Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/35503
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2019_IridianiGracieleSeibert.pdf1,6 MBAdobe PDFView/Open
Title: Feminismo camponês popular : contribuição das mulheres camponesas a luta de transformação social
Authors: Seibert, Iridiani Graciele
Orientador(es):: Ibáñez de Novión, Martin-Léon-Jacques
Assunto:: Feminismo
Mulheres do campo
Relações de gênero
Pensamento político
Issue Date: 4-Oct-2019
Citation: SEIBERT, Iridiani Graciele. Feminismo camponês popular: contribuição das mulheres camponesas a luta de transformação social. 2019. 174 f. il. Dissertação (Mestrado em Ciências Sociais)—Universidade de Brasília, Brasília, 2019.
Abstract: O Movimento de Mulheres Camponesas (MMC) emerge em meio a luta por direitos para as mulheres do campo e com uma perspectiva de transformação das relações de gênero e da sociedade, sem se identificar com uma identidade feminista. Porém, em sua práxis política ao longo de sua história passam a perceber que suas ações e pensamento político eram a expressão de sua perspectiva feminista. Mas compreendendo a existência de uma multiplicidade de feminismos e de formas de organização e de ação dos movimentos feministas e a particularidade da prática feminista das mulheres do MMC, com identidade camponesa e inseridas nas lutas de transformação estruturais da sociedade, houve a necessidade da demarcação político-teórica de uma construção feminista própria das camponesas, o feminismo camponês popular. Para entender este feminismo partimos de conhecer a história de constituição do MMC, o contexto a partir do qual as mulheres se organizaram e as conquistas desta organização coletiva, e do processo histórico elucidamos os elementos que levam ao avanço de uma consciência de classe e de gênero para a afirmação de uma identidade camponesa e feminista, explicitando o processo de formação da consciência militante feminista das camponesas. E por último, apresentamos a sistematização dos elementos que compõe o feminismo camponês popular, demarcando seu processo de construção e apresentamos de maneira singela uma conceituação desta expressão da prática e pensamento político das mulheres camponesas do MMC.
Resumen: El Movimiento de Mujeres Campesinas (MMC) surge en medio de la lucha por los derechos de las mujeres del campo y con una perspectiva de transformar las relaciones de género y la sociedad, sin identificarse con una identidad feminista. Sin embargo, en su praxis política a lo largo de su historia comienzan a entender que sus acciones y pensamiento político fueron la expresión de su perspectiva feminista. Pero comprendiendo la existencia de una multiplicidad de feminismos y formas de organización y acción del movimiento feminista y la particularidad de la práctica feminista de las mujeres del MMC, con identidad campesina e involucradas en las luchas de transformación estructural de la sociedad, se necesitaba la demarcación político- teórica de una construcción feminista de las mujeres campesinas, el feminismo campesino popular. Para entender este feminismo empezamos por conocer la historia de la constitución del MMC, el contexto desde el cual las mujeres se organizaron y los logros de esta organización colectiva, y del proceso histórico aclaramos los elementos que conducen al avance de una conciencia de género y clase para la afirmación de una identidad campesina y feminista, explicando el proceso de formación de la conciencia militante feminista de las mujeres campesinas. Por último, presentamos la sistematización de los elementos que componen el feminismo campesino popular, demarcando su proceso de construcción y presentando de manera sencilla una conceptuación de esta expresión de la práctica y pensamiento político de las mujeres campesinas del MMC.
Description: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Sociais, Departamento de Estudos Latino-Americanos, Programa de Pós-Graduação em Estudos Comparados Sobre as Américas, 2019.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Appears in Collections:ELA - Mestrado Acadêmico em Estudos Comparados sobre as Américas (Dissertações)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/35503/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.