Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/4064
Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2009_JeanClaudeLucienMiroir.pdf3,73 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir
Título: Clarice Lispector via Hélène Cixous : uma leitura-escritura em vis-à-vis
Autor(es): Miroir, Jean-Claude Lucien
Orientador(es): Gomes, André Luís
Coorientador(es): Sousa, Germana Henriques Pereira de
Assunto: Cixous, Helene, 1937-
Lispector, Clarice, 1925-1977
Intertextualidade
Data de publicação: 6-Abr-2010
Referência: MIROIR, Jean-Claude Lucien. Clarice Lispector via Hélène Cixous: uma leitura-escritura em vis-à-vis. 2009. 192 f. Dissertação (Mestrado em Literatura)-Universidade de Brasília, Brasília, 2009.
Resumo: A partir do início dos anos 80, Hélène Cixous apresentou vários seminários sobre a obra de Clarice Lispector. Alguns deles foram traduzidos para o inglês e publicados por Verena Conley, em Reading with Clarice Lispector (1990). A partir dessa coletânea, analisamos de que modo a obra de Clarice Lispector foi lida pela escritora francesa. Em um primeiro momento, delineamos uma Ars poetica da leitura cixousiana, baseada em três pilares: (i) a teoria da leitura estendida; (ii) a teoria da transtextualidade; e (iii) o dialogismo especular. Esse delineamento possibilitou a definição do conceito da leitura crítica em vis-àvis e a da noção de fragmento, ambos intrínsecos à Ars poetica cixousiana. Em seguida, analisamos, na prática, a leitura em vis-à-vis de Hélène Cixous de textos fontes clariceanos, dialogando com cada um dos três tipos de fragmentos circunscritos (intertextual interno, intertextual externo e intermedial). Por fim, a leitura leva à escritura, ou seja, a uma leituraescritura, portanto, estudamos os processos de ficcionalização de Clarice Lispector na ficção teórico-poética Une histoire idéale [Uma história ideal], parte integrante da obra de autoria de Hélène Cixous: Jours de lan [Dias do ano-bom]. Apresentamos, finalmente, uma tradução do francês para o português de "Uma história ideal". _______________________________________________________________________________________ ABSTRACT
From the beginning of the 1980´s, Helene Cixous presented several seminars on Clarice Lispector’s work . Some of them were translated to English and published by Verena Conley, in Reading with Clarice Lispector (1990). From this anthology, we analyze how Clarice Lispector’s work was read by the French writer. At first, we delineated an Ars poética of cixousian´s reading, based on three pillars: (i) the theory of “extended” reading; (ii) the theory of transtextuality and (iii) the specular dialogism. This delineation allowed the definition of the concept of critical reading in vis-à-vis as well as of fragment, both intrinsic to cixousian Ars poética . Then we analysed, in practice, Helene Cixous’ reading in vis-à-vis of Clarice´s source texts (claricean), relating to each of the three types of fragments circumscribed (internal intertextual, external intertextual and intermedial). Finally, reading leads to writing, that is, a reading-writing operation, therefore, we studied the processes of fictionalisation made by Clarice Lispector in the theorical-poetical fiction “Une histoire ideale” [An ideal story], part of Helene Cixous’ work : Jours de l´an [New Year's Days]. We present, finally, a translation from French to Portuguese of “An ideal story”.
Informações adicionais: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Letras, Departamento de Teoria Literária e Literaturas, 2009.
Aparece nas coleções:TEL - Mestrado em Literatura (Dissertações)

Mostrar registro completo do item Recomendar este item Visualizar estatísticas



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.