Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/35539
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2019_FernandoMourãoGutiérrez.pdf7,01 MBAdobe PDFView/Open
Title: Animação em ato : voz, performance e a cena independente
Authors: Gutiérrez, Fernando Mourão
Orientador(es):: Lignelli, César
Assunto:: Tecnologia digital
Performance vocal
Corpo e arte
Voz
Issue Date: 10-Oct-2019
Citation: GUTIÉRREZ, Fernando Mourão. Animação em ato: voz, performance e a cena independente. 2019. 246 f. il., Tese (Doutorado em Artes)—Universidade de Brasília, Brasília, 2019.
Abstract: Esta pesquisa busca um trânsito e um entrelaçamento entre a animação, o cotidiano, as tecnologias digitais, a virtualidade, o corpo, a performance vocal e cinética, de modo a reverberar na produção de um diretor e na construção da cena. Trata, portanto, de uma reflexão que se dá a partir de uma perspectiva de um autor-animador, que considera estes aspectos da contemporaneidade, bem como suas possíveis influências e impactos no resultado de uma obra audiovisual brasileira em animação. Partindo das tecnologias digitais e seus usos cotidianos, o corpo é colocado em evidência. É proposto, um pensamento acerca de um corpo que já não nos cabe mais, que extrapola os próprios limites físicos por meio de suas extensões, dentre elas, a virtualidade, conforme sugerem Michel Serres (1995, 2013) e Pierre Lévy (1996). De uma relação estabelecida entre animador e tecnologia, o corpo ganha outras potências. Este corpo híbrido, tecnológico, é então, revisitado pelo viés da filosofia que, a partir de uma miríade de exemplos de filmes de animação, abarca noções dicotômicas evidenciadas por autores como Platão (1993) e René Descartes (2001), assim como uma noção de corpo uno e múltiplo, apresentada por Baruch de Espinosa (1998, 2009), Gilles Deleuze (1976, 1998, 2002, 2004, 2007, 2009) e Felix Guattari (1988, 2011). A partir de um pensamento engendrado na filosofia, buscamos por ressonâncias com um corpo animado que se faz presente na cena. Em diálogo com noções múltiplas de corpo, buscamos na voz, as potências percebidas além do discurso linguístico. Voz essa que se entrelaça com a performance cinética e com a cena. Um outro corpo emerge; não só aquele animado, mas também aquele que anima. Estes, ao se expressarem, buscam conectar-se com o espectador, em diálogo com seus traços e peculiaridades. Envoltos nessa atmosfera, faz-se imprescindível que a escrita também extrapole os suportes tradicionais, abarcando outros formatos e outras linguagens. Espera-se que esta reverbere e impregne a obra que está a se constituir e que então se inicia: o longa-metragem brasiliense O Sonho de Clarice.
Abstract: This research seeks for a transit and an interconnection between animation, daily life, digital technologies, virtuality, the body, the vocal and kinetic performance, in order to reverberate in the production of a director and in the construction of the scene. It is, therefore, a reflection that takes place from the perspective of an author-animator, who considers these aspects of contemporaneity, as well as their possible influences and impacts on the result of a Brazilian audiovisual work in animation. Starting from digital technologies and their everyday uses, the body is put in evidence. It is proposed, a thought about a body that no longer fits us, that extrapolates the physical limits themselves through their extensions, among them, virtuality, as suggested by Michel Serres (1995, 2013) and Pierre Lévy (1996). From an established relationship between animator and technology, the body gains other powers. This hybrid, technological body is then revisited by the frame of philosophy which, from a myriad of examples of animated films, embraces dichotomous notions evidenced by authors such as Plato (1993) and René Descartes (2001), as well as a notion of an indivisible and multiple body presented by Baruch Spinosa (1998, 2009), Gilles Deleuze (1976, 1998, 2002, 2004, 2007, 2009) and Felix Guattari (1988, 2011). From a thought engendered in philosophy, one searches for resonances with an animated body that is present in the scene. In dialogue with multiple notions of body, one seeks in the voice, the perceived powers beyond the linguistic discourse. A voice that intertwines with kinetic performance and with the scene. Another body emerges; not only the animated but also the one which animates. These, when expressing themselves, seek to connect with the audience, in dialogue with their traits and peculiarities. Wrapped in this atmosphere, it is indispensable that this writing also extrapolates traditional media, embracing other formats and other languages. It is hoped that this one reverberates and impregnates the work that is being constituted and that then begins: the Brazilian feature film Clarice's Dream.
Description: Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Instituto de Artes, Programa de Pós-Graduação em Artes, 2019.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Appears in Collections:IdA - Doutorado em Artes (Teses)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/35539/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.