Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/35530
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2019_AlinedaSilvaSchons.pdf8,72 MBAdobe PDFView/Open
Title: Mulheres em pauta : as estratégias discursivas adotadas pelo jornal Folha de S.Paulo, na cobertura do Dia Internacional das Mulheres no período de 1975 a 2015
Authors: Schons, Aline da Silva
Orientador(es):: Machado, Liliane Maria Macedo
Assunto:: Estudos feministas e de gênero
Análise do discurso
Jornalismo
Jornal Folha de S.Paulo
Discurso midiático
Issue Date: 4-Oct-2019
Citation: SCHONS, Aline da Silva. Mulheres em pauta: as estratégias discursivas adotadas pelo jornal Folha de S.Paulo, na cobertura do Dia Internacional das Mulheres no período de 1975 a 2015. 2019. 228 f., il. Dissertação (Mestrado em Comunicação)—Universidade de Brasília, Brasília, 2019.
Abstract: Esta pesquisa articula os estudos feministas e de gênero no campo da comunicação por meio da análise dos discursos jornalísticos publicados no Dia Internacional das Mulheres (DIM). Mais especificamente, o objetivo é entender quais são as estratégias discursivas adotadas na cobertura da Folha de S.Paulo, no DIM, em publicações selecionadas entre 1975 e 2015. Quais são os sentidos construídos e cristalizados como bandeiras das mulheres na cobertura da data, ao longo dos anos? Quem é a leitora imaginada, a “mulher ideal”, indicada pela avaliação das interdiscursividades? É possível identificar uma mudança de perfil? Que sentidos são silenciados em razão desse direcionamento? Parto do pressuposto de que as práticas jornalísticas, fortemente vinculadas aos ideais positivistas de objetividade e racionalidade, tendem a tornar a cobertura do DIM superficial, valorizando formas e padrões hegemônicos de ver e estar no mundo, muitas vezes ancoradas em estereótipos de gênero. Isso limita a aparição de novos sentidos, prejudica a compreensão dos acontecimentos e a superação das desigualdades de gênero e favorece a falta de pluralidade. A pesquisa tem como base a análise de discurso de vertente francesa e valeu-se, especialmente, das interdiscursividades para identificar os principais sentidos cristalizados na cobertura da data. As quatro principais formações discursivas encontradas estão vinculadas aos temas força de trabalho, corpo e sexualidade, violência e feminismos. Se os enunciados, em geral, parecem condizentes com a relevância da efeméride, a representatividade deixa a desejar, mesmo levando em conta textos opinativos. Assim, o DIM ainda é voltado a uma mulher no singular, o que acaba por direcionar os temas contemplados na cobertura e o enfoque.
Abstract: This research coordinates feminist and gender studies with communication studies by analyzing journalistic discourses published on International Women’s Day (IWD). More specifically, the present study aims to investigate the discursive strategies adopted by the Folha de S.Paulo (Folha) newspaper in the coverage of IWD from 1975 to 2015. Which meanings were built and crystallized as women’s causes in the coverage of IWD throughout this period? Who is the envisioned female reader, the “ideal woman”, as shown by the evaluation of examples of interdiscursivity? Is it possible to identify a change in the profile of this woman? Which meanings are silenced because of the way coverage was directed? Assuming that journalistic practices are strongly linked to positivist ideals of objectivity and rationality, coverage of IWD may become superficial, valuing hegemonic manners and standards of perceiving and being in the world, often grounded on gender stereotypes. This restricts the emergence of new meanings, hinders the understanding of events and the overcome of gender inequalities, and leads to lack of pluralism. The present research is based on the French school of discourse analysis and relied especially on examples of interdiscursivity to identify the main meanings crystallized in the coverage of IWD. The four main discursive formations found in the analysis were related to labor force, sexuality, violence, and feminisms. Although, in general, the utterances published in Folha seem consistent with the relevance of the commemorative day, there is a lack of true representativeness of all women's groups, even considering opinion texts. Thus, IWD is still directed to one particular group of women, which leads the approached topics on the coverage and focus.
Description: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Comunicação, Programa de Pós-graduação em Comunicação, 2019.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Appears in Collections:FAC - Mestrado em Comunicação (Dissertações)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/35530/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.