Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/35246
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2019_MilenaPinheiroMartins.pdf1,45 MBAdobe PDFView/Open
Title: Negociação coletiva, teleatendimento e gênero : um estudo das convenções coletivas de trabalho do Sinttel-DF de 2009 a 2018
Authors: Martins, Milena Pinheiro
Orientador(es):: Delgado, Gabriela Neves
Assunto:: Telemarketing
Trabalho - aspectos sociológicos
Negociação coletiva do trabalho
Mulheres - emprego
Igualdade de gênero
Issue Date: 7-Aug-2019
Citation: MARTINS, Milena Pinheiro. Negociação coletiva, teleatendimento e gênero: um estudo das convenções coletivas de trabalho do Sinttel-DF de 2009 a 2018. 2019. 175 f. Dissertação (Mestrado em Direito)—Universidade de Brasília, Brasília, 2019.
Abstract: Nesta pesquisa são analisadas as interfaces entre o trabalho feminino precário e a organização coletiva de trabalhadores e trabalhadoras em teleatendimento, notadamente no âmbito da negociação coletiva, utilizando-se gênero como chave de leitura. A pesquisa considera as convenções coletivas de trabalho celebradas pelo Sindicato dos Trabalhadores em Telecomunicações do Distrito Federal (Sinttel-DF), no período de 2009 a 2018, a partir das categorias gestação, maternidade/ paternidade, responsabilidades familiares, condições de trabalho, exercício do trabalho, saúde da mulher e equidade de gênero, utilizadas pelo DIEESE/OIT como referências para avaliação dos instrumentos negociais comprometidos com a promoção da igualdade de gênero. A discussão se insere e dialoga com o contexto do avanço do neoliberalismo sobre os contratos de trabalho e sobre a arquitetura constitucional de proteção ao trabalho, destacadamente a partir da reforma trabalhista da Lei n. 13.467/2017.
Abstract: This research aims at analyzing the interface between precarious female labour and the collective organization of telemarketing workers, through the gender perspective, especially in the scope of collective bargaining. The research considers the collective bargaining agreements celebrated by the Union of Telecommunications Workers of the Federal District (Sinttel-DF) from 2009 until 2018, that pertain to the categories of pregnancy, maternity and paternity, family responsibilities, working conditions, training and reskilling, women's health and gender equality. This data was used by Inter-Union Department of Statistics and Socio-Economic Studies - DIEESE / ILO in order to evaluate collective bargaining agreements committed to the promotion of gender equality. The discussion takes part of and dialogues with the context of neoliberalism progress on labour contracts and on the constitutional architecture of labour protection, especially since the 2017 labour reform.
Description: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Direito, Programa de Pós-Graduação em Direito, 2019.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Appears in Collections:FD - Mestrado em Direito (Dissertações)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/35246/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.