Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/3971
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2000_SylviaCyntrao.pdf916,13 kBAdobe PDFView/Open
Title: Poetas e cancionistas : universos simbólicos em contágio
Authors: Cyntrão, Sylvia Helena
Orientador(es):: Bruneti, Almir de Campos
Assunto:: Literatura
Poesia brasileira
Canção
Cultura
Issue Date: 2000
Citation: CYNTRÃO, Sylvia. Poetas e cancionistas: universos simbólicos em contágio. 2000. 179 f. Tese (Doutorado em Literatura)-Universidade de Brasília, Brasília, 2000.
Abstract: Este estudo visa a demonstrar como as questões nacionais penetram a alma sensível do artista, mergulhando-o nas ambiguidades e contradições de sua experiência como homem, trazendo às obras, forte e constante, uma consciência do seu ser político e cultural. O estudo do texto poético da canção propicia a demonstração de como os mitos presentes nas manifestações literárias, desde o século XVII, foram apropriados, desarticulando as estruturas vigentes, dessacralizando-as e questionando as formas artísticas canonizadas, contagiando o dizer poético pelos processos de auto-referenciação e de hétero-referenciação. Os elementos poéticos, em sua articulação com signos diversos do discurso, conquistaram um campo mítico, como símbolos que remetem à brasilidade, ao nacionalismo, seja de forma ufanista ou crítico-irônica. Eles falam do que não foi dito na História em seu particular espaço conotativo. Para verificar tal teoria, foram selecionados os poetas-cancionistas para os quais uma sociedade viva serviu de pano de fundo para a sua expressão, tendo enraizado sua arte na trama da existência coletiva, procedimento que só lhe aumentou a força e a significação comunicativa. Criadores de poderosos universos simbólicos, abriram caminhos na conquista das formas inovativas e renovadoras da linguagem poética. O objetivo deste estudo literário da poética da canção é, assim, desvendar a sua textualidade, já que os sentidos do discurso se explicitam a um só tempo na sua espessura linguística e histórica. Apresentando uma leitura meto-nímica da canção, esta proposta não contempla, portanto, uma apreciação estética que contemple também a melodia, já que esta empresta muitas vezes uma dimensão diferenciada à palavra por ela sublinhada. O que as trilhas formais seguidas visam é a revelação dos focos temáticos emblemáticos linguisticamente tensionados nas letras poéticas, possibilitando a abertura para uma compreensão do que construiu e identificou o imaginário nacional a partir da década de 1960 na poesia brasileira, exposto na inter-relação verdade - homem - histórica, cuja força mediadora é o mito. Assim sendo, contemplar a investigação de um fenômeno cultural e linguístico como as canções da Música Popular Brasileira é investigar uma multi-vocidade rica, e ainda pouco explorada sob a luz das Ciências Literárias, parte integrante que é do projeto poético literário brasileiro. Com o esgotamento da série literária, após a "geração de 45", a única alternativa para os poetas que não comungavam com as idéias puramente forma-listas foi buscar outro canal de comunicação, momento em que a poesia invadiu o setor música popular com a proposta de atualizar a mentação lírica sobre a face da realidade que a geração inaugural do Modernismo propusera e que a produção vanguardista atrofiara. Assim é que esse estudo de poética histórica privilegia esse momento de congraçamento das séries literária e musical aprofundando-se na avaliação de suas causas e consequências com a intenção de, assim, contribuir para uma crítica evolutiva da lírica brasileira. _________________________________________________________________________________________ ABSTRACT
The objective of this study is to show how the country's social issues penetrate the artist's soul, into the ambiguities and contradictions of his/her experi-ence as a human being, regaining his/her political and cultural awareness. The study of the poetical lyrics call for a demonstration of how the esta-blished structure of myths, present in literary manifestations ever since the 17th century, were suited, composed, disjointed and misused, questioning the canonized artistic structure, contaminating the poetical sayings by auto and hetero referencing. The poetical elements, in its articulation with the diverse signs of the discourse, conquered a mythical field, as symbols that bring back the 'brazilian-ness' and the nationalism, be it with patriotic arrogance or ironical criticism. They say what had hot been said in History, in their own particular connotative way. To confirm this theory, poets who based their expression on a living so-ciety were selected. They weave their art into the collective existence that has strengthened their communicative force and significance. Creators of potent sym-bolic worlds, they open up the path in the search for innovative and new forms of poetical language. The aim of this literary study of the poetical lyric is thus, to unveil its textualilty, just as the discourse points to their linguistic and historical presence. The proposal presents a metonymic reading of the lyric and does not contemplate, however, an aesthetic appreciation of the melody also, as this may lend a differential dimension to the word expressed. The formal path seeks the revelation of the theme, focused and linguis-tically symbolized in the poetical lyric, enabling the beginning for the understanding of the construction and identification of the national imagination as exposed in the truth-man-history relationship whose mediating force is found in the myths of the brazilian poetry as of the 1960s. As such, to contemplate the investigation of a cultural and linguistic phenomenon such as the Brazilian Popular Music is to look into the rich multivocal aspect, little explored in Literary Science, an integrating part of the brazilian literary poet project. With the end of this literary phase, after 1945, the only alternative for the poets who do not adhere to ideas that are purely formalistic, was to look for other channels of communication, a moment in which poetry invaded the popular music arena with the aim of modernizing the lyrical mentality in the face of reality, which the inaugural generation of Modernism propels and the avant garde production deteriorates. This study of poetical history savors this moment of literary and musical phase, enhancing the evaluation of its causes and consequences with the intention to contribute to a constructive criticism of the brazilian lyric.
Description: Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Instituto de Letras, Departamento de Teoria Literária e Literaturas, 2000.
Appears in Collections:TEL - Doutorado em Literatura (Teses)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/3971/statistics">



This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons