Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/4426
Título: Ser livre e ser escravo : memórias e identidades de trabalhadores maranhenses na região dos Cocais (1990-2008)
Autor(es): Silva, José Carlos Aragão
Orientador(es): Magalhães, Nancy Alessio
Assunto: Escravidão
Trabalho escravo
Maranhão - história
Data de publicação: 3-Mai-2010
Data de defesa: 26-Jun-2009
Referência: SILVA, José Carlos Aragão. Ser livre e ser escravo: memórias e identidades de trabalhadores maranhenses na região dos Cocais (1990-2008). 2009. 175 f. Tese (Doutorado em História)-Universidade de Brasília, Brasília, 2009.
Resumo: A partir de experiências de escravidão por dívida na agricultura contemporânea, neste estudo procuro interpretar os processos de reconstrução/construção de dimensões identitárias de trabalhadores na região dos Cocais, no Maranhão, mais especificamente nos municípios de Presidente Dutra e Dom Pedro. A investigação tem como escopo os trabalhadores submetidos a esse trabalho escravo por dívida fora do referido estado, no período de 1990 a 2008. Nesta análise, busco inicialmente evidenciar como se construiu minha aproximação com o fenômeno investigado e como se deu a tessitura dos fios que compõem a pesquisa, que prossegue quando identifico, através de fontes bibliográficas e documentais, as relações históricas que os camponeses oriundos do Maranhão e da mencionada região estabeleceram com o fenômeno da escravidão por dívida, notadamente na Amazônia. Em seguida a análise se detém na região dos Cocais, em sua história e memória acerca da vida e cotidiano dos camponeses. A partir da narrativa oral e dos fiapos de memória dos trabalhadores investigados são interpretados, na última parte da tese, o que se revela/vela sobre a escravidão por dívida e as dimensões identitárias que emergem desses sujeitos históricos. ________________________________________________________________________________________ ABSTRACT
From cases of slavery by debt in contemporaneous agriculture, in this project I interpret the process of reconstruction of workers’ identity dimensions in Cocais area, in Maranhão, particularly in the cities of Presidente Dutra e Dom Pedro. The targets of this study are the workers submitted to slavery by debt outside this State, between 1990 and 2008. In this analysis I intend to evidence how I approximate myself with the investigated phenomenon and how it was done the weaving of the wires that make this search. This investigation goes on when I identify, though bibliographic and documental sources, the historic relationships that the rural workers from Maranhão and from the reported area created with this phenomenon of slavery by debt, mainly, in the Amazonic area. Then, my analysis stays in Cocais area, its history and memory about rural workers’ life and quotidian. From the oral report and pieces of memory of the investigated workers are interpreted, in the last part of this project, what it is revealed about slavery by debt and about the identity dimensions that emerge from this historic people.
Informações adicionais: Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Humanas, 2009.
Aparece nas coleções:HIS - Doutorado em História (Teses)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2009_JoseCarlosAragaoSilva.pdf3,73 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.