Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/4583
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2008_MichelledaSilvaLiberio.pdf5,95 MBAdobe PDFView/Open
Title: Caracterização química e biológica da secreção cutânea do anuro Leptodactylus labyrinthicus: peptídeos antimicrobianos e anticarcinogênicos, fosfolipases e peptidases
Authors: Libério, Michelle da Silva
Orientador(es):: Castro, Mariana de Souza
Pires Júnior, Osmindo Rodrigues
Assunto:: Secreção cutânea
Anfíbio
Peptídeos antimicrobianos
Issue Date: 2008
Citation: LIBÉRIO, Michelle da Silva. Caracterização química e biológica da secreção cutânea do anuro Leptodactylus labyrinthicus: peptídeos antimicrobianos e anticarcinogênicos, fosfolipases e peptidases. 2008. 145 f., il. Dissertação (Mestrado em Biologia Animal)-Universidade de Brasília, Brasília, 2008.
Abstract: Atualmente, o surgimento de resistência às drogas disponíveis no mercado pelos microorganismos e pelas células de câncer tornou o desenvolvimento de novas formas terapêuticas imprescindível. A secreção cutânea dos anfíbios é uma rica fonte natural de peptídeos com atividades anticarcinogênica (PAC) e antimicrobiana (PAM). Entretanto, o veneno desses animais também é constituído de outras macromoléculas, por exemplo, enzimas, as quais têm sido pouco investigadas. O presente estudo teve como objetivo caracterizar, de forma geral, a secreção glandular da rã-pimenta Leptodactylus labyrinthicus. Especificamente, buscou-se identificar e caracterizar química e biologicamente alguns dos peptídeos presentes, além de investigar a presença de atividades enzimáticas. O estudo revelou a ocorrência de inúmeros peptídeos e proteínas, demonstrando a riqueza e o potencial biológico desse veneno. Os dois peptídeos antimicrobianos purificados foram fallaxin e pentadactylin, os quais já haviam sido isolados de outras espécies do gênero Leptodactylus. Ambos apresentaram atividade contra bactérias Gram-positivas e Gram-negativas; e fallaxin foi identificado como fracamente hemolítico. Como vários PAMs de amplo espectro de ação também são citotóxicos para células de câncer, os dois peptídeos isolados foram testados contra as linhagens celulares de câncer HeLa, MCF-7 e B16F10, demonstrando-se efetivos contra todas as linhagens. Observou-se também que os dois PACs são pouco seletivos, pois foram mais tóxicos para células normais de fibroblasto (FHN) do que para as células tumorais. Portanto, o uso terapêutico desses PACs deverá ser via estratégias que aumentem a especificidade dos mesmos. Os estudos de mecanismo de ação com pentadactylin não foram conclusivos, sugerindo a morte de células de MCF-7 via apoptose, podendo ser seguida pelo processo necrótico. Além desses, o fragmento Flx-16 de fallaxin e o peptídeo PGL-Ll, rico em glicina e leucina, foram testados, contudo nenhuma atividade biológica foi detectada. A investigação da atividade enzimática da secreção revelou a presença de enzimas proteolíticas pertencentes aos clãs das metalo- e serino-peptidases e que atuam de maneira ótima em pH neutro a ligeiramente básico; e de fosfolipases do tipo A2. O estudo e caracterização da composição da secreção cutânea de anfíbios são de extrema relevância, podendo ajudar a esclarecer questões taxonômicas, identificar drogas terapêuticas em potencial, além de auxiliar no entendimento da biologia dos anfíbios. _________________________________________________________________________________ ABSTRACT
Nowadays, the emergence of resistance to the current available chemotherapeutic drugs by microorganisms and cancer cells make the development of new agents imperative. The skin secretion of amphibians is a natural rich source of antimicrobial (PAM) and anticancer peptides (PAC). Nevertheless, the venom of these animals is also composed by other macromolecules, such as enzymes, which have not been studied extensively yet. The aim of this study was to characterize the glandular secretion of the pepper-frog Leptodactylus labyrinthicus, targeting to identify and characterize chemically and biologically some of the peptides present, besides detecting enzymatic activities. The research has found a variety of peptides and proteins, showing the richness and the biological potential of this venom. Two PAMs were purified, fallaxin and pentadactylin, which have already been isolated from other species of the genus Leptodactylus. Both peptides were active against Gram-positive and Gram-negative bacterias; moreover, fallaxin showed a weak hemolytic activity. As some PAMs of broad spectrum of action are also toxic to cancer cells, the two peptides isolated were tested against the cancer cell lines HeLa, MCF-7 and B16F10, being effective against all of them. We noticed that both PACs aren’t specific, since they have been more toxic to normal fibroblast cells (FHN) than to tumor cells. Therefore, it is mandatory that the therapeutic use of these PACs be accompanied by strategies that enhance their selectiveness. The studies of action mechanism with pentadactylin were not conclusive, suggesting that MCF-7 cells die by apoptosis; however it may be followed by necrosis. The peptide PGL-Ll, rich in glycine and leucine, and the fragment Flx-16 from fallaxin were tested, though no biological activity was found. The research of enzyme activity of the secretion revealed the presence of proteolytic enzymes of the clans metallo- and serine-peptidases, and that they act optimally at neutral to slightly basic pH, and of phospholipases A2. The study and characterization of the skin secretion of amphibians is of extreme relevance, helping to elucidate taxonomic issues, identifying putative therapeutic drugs, besides helping to understand the biology of amphibians.
Description: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Biológicas, Programa de Pós-Graduação em Biologia Animal, 2008.
Appears in Collections:IB - Mestrado em Biologia Animal (Dissertações)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/4583/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.