Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/3919
Título: Percepção da diversidade de perfis de alunos no discurso e ações de professoras de violoncelo : um estudo de caso
Autor(es): Mattos, Ataide de
Orientador(es): Montandon, Maria Isabel
Assunto: Instrumentos musicais
Música - instrução e estudo
Data de publicação: 19-Set-2008
Data de defesa: 19-Set-2008
Citação: MATTOS, Ataide de. Percepção da diversidade de perfis de alunos no discurso e ações de professoras de violoncelo: um estudo de caso. 2008. 154 f. Dissertação (Mestrado em Música)-Universidade de Brasília, Brasília, 2008.
Resumo: A presente pesquisa teve como objetivo investigar a percepção de professores de violoncelo acerca da diversidade de perfil de seus alunos. As questões de pesquisa buscam esclarecer até que ponto e como os professores percebem as diferenças em seus alunos, quais são suas concepções e entendimentos do que seja “diversidade” de alunos, que tipo de alternativas eles oferecem aos alunos, porque e para quê. No primeiro capítulo descrevo a metodologia de estudo de caso desenvolvida para conduzir esta investigação, incluindo procedimentos de análise de dados dentro da linha de pesquisa qualitativa, baseando-me em Merriam (1998), Stake (2006), Laville e Dionne (1999), Yin (2005) e Malhotra (2006). Foi realizado um estudo de caso com três professoras de violoncelo de uma mesma escola, CEP/EMB da Secretaria de Estado de Educação do Distrito Federal. Os dados foram coletados por meio de entrevistas semi-estruturadas e observações de aulas. No segundo capítulo discuto a idéia da diversidade e apresento os referenciais teóricos em que baseei esta pesquisa: o conceito de percepção de diversidade de Santos (2005) e os três tipos de pedagogia de Skiar (2003). Além desses, discuto os conceitos de mito da homogeneidade e de diferenças dentro das diferenças de Gatea (2003), complementadas pelas idéias de Sacristán (2002), de Santos (2005) e de Skliar (2003). Os dados mostram que as professoras percebem seus alunos de formas e maneiras diferentes, dependendo do que têm como referência no momento em que estão a descrevê-los. Dentre essas, se a referência for o programa, os alunos são percebidos como grandes grupos – aqueles que conseguem ou não realizar o programa. Mas, se a referência for os próprios alunos, as professoras os percebem progressivamente do geral para o particular, primeiro em grupos semelhantes, depois descrevendo peculiaridades e sutilezas de diferenças dentro de diferenças já identificadas (GAETA, 2003). A conclusão apresenta contribuições para a compreensão da problemática e do problema enfocados no contexto desta pesquisa. Além disso, apresentam-se sugestões para o prosseguimento e aprofundamento desta pesquisa. _______________________________________________________________________________ ABSTRACT
This research intended to investigate how cello teachers perceive the diversity of their students’ profile. The research questions were defined in order to clarify how teachers perceive the differences in their students, what are their conceptions and understandings about the meaning of student “diversity”, what kind of teaching alternatives are offered to them, why and what for. In the first chapter I describe the case study developed methodology for conducting this investigation, including data analysis procedures according to qualitative research, taking as reference Merriam (1998), Stake (2006), Laville e Dionne (1999), Yin (2005) e Malhotra (2006). A case study was carried out with three cello teachers in the same school, CEP/EMB, which belongs to the Federal District Education Secretary. In the second chapter I discuss the idea of diversity and present the theoretical background of this research, where one can find detailed discussions about the concept of diversity perception of Santos (2005), and the three kinds of pedagogy by Skliar (2003). Moreover, one can find discussions about the myth of homogeneity developed by Gaeta (2003), complemented by the ideas of Sacristán (2002), Santos (2005) and Skliar (2003). The data show that the teachers perceive their students in different ways, depending on what they have as reference in the moment they describe them. For instance, if the reference is the program, they see their students in groups of who accomplishes the program or not. But, if the reference is the students themselves, the teachers realize them progressively from the general to the particular, firstly in group of similar persons, than, describing details and subtle differences from the already identified differences (GAETA, 2003). The conclusion presents contributions for the understanding of the problem considered in the context of this research. Finally, it presents suggestions for possible ways of continuing and developing this research.
Descrição: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Artes, Departamento de Música, 2008.
Aparece nas coleções:IdA - Mestrado em Música (Dissertações)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2008_AtaideMattos.pdf613,59 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.