Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/35465
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ARTIGO_ProgramaPos-Populares.pdf1,27 MBAdobe PDFView/Open
Title: Programa pós-populares : a extensão como práxis educativa nas periferias urbanas de Brasília
Authors: Rêses, Erlando da Silva
Roza Pinel, Walace
Assunto:: Inclusão
Educação popular
Pós-graduação
Issue Date: 2019
Publisher: Grupo de Pesquisa Movimentos Sociais, Educação e Diversidade na América Latina, vinculado ao Programa de Pós-graduação em Educação Contemporânea da Universidade Federal de Pernambuco e do Centro de Estudos Sociais (CES) da Universidade de Coimbra
Citation: RESES, Erlando da Silva; ROZA PINEL, Walace. Programa pós-populares: a extensão como práxis educativa nas periferias urbanas de Brasília. Revista Debates Insubmissos, Caruaru, v. 2, n. 6, maio/ago. 2019. Disponível em: https://periodicos.ufpe.br/revistas/debatesinsubmissos/article/view/240865/33168. Acesso em: 23 set. 2019.
Abstract: Procuramos por meio deste artigo discutir o programa de extensão universitária Pós-Populares vinculado à Faculdade de Educação da UnB, cujas origens se dão a partir dos movimentos populares ligados à concepção da educação emancipatória. Sob a perspectiva dialética, temos por objetivo propor um debate acerca da necessária ampliação ao acesso aos programas de Mestrado e Doutorado às populações moradoras das periferias urbanas. Ao observarmos a baixa taxa da população de Brasília que tem formação acadêmica como Mestres ou Doutores, tal situação nos aponta para a necessidade de ações efetivas a fim de melhorar o acesso à Universidade, o qual os conecte ao mundo como pesquisadores protagonistas de novos espaços de fala, trazendo histórias e propostas das populações historicamente alijadas dos espaços de discussão e produção acadêmica.
Abstract: Through this article we seek to discuss the Post-Popular University Extension Program linked to the Faculty of Education of UnB, whose origins come from popular movements linked to the conception of emancipatory education. From the dialectical perspective, we aim to propose a debate about the necessary expansion of access to Masters and Doctorate programs for populations living in urban peripheries. As we observe the low rate of the population of Brasilia has an academic background as Masters or Doctors, this situation points us to the need for effective actions to improve access to the University, which connects them to the world as leading protagonists of new speech spaces, bringing stories and proposals from the historically alienated populations of the spaces for discussion and academic production.
Licença:: Revista Debates Insubmissos - Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional. Fonte: https://periodicos.ufpe.br/revistas/debatesinsubmissos/article/view/240865/33168. Acesso em: 23 set. 2019.
Appears in Collections:TEF - Artigos publicados em periódicos

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/35465/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.