Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/4483
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2009_MicheleTerezaMarquesCarvalho.pdf3,53 MBAdobe PDFView/Open
Title: Metodologia para a avaliação da sustentabilidade de habitações de interesse social com foco no projeto
Authors: Carvalho, Michele Tereza Marques
Orientador(es):: Sposto, Rosa Maria
Assunto:: Construção civil - sustentabilidade
Habitações populares
Issue Date: Apr-2009
Citation: CARVALHO, Michele Tereza Marques. Metodologia para a avaliação da sustentabilidade de habitações de interesse social com foco no projeto. 2009. 223 f. Tese (Doutorado em Estruturas e Construção Civil)-Universidade de Brasília, Brasília, 2009.
Abstract: É desenvolvida neste trabalho uma metodologia para análise de sustentabilidade de projetos de habitações de interesse social, denominada MASP-HIS. A principal motivação para o trabalho é a necessidade de indicadores e índices de sustentabilidade relacionados a edificações dessa natureza, que se insiram no contexto das ações orientadas ao desenvolvimento mais sustentável da construção. Inicialmente, é feita uma revisão da literatura, para a verificação do estado atual das ações relacionadas à sustentabilidade e das metodologias existentes no Brasil e no mundo, relativas ao tema; posteriormente, são elaborados os critérios para a construção da metodologia MASP-HIS. Os critérios englobam a definição de temas para a verificação dos requisitos de sustentabilidade do projeto, e de dados necessários para as especificações dos materiais que compõem os diversos subsistemas de uma edificação, em especial o subsistema de vedações verticais. Para viabilizar os cálculos dos indicadores e índices de sustentabilidade e as considerações lógicas e estruturais previstas na metodologia MASP-HIS, foi desenvolvida uma ferramenta computacional, denominada PROMASP-HIS. A validação da metodologia MASP-HIS foi feita com a análise de dois projetos de edificações de interesse social da região metropolitana de Goiânia. Verifica-se que a sustentabilidade dos projetos analisados foi baixa, com médias, para as diversas combinações de materiais especificados, de 42,14 e 41,23, numa escala de 0 a 100 - diferença média de 0,91% -. O aspecto econômico foi o mais sustentável (médias de 57,18 e 52,84), e os aspectos menos sustentáveis foram o ambiental (médias de 34,56 e 32,41) e o sociocultural (médias 34,68 e 32,44). Portanto, é razoável afirmar que os dois projetos precisam melhorar o seu desempenho quanto à sustentabilidade, principalmente nos aspectos ambiental e sociocultural. A metodologia MASP-HIS é a primeira metodologia, no contexto brasileiro, que trata de projetos e especificações de materiais e componentes de habitações de interesse social levando em consideração os aspectos ambiental, sociocultural e econômico. Ela é muito útil, pois pode ser usada para a identificação e solução de pontos críticos de projeto, quando são analisados os índices de sustentabilidade parciais, e para o mapeamento da sustentabilidade de projeto na localidade de aplicação, bem como para a verificação da evolução do índice de sustentabilidade ao longo do tempo, quando é analisado o índice de sustentabilidade de todo o projeto. _________________________________________________________________________________ ABSTRACT
This work provides a methodology for the sustainability analysis of social interest habitations projects, named MASP-HIS. The main motivation of this research is the need for sustainability indicators and indexes related to edifications of this nature, all of which can be inserted in the context of actions oriented to a more sustainable development of constructions. First review of the literature is presented to assess the present state of sustainabilityrelated actions of the existing methodology in Brazil and throughout the world; the criteria for the formulation of the MASP-HIS methodology are elaborated. These include the definition of issues for the verification of the project’s sustainability requirement, as well as project data needed for the specification of materials which make up the various subsystems of an edification, particularly vertical wall subsystems. In order to attribute feasibility to the calculus of sustainability indicators and indexes as well as to logical and structural considerations predicted by the MASP-HIS methodology, a computational tool named PROMASP-HIS has been developed. The MASP-HIS methodology has been validated via the project analysis of two social interest edifications located in the metropolitan region of Goiânia-Brazil. The sustainability of the assessed projects was low, with averages of 42,14 and 41,23 in a 0-100 scale for several specified materials – a mean difference of 0,91%. The economic aspect was the most sustainable (averages of 57,18 and 52,84), whereas the least sustainable were the environmental (averages of 34,56 and 32,41) and the sociocultural (averages of 34,68 and 32,44) aspects. Thus, it is reasonable to assert that both projects need to improve their performance on sustainability, particularly regarding environmental and sociocultural aspects. The MASP-HIS methodology is the first in Brazil to handle projects, materials, and component specifications of social interest habitations while accounting for environmental, sociocultural, and economic factors. It is highly useful because it can be used to identify and solve critical points of projects when partial sustainability indexes are analised. It also maps the sustainability of projects in their specific locations of applications and verifies the evolution of sustainability indexes.
Description: Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Tecnologia, Departamento de Engenharia Civil e Ambiental, 2009.
Appears in Collections:ENC - Doutorado em Estruturas e Construção Civil (Teses)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/4483/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.