Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/35273
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
1987_ValciAugustinho.pdf
???org.dspace.app.webui.jsptag.ItemTag.accessRestricted???
8,06 MBAdobe PDF ???org.dspace.app.webui.jsptag.ItemTag.restrito???
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorTarapanoff, Kira-
dc.contributor.authorAugustinho, Valci-
dc.date.accessioned2019-08-09T20:29:57Z-
dc.date.available2019-08-09T20:29:57Z-
dc.date.issued2019-08-09-
dc.date.submitted1987-08-31-
dc.identifier.citationAUGUSTINHO, Valci. Aclimatação ambiental dos prédios de bibliotecas centrais universitárias: especificações de construção seguidas após a reforma. 1987. vii, 255 f., il. Dissertação (Mestrado em Biblioteconomia e Documentação)—Universidade de Brasília, Brasília, 1987.pt_BR
dc.identifier.urihttp://repositorio.unb.br/handle/10482/35273-
dc.descriptionDissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Estudos Sociais Aplicados, Departamento de Biblioteconomia, 1987.pt_BR
dc.description.abstractAnálise das Especificações de construção, seguidas em prédios de bibliotecas centrais das Universidades Federais, construídos após a Reforma Universitária Brasileira, a fim de verificar se houve preocupação, por ocasião de um planejamento, em adequá-los às características de climas regionais.Estudou-se a adequação da iluminação, ventição e uso de materiais ao clima regional, destacando as soluções encontradas no planejamento e ressaltando as tendências observadas. A metodologia usada incluiu a aplicação de um questionário-entrevista e observação "in loco" (parte da qual fotografada). O questionário entrevista foi aplicado a dez universidades brasileiras selecionadas do universo, sendo duas de cada região. Tomando-se por base os .objetivos, foram eleitas as variáveis que nortearam a pesquisa, levando-se em consideração, a formação da equipe de planejamento dos prédios e, ainda, aquelas que determinam as condições ambientais climáticas como: umidade relativa do ar, temperatura, ventos, nebulosidade e insolação, as quais influenciaram diretamente na iluminação, ventilação e, no uso de materiais de construção. O levantamento revelou que 100% das universidades pesquisadas utilizaram algum tipo de solução para aproveitar a ventilação natural, porém, não de maneira satisfatória, pois 90% da amostragem teve que se utilizar . de meios mecânicos para ventilar o interior do prédio da biblioteca. Concluímos que a ventilação foi mal aproveitada, o mesmo acontecendo com o iluminamento natural. Em . relação à temperatura, pode-se concluir que a mesma não foi controlada em nenhum dos prédios das bibliotecas pesquisadas, exceto em poucos ambientes, quase sempre o local de obras raras.pt_BR
dc.language.isoPortuguêspt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.titleAclimatação ambiental dos prédios de bibliotecas centrais universitárias : especificações de construção seguidas após a reformapt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR
dc.subject.keywordBibliotecas universitáriaspt_BR
dc.subject.keywordBibliotecas - arquiteturapt_BR
dc.description.abstract1Analises of construction specificatipns followed by the buildings of central libraries of federal universities, constructed after the "Brazilian University Reform", in order to verif if here was, by the time of planning, concern with adapting them to regional climate conditions. The proper use of lighting, ventilation, and the right choice of materiais were studied, focusing on solutions found during planning and emphasising observed trends. The procedures involved in this study included interviews through questionaries and observation of the buildings themselves (part of which was photographed). The questionaires were applied to ten. Brazilian universities, within the total object of the study, being two from each different region. Having in mind the objectives of the study, we chose the variables which lead the research, taking into consideration the formation of the planning staff of the buildings and those variables which determined the environmental climate conditions such as: relative humidity, temperature, 'winds, nebulousness, and invidence of solar „fays. These variables directly influenced lighting, ventilation, and the usage of construction materiais. The research revelledthat 100% of the studied Universities used some kind of solution to take advantage of natural ventilation, however it was not done in a satisfactory way. That is because 90% of those buildings had to use some kind of mechanical appliances to ventilate their interior. Therefore, we can conclude that natural ventilation, as well as natural light, were poorly used. In relation to temperature, we come to the conclusion that it was not controled in any of the library buildings studied, except for a few areas, mostly the ones meant to keep the rar books.pt_BR
Appears in Collections:FCI - Mestrado em Biblioteconomia e Documentação (Dissertações)

Show simple item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/35273/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.