Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/4406
Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2009_MariadasDoresSilvaNobrega.pdf4,58 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir
Título: Representações sociais da moradia e da natureza dos moradores de loteamentos de baixa renda em Águas Lindas de Goiás - GO
Autor(es): Nóbrega, Maria das Dôres Silva
Orientador(es): Peluso, Marília Luiza
Assunto: Habitações
Representações sociais
Geografia urbana
Data de publicação: Ago-2009
Data de defesa: Ago-2009
Referência: NÓBREGA, Maria das Dôres Silva. Representações sociais da moradia e da natureza dos moradores de loteamentos de baixa renda em Águas Lindas de Goiás-GO. 2009. 128 f. : il. Dissertação (Mestrado em Geografia)-Universidade de Brasília, Brasília, 2009.
Resumo: Esta dissertação discute qual o significado da moradia e da natureza para moradores de loteamentos situados na Área de Preservação Ambiental (APA) do rio Descoberto, ou seja, loteamentos irregulares perante a legislação ambiental e urbanística brasileira. Investigar-se-á os loteamentos enquanto lugares de eventos, tendo por objetivo acessar as representações sociais da moradia e da natureza para a população de baixa renda, que mora em loteamento na área de preservação ambiental. Trabalhou-se com a hipótese norteadora de que a prática da ilegalidade está relacionada às representações sociais que os agentes produtores do espaço de Águas Lindas constroem sobre a moradia e a natureza. A teoria estudada e que fundamenta a pesquisa é a das representações sociais e do espaço geográfico, ou seja, a interdisciplinaridade entre a Geografia e a Psicologia Social. Nas representações sociais, os dois processos que são examinados no âmbito do espaço social são a objetivação e a ancoragem enquanto dimensão simbólica que é convertida numa dimensão real e, a realidade, dá-se um ar simbólico. Os dados foram coletados por meio de entrevistas em dois momentos diferentes: o primeiro, com entrevistas semidirigidas a moradores, promotores imobiliários e agentes de políticas públicas; o segundo, com aplicação de entrevistas narrativas somente a moradores dos loteamentos Jardim das Oliveiras I e II. O corpus das entrevistas foi analisado com o auxílio do software ALCESTE. Observou-se que, para os moradores, o valor simbólico da moradia e da natureza enquanto valor de uso é mais importante que o valor simbólico da troca, ou seja, da mercadoria. É possível, também, compreender, por meio das representações, que a moradia e a natureza estão em fase de transição, que vai do momento no qual se identificavam quando moravam com os pais, para outro, que justifica a moradia que adquiriram. A Ancoragem se dá porque trazem suas casas anteriores e objetivação porque racionalizam o lugar para poderem viver nele. ________________________________________________________________________________________ ABSTRACT
This paper discuss over the significance from home and nature about to residents of division of land into lots that if they situate on Preservation Environmental of the “rio Descoberto”, in other words the lots are illegal before the legislation environmental and urban Brazilian. This research investigated the division of land into lots while place of events, and the point is turn up the social representations from home and nature for population of low income, this population lives in the area of environmental protection. The hypothesis of this paper have been driven that the practice from illegality is related the social representation as the agents producers of the space of “Águas Lindas” build above the home and the nature. The theory studied and that based the survey is from the social representations and of the geographic space, in other words, the interdisciplinarity among the Geography and the Social Psychology. On the social representations the two processes that they are tested in the scope of the social space are the objectification and anchor while dimension symbolic is converted on a real dimension and the reality gives something symbolic. The data have been collection by means of interviews two moments different: the first, with interviews with the residents, prosecutors immovable and agents of public policies and the second, with application of interviews narratives only the residents from the division of land into lots “Jardim das Oliveiras I and II”. The “corpus” from the interviews has been analyzed with the aid of the software ALCESTE. It was observed that about to the dwellers the worth symbolic from home and nature while value of use is more important than the worth symbolic from changes, in other words, from goods. It is possible, also, understand through the representations of the dwelling and the nature are in phase transitional among moment on which it is identified when they lived with the parents, justified the dwelling about acquire. The anchoring is given because they bring it before their homes and objectification because streamline the place to be able to live in it.
Informações adicionais: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Humanas, Departamento de Geografia, 2009.
Aparece nas coleções:GEA - Mestrado em Geografia (Dissertações)



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.