Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/4345
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2009_MaristelaGoncalvesNasciementoResendedeSousa.pdf1,39 MBAdobe PDFView/Open
Title: A prática da educação ambiental em uma escola pública do Distrito Federal : um estudo de caso no ensino médio
Authors: Sousa, Maristela Gonçalves Nascimento Resende de
Orientador(es):: Catalão, Vera Margarida Lessa
Assunto:: Educação ambiental - escolas públicas - Distrito Federal (Brasil)
Educação continuada
Ensino médio - educação ambiental
Issue Date: Mar-2009
Citation: SOUSA, Maristela Gonçalves Nascimento Resende de. A prática da educação ambiental em uma escola pública do Distrito Federal: um estudo de caso no ensino médio. 2009. 133 f. Dissertação (Mestrado em Educação)-Universidade de Brasília, Brasília, 2009.
Abstract: Este trabalho discute a inserção da Educação Ambiental por meio de um estudo de caso em uma escola de ensino médio da rede pública do Distrito Federal, utilizando como metodologia a etnopesquisa orientada pela escuta sensível dos seus protagonistas. Investiga-se de que forma acontece a inserção da Educação Ambiental (EA) na escola com intenção de compreender e avaliar à luz das referências dos seus autores e atores as dificuldades e acertos, identificando aspectos facilitadores dessa implantação na perspectiva de uma abordagem transversal das questões socioambientais no ensino formal. Pode-se afirmar que a temática Meio Ambiente está inserida no Projeto Político Pedagógico da escola, nas atividades de plantio, nas oficinas de reciclagem, nas campanhas de sensibilização, na pintura da escola, no teatro, na música, mas ainda não é possível afirmar que está enraizada na escola por meio de práticas transversais de EA entendidas como tal pelos professores e alunos. Os projetos, apesar de contemplarem ações de EA, não o fazem de forma explícita. Percebe-se que os rótulos, assim como o entendimento restrito do que é EA, muitas vezes limitam o alcance dos processos. No contexto de demandas e carências (modulação, rotatividade de professores e programa de correção de fluxo) que a escola pública tem enfrentado, a pesquisa demonstrou que existe uma demanda dos professores em desenvolver projetos de EA. É possível identificar uma demanda por uma formação continuada capaz de repercutir na autoformação desses educadores e que seja capaz de estimular a construção de estratégias interdisciplinares na organização do trabalho pedagógico e favorecer uma leitura crítica e sensível dos problemas ambientais. _________________________________________________________________________________________ ABSTRACT
This work discusses the introduction of Environmental Education (EE) in high schools through a case-study conducted in a secondary school of the Federal District Public Education Network, in the city of Brasília, Brazil. Sensitive listening of their main characters, part of the etno-research, was the method used to attain this goal. The way in which the EE is inserted into the high school was investigated aiming at understanding and evaluating the pros and cons (taking into account the authors/tutors, actors/students references), identifying the aspects that ease that insertion focused within the transversal approach of socio-environmental questioning in the formal teaching. One can claim that the Environmental topic is inserted in the school’s Political Pedagogical Project by means of the plowing activities, recycling workshops, theater, music, dance, body movement exercises, etc; but is not yet possible to assert that it is enrooted in the school as EE transversal practice, as understood as such by teachers and students. Projects, even when they include EE practice, are not explicit, and it is noticeable that the labels as well as the limited understanding of EE are usually limiting the process range. In the context of demand and lack (modulation, teachers interexchange and flow correction program) of EE projects public schools are facing, the research has proved that teachers are required to develop EE projects. It is possible to identify an EE demand able of echoing in the educators’ self-formation, encouraging the building of interdisciplinary strategies for organizing the pedagogical work favoring a critical and sensitive reading of environmental problems.
Description: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Educação, 2009.
Appears in Collections:FE - Mestrado em Educação (Dissertações)
UnB - Brasília 50 anos

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/4345/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.