crianças e adolescentes sem CMII que estudavam na mesma escola dos CMII, por pareamento em número, faixa etária e gênero. Todos os selecionados se submeteram a avaliação neuropsicológica, englobando inteligência, atenção, socialização positiva e negativa, hiperatividade, ansiedade e transtorno de conduta. Realizamos comparações entre indivíduos com CMII e déficit de atenção e indivíduos com CMII sem déficit de atenção, e entre indivíduos com CMII com e sem déficit de atenção e indivíduos sem CMII com e sem déficit de atenção. Excluímos da amostra, através da aplicação de questionário específico, indivíduos sob risco de efeitos que pudessem confundir a avaliação de prejuízo cognitivo (atenção), como os causados por uso de medicamentos, epilepsia, dano cerebral e hidrocefalia descompensada. A análise da função cognitiva (atenção) foi realizada através da aplicação dos critérios do Diagnostic and Statistical Manual of Mental Disorders (DSM - IV) e de escala neuropsicológica (EACI-P). Todos se submeteram a polissonografia de noite inteira, que incluiu o registro de EEG, eletromiografia, eletro-oculografia, ECG, oximetria arterial de pulso (SpO 2), movimentos respiratórios torácico e abdominal, fluxo aéreo oral e nasal. Análise Estatística: Dados de variáveis que mostraram distribuição Gaussiana normal foram expressos como média e desvio padrão. Utilizamos valores da mediana para dados que não apresentaram distribuição normal. Comparamos as variáveis contínuas entre os grupos utilizando o Student T test. Para encontrar diferença estatística significante entre duas distribuições, utilizamos o teste do qui-quadrado. Utilizamos o software SPSS for Windows, Standard version, Release 10.0.1, SPSS Inc1999, e o software, Epi Info Version 3.5.1.2000 para os cálculos. Resultados: Entre os 48 indivíduos selecionados (24 com CMII e 24 sem CMII), 14 com CMII e seis sem CMII apresentaram distúrbios do sono, tais como apnéia do sono, distúrbio de comportamento na fase do sono com movimentos oculares rápidos e movimentos periódicos dos membros em sono. Em seis indivíduos com CMII e seis sem CMII, identificamos baixo desempenho cognitivo, evidenciando-se déficit de atenção relacionado a distúrbios do sono. Conclusão: Distúrbios do sono podem provocar prejuízo da função cognitiva, como a atenção, e contribuir para a má qualidade do aprendizado em indivíduos com CMII, independentemente de suas malformações cerebrais, que podem provocar, com freqüência, transtornos cognitivos nestes pacientes. Apnéia do sono, distúrbio de comportamento na fase do sono com movimentos oculares rápidos e movimentos periódicos dos membros em sono são mais freqüentes em indivíduos com CMII do que em indivíduos sem CMII, fato que se relaciona à malformação de seu sistema nervoso. _______________________________________________________________________________ ABSTRACT
Introduction: In Chiari malformation type II (CMII) patients impairment of the cognitive performance is related to the presence of sleep disorders. In spite of the inclusion of cerebral abnormalities in this malformation a significant percentage of these patients have sufficient cognitive function and social interaction for an independent living. The aim of the current study is to identify causes for attention deficit not directly related to CM II by comparing children with and without this malformation. Methods: Of a total of 67 patients with CM II, were selected 24 children and adolescents age range 7 to 16 years. Twenty four children and adolescents without CMII, paired by age and genre, coming from the same school in which the CM II studied, were selected as control group. Both patients and control underwent neuropsychological assessment covering intellectual level intelligence and degree of inattention, positive and negative socialization, presence of hyperactivity, anxiety and conduct disorders. Comparison was made between patients with CMII and attention deficit and those with CMII and without attention deficit, and between CMII with and without attention deficit and controls in the same conditions. Were excluded from the study patients that showed possible confounding effects of global cognitive impairment due to the use of medicaments, epilepsy, brain damage, not compensate hydrocephalus. To evaluate the cognitive functions (attention) were used the Diagnostic and Statistical Manual of Mental Disorders (DSM-IV) criteria and the EACI-P neuropsychological scale. All children underwent full night Polysomnography, which included EEG, electromyography, electrooculography, ECG, pulse oximetry arterial oxygen saturation (SpO 2), chest wall and abdomen motion, and oral and nasal airflow. Statistical Analysis: Data variable that showed normal Gaussian distribution were expressed as mean SD. Median values were used for data with no normal distribution. Continuous variables were compared among groups using the T Student test. Chi-square was utilized to find significant statistical difference between two distributions. The data were analyzed using Epi Info Version 3.5.1.2000 and SPSS for Windows, Standard version, Release 10.0.1, SPSS Inc.1999. Results: Among 48 patients (24 with CMII and 24 without CMII), sleep disturbance, mainly sleep apnea, REM sleep behavior disorders, and periodic limb movement in sleep, were present in 14 patients with CMII and in six controls without CMII. Among these patients, six with CMII and six without CMII disclosed cognitive impairment secondary to attention deficit disorder related to the sleep disturbances. Conclusion: Sleep disturbances may impair cognitive functions, as attention, and contribute to poor quality of learning in patients with CMII, independent of their brain malformations, which frequently can produce cognitive impairment in these patients. Sleep disorders, as sleep apnea, REM sleep behavior disorders and periodic limb movement in sleep are more frequent in CMII patients, which were related to brain malformation, to brain stem malformation and or related to spinal cord malformation.
Description: Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Medicina, 2009.
Appears in Collections:FMD - Doutorado em Ciências Médicas (Teses)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/4626/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.