RIUnB >
FS - Faculdade de Ciências da Saúde >
NUT - Departamento de Nutrição >
NUT - Programa de Pós-Graduação >
NUT - Mestrado em Nutrição Humana (Dissertações) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10482/3810

Files in This Item:

File Description SizeFormat
2008_KatyaPereiraBastosSasaki.pdf1,33 MBAdobe PDFView/Open

Title: Relações entre adoecimento, fatores de risco e desenvolvimento seguro do trabalho entre trabalhadores de duas unidades de alimentação hospitalares
Authors: Sasaki, Katya Pereira Bastos
Advisor: Araújo, Wilma Maria Coelho
Keywords: Saúde e trabalho
Satisfação no trabalho
Segurança do trabalho
Issue Date: 2-Mar-2010
Submit Date: 27-Jun-2008
Citation: SASAKI, Katya Pereira Bastos. Relações entre adoecimento, fatores de risco e desenvolvimento seguro do trabalho entre trabalhadores de duas unidades de alimentação hospitalares. 2008. 96 f. Dissertação (Mestrado em Nutrição)-Universidade de Brasília, Brasília, 2008.
Abstract: O estudo tem como objetivo conhecer o perfil dos trabalhadores de Unidades de Alimentação hospitalares, identificar o entendimento dos trabalhadores sobre potenciais fatores de risco, a utilização de Equipamentos de Proteção Individual, freqüência de atestados médicos, doenças adquiridas no trabalho e acidentes de trabalho e identificar a relação entre a satisfação do trabalhador, as doenças ocupacionais e os acidentes de trabalho. É um estudo descritivo, transversal de natureza exploratória. Foi utilizado questionário com perguntas fechadas e abertas como instrumento de pesquisa. Foram pesquisados trabalhadores de duas Unidades de Alimentação e Nutrição hospitalares, uma com serviço próprio e outra que terceiriza o serviço. A amostra consistiu de 170 trabalhadores de ambas as unidades pesquisados no segundo semestre de 2007. Os dados obtidos indicam entre outros que em ambas o número de mulheres foi superior ao dos homens, que o maior percentual de trabalhadores possui o ensino médio, completo ou não os homens acidentam e que a experiência anterior da maior parte dos pesquisados foi em outros trabalhos não em empresas de alimentação. Mostram-se satisfeitos com as funções exercidas, entretanto insatisfeito com a empresa. Pode-se afirmar que existe relação entre a satisfação e a ocorrência de doença por causa do trabalho: trabalhadores nada satisfeitos apresentaram 15,6 vezes mais chances de apresentarem estas doenças, sendo a prevalência estimada em 88%. Trabalhadores que sofreram acidentes de trabalho tem 2,31 vezes mais chances de adoecerem por causa do trabalho e trabalhadores do setor de estoque, que tiveram doença por causa do trabalho, tem maior probabilidade de sofrer acidente durante o trabalho. Conclui-se que a escolaridade vem aumentando, entretanto a qualificação significa capacitação; existe a necessidade de rever programas de treinamento pois há desconhecimento de potenciais riscos ocupacionais pelos trabalhadores uma vez que os acidentes relatados podem ter ocorrido por inobservância de regras de segurança e aumento da exposição ao risco. ________________________________________________________________________________________ ABSTRACT
The study has as objective to learn the profile of workers in hospital´s Food Service, identify the understanding of workers about potential risk factors, the use of Individual Protection Equipment, frequency of medical certificates, acquired diseases at work and occupational accidents and identify the relationship between the satisfaction of the worker, the occupational diseases and accidents at work. This is a descriptive study, cross exploratory. Questionnaires with closed and open questions were used as a research instrument. It was questioned workers of two hospital’s Food and Nutrition Service, one with a own service and another that outsource the service. The sample consisted of 170 workers from both researched units in the second semester of 2007. The obtained results indicate among others that in both, the number of women was superior than that of men, that the greatest percentage of workers has high school, complete or not, that men suffer accidents more and that the previous experience of most was in others works, not in food companies. The researched workers show satisfaction with the performed work, however dissatisfied with the company. It can be affirmed the existence of a relationship between the satisfaction and the occurrence of occupational disease: workers nothing satisfied presented 15.6 times more chances to have these diseases, being the prevalence estimated at 88%. Workers who have suffered accidents at work have 2.31 times more chances to become ill because of work and workers in the stock sector, which had disease because of work, have more probability to suffer accidents during the work. It was concluded that the schooling has been increasing, though the qualification means capacitation; exist the needed to review training programs because there is lack of knowledge about potential occupational hazards by the workers since the reported casualties may have occurred in breach of safety rules and increasing exposure to risk.
Additional Information: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Ciências da Saúde, 2008.
Appears in Collections:NUT - Mestrado em Nutrição Humana (Dissertações)

Items in Repository are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Site Creative Commons Site Oaister Sítio IBICT Universidade de Brasília
About Repository  |  FAQ  |  Statistics |  Authorization Term
Copyright © 2008 MIT & HP. All rights reserved.