Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/4225
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2008_LucianaVieiraPaiva.pdf704,56 kBAdobe PDFView/Open
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorMarini, Miguel Ângelo-
dc.contributor.authorPaiva, Luciana Vieira de-
dc.date.accessioned2010-04-15T16:29:35Z-
dc.date.available2010-04-15T16:29:35Z-
dc.date.issued2008-
dc.date.submitted2008-
dc.identifier.citationPAIVA, Luciana Vieira de. Fatores que determinam o período reprodutivo de Elaenia chiriquensis (Aves: Tyrannidae) no Cerrado do Brasil Central. 2008. 116 f., il. Tese (Doutorado em Ecologia)-Universidade de Brasília, Brasília, 2008.en
dc.identifier.urihttp://repositorio.unb.br/handle/10482/4225-
dc.descriptionTese (doutorado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Biológicas, Departamento de Ecologia, Programa de Pós-Graduação em Ecologia, 2008.en
dc.description.abstractA escolha do momento mais adequado para se reproduzir é de fundamental importância para o sucesso e sobrevivência das aves, uma vez que a reprodução demanda grande investimento energético. Espécies residentes têm mais tempo para perceber variações ambientais ao longo do ano, e assim apresentar maior flexibilidade na escolha do momento mais adequado para se reproduzir. Por outro lado, espécies migratórias têm um curto intervalo de tempo para perceber as variações ambientais das áreas reprodutivas, visto que se encontram nestas áreas somente parte do ano. Estudar padrões que determinam o período reprodutivo em aves possibilita compreender como as espécies são capazes de enfrentar as variações anuais nas condições ambientais adequadas à reprodução. Portanto, o presente estudo teve como objetivo geral avaliar quais fatores determinam o período reprodutivo de Elaenia chiriquensis, uma espécie migratória no Cerrado do Brasil Central. Para isso foi avaliado como o período migratório interfere no período de ocorrência e de reprodução de E. chiriquensis na área reprodutiva, como os fatores climáticos podem ser usados para ajustar o período reprodutivo e se o período reprodutivo da espécie pode variar em função do risco de predação de ninhos. Espera-se que o período migratório de E. chiriquensis seja flexível, tornando o período de ocorrência da espécie na área reprodutiva mais variável entre anos, dependendo das condições ambientais locais. Sendo assim, espera-se ainda que o período reprodutivo de E. chiriquensis também seja estimulado por sinais de curto prazo, como precipitação ou alta predação de ninhos. O estudo foi realizado na Estação Ecológica de Águas Emendadas (ESECAE), Distrito Federal, em uma área de 100 ha (1 km x 1 km). Os dados foram obtidos através de anilhamento (janeiro 2003 a dezembro de 2007), censo por ponto (entre agosto e dezembro de 2005 a 2007) e procura e monitoramento de ninhos (agosto a dezembro de 2003 a 2007). Dados climáticos foram obtidos em uma estação climatológica (EMBRAPA Cerrados) localizada a 11 km da área de estudo. Os resultados deste estudo demonstraram que a janela reprodutiva de E. chiriquensis foi fixa e delimitada pelo período migratório da espécie (que é fixo) e não por fatores ambientais diretamente relacionados ao hábitat reprodutivo. Apesar da inflexibilidade na janela reprodutiva, a data de início e, em menor proporção, a data de fim da reprodução (período de postura de ovos) de E. chiriquensis foram um pouco flexíveis entre os cinco anos de estudo. Portanto, E. chiriquensis teve a capacidade de ajustar parcialmente seu período reprodutivo em função das variações ambientais da área reprodutiva. O início do período reprodutivo de E. chiriquensis esteve fortemente correlacionado com a menor variação entre as temperaturas máximas e mínimas ao longo do dia e com o aumento da umidade relativa do ar. O fim da postura dos ovos foi mais fixo, e nenhum fator climático mostrou potencial de ajustá-lo. Possivelmente, o fim da reprodução está ligado a fatores endógenos ou, ainda, a sinais de longa duração. A predação de ninhos, por sua vez, apesar de ter sido a principal causa de insucesso dos ninhos de E. chiriquensis, não exerceu pressão seletiva que ajuste o período reprodutivo da espécie. Ao contrário, o predador é que apresentou uma resposta funcional à densidade de ninhos de E. chiriquensis. Além disso, como o predador apresentou uma variação na estratégia de predação entre anos, era inviável que E. chiriquensis tivesse uma resposta seletiva ao risco de predação. _________________________________________________________________________________ ABSTRACTen
dc.description.abstractThe choice of the appropriate time to reproduce is important for breeding and survival in birds, since reproduction demands a great amount of energetic investment. Resident species have a better capacity for perceiving environmental changes through the year and, thus, show greater flexibility in the choice of the appropriate time to breed. On the other hand, migratory species probably have a short time interval to perceive environmental changes in the breeding areas, since they stay in these areas only part of the year. The study of mechanisms that determine the breeding period of birds allows a better understanding of how species are able to cope with annual variations in environmental conditions for proper breeding. The present study had as its main objective the evaluation of which factors determine the breeding period of Elaenia chiriquensis, a migratory passerine of the Cerrado (savanna) of Central Brazil. I evaluated: a) how migration dates interfere in the period of E. chiriquensis occurrence and breeding in the breeding area, b) how climatic factors may be used to adjust the breeding period, and c) if the breeding period may be adjusted relative to increased risk of nest predation. I conducted the study at “Estação Ecológica de Águas Emendadas” (ESECAE), Distrito Federal, Brazil, in a 100 ha (1 km x 1 km) plot. I collected data by banding birds (January 2003 - December 2007), through point counts (from August to December 2005 to 2007) and through nest searches and monitoring (from August to December 2003 to 2007). Climatic data were obtained from a climatologic station (EMBRAPA Cerrados) located 11 km in a straight line from the grid. The reproductive window of E. chiriquensis was fixed and was constrained by its migratory period (which is fixed) and not by environmental factors directly related to the breeding habitat. Despite the small flexibility in the reproductive window, the breeding starting date, and to a lesser extent, finishing date varied somewhat in the five years of study. Thus, E. chiriquensis had the ability to partially adjust its breeding period in response to environmental changes in the breeding site. The beginning of the breeding period of E. chiriquensis was strongly correlated with a lower daily temperature range and with an increase in relative air humidity. The end of egg-laying was more fixed than the initiation of egg-laying, and no climatic factor analyzed explained this. Possibly, the end of breeding is related to endogenous factors, or to long-term signals. Despite being the most important cause of nest failure in E. chiriquensis nest predation apparently does not exert selective pressure in the adjustment of the species breeding period. On the contrary, predators showed a functional response to E. chiriquensis nest density. Also, since predators changed their predation strategies among years, it is unlikely that E. chiriquensis has a selective response to risk of nest predation.en
dc.language.isoPortuguêsen
dc.rightsAcesso Abertoen
dc.titleFatores que determinam o período reprodutivo de Elaenia chiriquensis (Aves: Tyrannidae) no Cerrado do Brasil Centralen
dc.typeTeseen
dc.subject.keywordAves - reproduçãoen
dc.subject.keywordAves - migraçãoen
dc.subject.keywordCerradosen
dc.location.countryBRAen
Appears in Collections:ECL - Doutorado em Ecologia (Teses)
UnB - Brasília 50 anos

Show simple item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/4225/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.