Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/35323
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2019_FernandadeDeusGarcia.pdf1,37 MBAdobe PDFView/Open
Title: O papel do intérprete comunitário na entrevista de solicitação de refúgio
Authors: Garcia, Fernanda de Deus
Orientador(es):: Gorovitz, Sabine
Assunto:: Interpretação comunitária
Refúgio - solicitação
Intérpretes
Serviço voluntário
Tradutores
Issue Date: 22-Aug-2019
Citation: GARCIA, Fernanda de Deus. O papel do intérprete comunitário na entrevista de solicitação de refúgio. 2019. 126 f., il. Dissertação (Mestrado em Estudos da Tradução)—Universidade de Brasília, Brasília, 2019.
Abstract: O objetivo desta dissertação é estudar o papel do intérprete comunitário voluntário na interação entre o oficial de elegibilidade e o solicitante de refúgio no contexto das entrevistas de solicitação de refúgio no Comitê Nacional para Refugiados (Conare). Analisamos como a presença do intérprete é um elemento central da comunicação durante a entrevista, e de que forma essa importância se manifesta. Como suporte teórico, nos pautamos nas produções sobre a interpretação comunitária, um tipo de serviço tradutório caracterizado pelo seu cunho social. Abrangemos questões relacionadas a suas características centrais, como o fato de ser dialógica e estar ligada a contextos em que a presença do intérprete é mais notada do que em outras modalidades de interpretação. Isso nos leva a estudar o conjunto de papéis que o intérprete tem como gestor da interação e mediador linguístico e cultural, em contraste com o senso comum e as diretrizes oficiais de como a atuação do intérprete deve ser. Para tanto, nos baseamos na abordagem sociolinguística interacional, que se aprofunda nos estudos sobre relações entre cultura, sociedade e língua, além de levantamos o debate acerca da fidelidade e equivalência nos Estudos da Tradução. Para conduzir o estudo para esta dissertação, foi realizada uma pesquisa de campo no Conare, após uma parceria firmada com o grupo de pesquisa e extensão Mobilang, do Instituto de Letras da UnB. A partir de uma observação participante, trazemos uma análise qualitativa das estratégias discursivas produzidas pelos intérpretes, as quais sistematizamos em algumas categorias: confirmação, adição explicativa, apropriação da autoridade do discurso e gestão. A partir dessa análise, identificamos dados que embasam o argumento de que o intérprete comunitário atua de forma a trespassar os limites do que se entende tradicionalmente por tradução e se mostra como um agente ativo na interação comunicativa enquanto gestor e mediador cultural e linguístico.
Abstract: This thesis aims at studying the role of the volunteer community interpreter during the interaction between the eligibility officer and the asylum seeker in the context of official interviews to seek asylum at Conare (Brazilian National Committee for Refugees). The purpose is to analyze in what ways the interpreter plays a central role in the communication during the interviews, and how such importance is expressed. For theoretical support, this paper is based on the studies about community interpreting, a type of translation service characterized by its social nature. Matters related to its key characteristics are addressed, such as the fact that it is dialogical and is linked to situations in which the presence of the interpreter is more noticed that in other translation modalities. This has also led to the investigation of the combination of roles the interpreter plays as manager of the interaction, as well as linguistic and cultural mediator, diverging from the common sense and official guidelines of how an interpreter should behave. To do so, this paper relies on interactionist sociolinguistics as its framework, as its approach focuses on the relations between culture, society and language. Concepts of fidelity and equivalence in Translation Studies have also been discussed. A field research at Conare was conducted, after a partnership was established with the University of Brasilia through Mobilang, a group of research and extension of the Language Institute. After a participant observation period, a qualitative analysis is presented of some discursive strategies produced by the interpreters, which are systematized into some categories: confirmation, explanatory addition, appropriation of the discourse authority and management. Within the analysis, there can be identified some data that give grounds to the argument that the community interpreter acts in such a way that trespasses the limits of what is traditionally understood by translation and shows to be an active agent in the communicative interaction by playing the role of manager and linguistic and cultural mediator.
Description: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Letras, Departamento de Línguas Estrangeiras e Tradução, Programa de Pós-Graduação em Estudos da Tradução, 2019.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Appears in Collections:POSTRAD - Mestrado em Estudos de Tradução

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/35323/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.