Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/35374
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2019_KássiaReginaAguiarVieira.pdf587,66 kBAdobe PDFView/Open
Title: Comparação das concentrações séricas de hormônios tireoidianos por radioimunoensaio e quimioluminescência em ambos os sexos de arara-vermelha (Ara chloropterus) mantidas em cativeiro
Authors: Vieira, Kássia Regina Aguiar
Orientador(es):: Santana, Marcelo Ismar Silva
Assunto:: Arara-vermelha
Tireóide - hormônios
Imunoquimioluminescência
Issue Date: 27-Aug-2019
Citation: VIEIRA, Kássia Regina Aguiar. Comparação das concentrações séricas de hormônios tireoidianos por radioimunoensaio e quimioluminescência em ambos os sexos de arara-vermelha (Ara chloropterus) mantidas em cativeiro. 2019. 24 f., il. Dissertação (Mestrado em Saúde Animal)—Universidade de Brasília, Brasília, 2019
Abstract: As concentrações séricas de hormônios tireoidianos obtidos por radioimunoensaio (RIA) e quimioluminescência (CLIA) foram comparadas usando 33 exemplares de arara-vermelha (Ara chloropterus), de ambos os sexos [machos (n=20) e fêmeas (n=13)], mantidas em cativeiro. Houve interação entre sexo e método somente sobre os valores de T3 livre. As concentrações de T3 livre nos machos foram maiores com o método RIA do que CLIA, enquanto nenhuma diferença foi encontrada entre os métodos nas fêmeas. Observou-se maiores concentrações de T3 livre nas fêmeas do que nos machos. O método influenciou as concentrações de T4 livre e TSH, que foram mais altas utilizando método RIA do que CLIA. As concentrações médias de T4 total, T4 livre, T3 total e T3 livre, pelos métodos de CLIA e RIA, respectivamente, foram: 6,36 e 6,19 nmol/l; 8,25 e 8,82 pmol/l; 5,11 e 5,08 pmol/l; e 1,59 e 1,56 nmol/l. As quantificações de um mesmo hormônio tireoidiano medidas pelos dois métodos foram mais parecidas para T3 livre (r=+0,80) e T4 livre (r=+0,65) e menos parecidas para T3 total (r=+0,38) e TSH (r=−0,35). Através dessas associações, foi possível encontrar equações para predizer concentrações de hormônios tireoidianos no método RIA usando valores obtidos pelo método CLIA. Os resultados demonstraram que para T4 livre, T3 livre e T3 total o método CLIA é uma alternativa aplicável. O método CLIA para T4 total e os dois métodos para o TSH demonstraram não serem apropriados para a espécie em estudo.
Abstract: The serum concentrations of thyroid hormones obtained by radioimmunoassay (RIA) and chemiluminescence (CLIA) methods were compared using 33 specimens of macaw (Ara chloropterus) of both sexes [males (n = 20) and females (n = 13)] kept in captivity. There was interaction between sex and method only on free T3 values. Concentrations of free T3 in males were higher with RIA method than CLIA, while no differences were found in females. Higher concentrations of free T3 were observed in females than males using CLIA method, but not using RIA method. The method influenced concentrations of free T4 and TSH, which were higher using RIA method than CLIA. The mean concentrations of total T4, free T4, free T3 and total T3, by CLIA and RIA were, respectively: 6.36 and 6.19nmol/l; 8.25 and 8.82pmol/l; 5.11 and 5.08pmol/l; and 1.59 and 1.56nmol/l. Quantifications of the same thyroid hormone measured by the two methods were more similar for free T3 (r = +0.80) and free T4 (r = +0.65) and less similar for total T3 (r = +0.38) and TSH (r = -0.35). Through these associations, it was possible to find equations to predict concentrations of thyroid hormones in the RIA method using values obtained by the CLIA method. The results demonstrated that for free T4, free T3 and total T3 the CLIA method would be a reasonable alternative. And, finally, the CLIA method for total T4 and the two methods for TSH proved not to be appropriate for the species studied.
Description: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Agronomia e Medicina Veterinária, Programa de Pós-Graduação em Saúde Animal, 2019.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Appears in Collections:FAV - Mestrado em Saúde Animal (Dissertações)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/35374/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.