Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/35346
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2018_JoanaFlorRattesNunes.pdf4,37 MBAdobe PDFView/Open
Title: Estudo da interação entre Trichoderma harzianum e Phaseolus vulgaris utilizando a técnica de transformação aleatória por Agrobacterium tumefasciens (AMT)
Authors: Nunes, Joana Flor Rattes
Orientador(es):: Noronha, Eliane Ferreira
Assunto:: Trichoderma
Trichoderma harzianum
Plantas hospedeiras
Controle biológico
Simbiose
Issue Date: 22-Aug-2019
Citation: NUNES, Joana Flor Rattes. Estudo da interação entre Trichoderma harzianum e Phaseolus vulgaris utilizando a técnica de transformação aleatória por Agrobacterium tumefasciens (AMT). 2018. 91 f., il. Dissertação (Mestrado em Biologia Microbiana)—Universidade de Brasília, Brasília, 2018.
Abstract: Espécies de Trichoderma já são utilizadas mundialmente no controle biológico de fungos fitopatogênicos em diferentes culturas. Além de sua atividade micoparasita, Trichoderma spp também se associa com plantas hospedeiras de forma simbionte, podendo promover seu crescimento, induzir sua resposta de defesa e resistência contra subsequentes infecções fúngicas. Trichoderma spp colonizam as raízes de plantas hospedeiras alterando o padrão de expressão de genes e consequentemente o seu proteoma. Esta alteração pode ser mediada por estruturas presentes na parede celular destes fungos (MAMPs), por moléculas liberadas pela modificação da parede celular fúngica ou da planta hospedeira (DAMPs) ou pela ação de proteínas que são secretadas durante a interação. No presente trabalho, a técnica de transformação aleatória por Agrobacterium tumefasciens foi utilizada para a geração de uma biblioteca de transformantes de Trichoderma harzianum TR274 e identificar genes que possam ter papel na sua interação com feijoeiro. Mudanças no padrão de produção de conídios, crescimento e de produção de proteases foram critérios inicialmente utilizados para a triagem dos transformantes. Dez transformantes apresentaram valores de atividade proteolítica inferiores ao obtido para o isolado selvagem (parental). Dois destes, T49 e T136, foram posteriormente utilizados em experimentos de co-cultivo com Phaseolus vulgaris (feijoeiro comum) para avaliar alterações de parâmetros morfométricos e susceptibilidade de feijoeiro ao patógeno Sclerotinia sclerotiorum. Foram detectadas mudanças significativas no comprimento, peso seco e volume de raiz para plantas cultivadas na presença de T. harzianum selvagem e transformantes em comparação com plantas cultivadas na ausência destes. Foi observada uma maior suscetibilidade de feijoeiro à infecção por S. sclerotiorum para as plantas cultivadas na presença dos transformantes (T49 e T136) sugerindo que, embora não tenha sido possível a identificação de genes relativos a proteases, o fenótipo apresentado guarda estreita relação no estabelecimento da simbiose.
Abstract: Trichoderma species are already used worldwide in the biological control of phytopathogenic fungi in different cultures. In addition to its mycoparasite activity, Trichoderma spp also associates with host plants symbiotically, and can promote plant growth, induce its defense response and resistance against subsequent fungal infections. Trichoderma spp colonize roots of host plants and alter host gene expression pattern and consequently its proteome. This modification can be mediated by structures present in the cell wall of these fungi (MAMPs), by molecules released by the modification of the fungal cell wall or host plant (DAMPs) or by action of proteins secreted during interaction. In the present work, the technique of random transformation by Agrobacterium tumefasciens (AMT) was used to generate a library of Trichoderma harzianum TR274 transformants seeking to identify genes that may play a role in the interaction with common bean. Changes in the pattern of conidia production, growth and protease production were criteria initially used for screening. Ten transformants showed lower values of proteolytic activity than those of the wild (parental) isolate. Two of these, T49 and T136, were later tested in cocultivation experiments with common bean to evaluate changes in plants’ morphometric parameters and susceptibility to the pathogen Sclerotinia sclerotiorum. Significant changes were detected in length, dry weight and root volume for plants grown in the presence of transformants compared to plants grown in the absence of T. harzianum, as oppposed to the wild type. In addition, a higher susceptibility of common bean to S. sclerotiorum infection was observed for the plants grown in the presence of the transformants (T49 and T136) suggesting that, although it was not possible to identify the genes related to proteases, the screened phenotype keeps a close relation in the establishment of symbiosis.
Description: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Biologia, Pós-Graduação em Biologia Microbiana, 2018.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Appears in Collections:IB - Mestrado em Biologia Microbiana (Dissertações)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/35346/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.