Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/35353
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2019_LarissaMarquesMartinsCampos.pdf1,81 MBAdobe PDFView/Open
Title: Diagnóstico de arquivo : ensaio para a criação de um conceito
Authors: Campos, Larissa Marques Martins
Orientador(es):: Sousa, Renato Tarciso Barbosa de
Assunto:: Arquivologia
Arquivos - diagnóstico
Identificação arquivística
Gestão de documentos
Issue Date: 22-Aug-2019
Citation: CAMPOS, Larissa Marques Martins. Diagnóstico de arquivo: ensaio para a criação de um conceito. 2019. 144 f., il. Dissertação (Mestrado em Ciência da Informação)—Universidade de Brasília, Brasília, 2019.
Abstract: O diagnóstico de arquivo é o tema desta pesquisa que se propôs a responder à questão “o que é o diagnóstico de arquivo?”. O objetivo geral do trabalho é delimitar o conceito de diagnóstico de arquivo, uma vez que o termo é amplamente utilizado na Arquivologia, porém de maneira horizontal. Esta pesquisa verticaliza essa discussão a partir da utilização do método histórico para a descrição do termo diagnóstico, desde a sua origem, na Medicina, até a apropriação do termo pela Arquivologia. Utilizamos também o método comparativo para identificar as similaridades e as distinções dos diagnósticos em diferentes áreas do conhecimento. A utilização desses métodos nos permitiu identificar enunciados verdadeiros sobre o diagnóstico de arquivo e assim, aplicamos Teoria do Conceito de Ingetraut Dahlberg. A pesquisa permitiu delimitar o conceito, o objeto e o objetivo do diagnóstico de arquivo, bem como os requisitos mínimos para a sua elaboração.
Abstract: The archive diagnosis is the theme of this research that aims to answer the question "what is the file diagnosis?". The general objective of the work is to delimit the concept of archive diagnosis, since the term is widely used in archival science, but in a horizontal way. This research verticalizes this discussion from the use of the historical method for the description of the term diagnosis, from its origin, in Medicine, until the appropriation of the term by the Archive Science. We also used the comparative method to identify the similarities and distinctions of diagnoses in different areas of knowledge. The use of these methods allowed us to identify true statements about the file diagnosis and thus, we applied Dahlberg's Integral Concept Theory. The research allowed to delimit the concept, the object and the objective of the archive diagnosis, as well as the minimum requirements for its elaboration.
Description: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Ciência da Informação, Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação, 2019.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Appears in Collections:FCI - Mestrado em Ciência da Informação (Dissertações)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/35353/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.