Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/35338
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2018_FernandaFerreiraMota.pdf1,43 MBAdobe PDFView/Open
Title: Gênero, raça e classe : a desigualdade à democracia do cuidado
Authors: Mota, Fernanda Ferreira
Orientador(es):: Tokarski, Flávia Millena Biroli
Assunto:: Democracia - Brasil
Desigualdade social
Raça - gênero
Gênero
Issue Date: 20-Aug-2019
Citation: MOTA, Fernanda Ferreira. Gênero, raça e classe: a desigualdade à democracia do cuidado. 2018. 211 f., il. Tese (Doutorado em Ciência Política)—Universidade de Brasília, Brasília, 2018.
Abstract: A tese traz uma discussão sobre a relação entre cuidado, democracia e desigualdades, tendo um foco maior no caso brasileiro. Para (re)pensar essa relação aborda como centrais as discussões sobre interseccionalidade e consubstancialidade (se atendo mais às questões de gênero, raça e classe); sobre a relação entre família, mercado e Estado; e sobre as relações entre espaço e tempo. Esses são os eixos centrais que compõem as discussões, e a tentativa normativa de uma transformação teórica e social que reconheça a centralidade do cuidado em nossas vidas. Embora contenha uma forte discussão teórica, a tese também se apoia em entrevistas feitas com diferentes mulheres residentes na cidade de Brasília sobre seu cotidiano e o papel do cuidado em suas vidas; dando centralidade às suas falas e experiências, as entendendo também enquanto formas de conhecimento. Ao longo dos capítulos tenta-se percorrer um caminho que vai de um cuidado desigual a uma democracia do cuidado tendo como respaldo parte das teorias feministas.
Abstract: The dissertation brings a discussion about the relationship between care, democracy and inequalities, with a greater focus on the Brazilian case. To (re)think this relationship addresses as central the discussions on intersectionality and consubstantiality (with more attention to issues of gender, race and class); on the relation between family, market and State; and on the relationships between space and time. These are the central axes that make up the discussions, and the normative attempt for a theoretical and social transformation that recognizes the centrality of care in our lives. Although it contains a strong theoretical discussion, the dissertation also relies on interviews with different women living in the city of Brasilia about their daily life and the role of care in their lives; giving centrality to their voice and experiences, understanding them also as forms of knowledge. Throughout the chapters this work tries to walk a path that goes from an unequal care to a caring democracy, having as bases part of feminist theories.
Description: Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciência Política, Programa de Pós-Graduação em Ciência Política, 2018.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Appears in Collections:IPOL - Doutorado em Ciência Política (Teses)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/35338/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.