Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/35248
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2019_RodrigoPiubelli.pdf2,97 MBAdobe PDFView/Open
Title: A luta dos Guarani Kaiowá do Mato Grosso do Sul pelo território : memórias e imagens do (re)existir num permanente estado de exceção no Brasil (1964-2018)
Authors: Piubelli, Rodrigo
Orientador(es):: Nunes, José Walter
Assunto:: Povos indígenas
Índios Guarani
Índios - territorialidade
Demarcação de terras
Luta pela terra
Issue Date: 7-Aug-2019
Citation: PIUBELLI, Rodrigo. A luta dos Guarani Kaiowá do Mato Grosso do Sul pelo território: memórias e imagens do (re)existir num permanente estado de exceção no Brasil (1964-2018). 2019. 158 f., il. Tese (Doutorado em Desenvolvimento, Sociedade e Cooperação Internacional)—Universidade de Brasília, Brasília, 2019.
Abstract: Procuro analisar o processo de luta pelo território dos Guarani Kaiowá do estado do Mato Grosso do Sul (no período compreendido entre a última ditadura civil-militar – 1964-1985 - até os dias atuais, 2018), a partir de relatos orais e de fontes documentais escritas e audiovisuais, buscando compreender a criação de normas, jurisdições, ações e práticas desenvolvidas, implementadas ou impostas pelo Estado brasileiro aos povos indígenas, com as quais se buscaria instituir relações de poder vividas dentro de um estado que se caracterizaria como de exceção permanente. Esse modus operandi do Estado, de caráter quase sempre vertical, traduzido em suas políticas sociais, evidencia noções de desenvolvimento social, econômico e cultural que tensionam os modos de viver indígenas, suas culturas, cosmologias e perspectivas de organização social e cultural.
Abstract: I try to analyze the process of fighting for the territory of the Guarani Kaiowá of the state of Mato Grosso do Sul (in the period between the last civil-military dictatorship - 1964-1985 - to the present day, 2018), based on oral reports and sources documentaries and audiovisuals, seeking to understand the creation of norms, jurisdictions, actions and practices developed, implemented or imposed by the Brazilian State on indigenous peoples, with which it would seek to establish relations of power lived within a state that would be characterized as a permanent exception . This modus operandi of the State, which is almost always vertical, translated into its social policies, demonstrates notions of social, economic and cultural development that stress indigenous ways of living, their cultures, cosmologies and perspectives of social and cultural organization.
Description: Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Centro de Estudos Avançados Multidisciplinares, Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento, Sociedade e Cooperação Internacional, 2019.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Appears in Collections:PPGDSCI - Doutorado em Desenvolvimento, Sociedade e Cooperação Internacional (Teses)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/35248/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.