Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/35229
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2019_MarianaMateusPenha.pdf1,56 MBAdobe PDFView/Open
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorAndrade, Josemberg Moura de-
dc.contributor.authorPenha, Mariana Mateus-
dc.date.accessioned2019-08-02T21:50:57Z-
dc.date.available2019-08-02T21:50:57Z-
dc.date.issued2019-08-02-
dc.date.submitted2019-02-22-
dc.identifier.citationPENHA, Mariana Mateus. Adaptação brasileira do Eating Disorder Inventory-3 (EDI-3) e evidências iniciais de validade e fidedignidade. 2019. 106 f., il. Dissertação (Mestrado em Psicologia Social, do Trabalho e das Organizações)—Universidade de Brasília, Brasília, 2019.pt_BR
dc.identifier.urihttp://repositorio.unb.br/handle/10482/35229-
dc.descriptionDissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Psicologia, Programa de Pós-Graduação em Psicologia Social, do Trabalho e das Organizações, 2019.pt_BR
dc.description.abstractNo Brasil, instrumentos psicométricos que avaliam fatores de risco associados a transtornos alimentares focam somente em um fator de risco ou, quando possuem caráter multidimensional, englobam apenas um tipo de transtorno alimentar. Entretanto, estudos apontam para a necessidade de considerar os diversos fatores associados a esses transtornos no desenvolvimento de instrumentos psicométricos adequados. No contexto internacional, o Eating Disorder Inventory-3 (EDI-3) destaca-se como um instrumento multidimensional que mensura sintomas e aspectos psicológicos associados à anorexia nervosa, bulimia nervosa e ao transtorno de compulsão alimentar. Assim, este estudo identificou as propriedades psicométricas da versão adaptada para o Brasil do EDI-3. Foram realizados procedimentos de adaptação, obtenção de evidências iniciais de validade de construto e critério, fidedignidade e estimação das propriedades psicométricas dos itens. Para tanto, foi considerada uma amostra válida de 87 sujeitos, que constituíram os grupos clínico e não-clínico. Os dados foram analisados a partir da Análise Fatorial Confirmatória e da Teoria de Resposta ao Item. Inicialmente, as dimensões problemas afetivos, controle excessivo e desajuste psicológico não apresentaram bons ajustes. O modelo final descartou a escala perfeccionismo, apresentando assim bons índices de ajuste e parâmetros adequados de validade e fidedignidade. Conclui-se que, apesar do quantitativo pequeno de sujeitos, o instrumento apresenta evidências iniciais de validade, o que motiva a realização de estudos posteriores.pt_BR
dc.description.sponsorshipConselho Nacional de Desenvolvimento Cientifico e Tecnológico (CNPq).pt_BR
dc.language.isoPortuguêspt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.titleAdaptação brasileira do Eating Disorder Inventory-3 (EDI-3) e evidências iniciais de validade e fidedignidadept_BR
dc.title.alternativeBrazilian adaptation of the Eating Disorder Inventory-3 (EDI-3) and preliminary evidence of validity and reliabilitypt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR
dc.subject.keywordAvaliação psicológicapt_BR
dc.subject.keywordTranstornos alimentarespt_BR
dc.subject.keywordPsicometriapt_BR
dc.subject.keywordInstrumentos psicológicospt_BR
dc.rights.licenseA concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.pt_BR
dc.description.abstract1In Brazil, psychometric instruments that assess risk factors associated with eating disorders focus on only one risk factor or, when they have a multidimensional character, only include one type of eating disorder. However, a considerable number of studies indicate the need to consider various factors associated with these disorders in the development of appropriate psychometric instruments. In the international context, the Eating Disorder Inventory-3 (EDI-3) stands out as a multidimensional instrument that measures symptoms and psychological features associated with anorexia nervosa, bulimia nervosa and binge eating disorder. In this context, it was decided to make a Brazilian adaptation of the EDI-3. The main objectives of this study were: (1) to make an adapted version of the EDI-3 for Brazil, and (2) to obtain preliminary evidence of the validity and reliability of this adapted version. Therefore, the Brazilian version of the EDI-3 was administered to a sample of 87 subjects, which consisted of both clinical and non-clinical groups. Preliminary evidence was acquired of the construct and criterion validity as well as of the reliability of the factors measured by the adapted version of the EDI-3. On item level, estimation of the psychometric properties was obtained. Data were analyzed using Confirmatory Factor Analysis and Item Response Theory. The dimensions affective problems, excessive control and psychological impairment did not present good adjustments. The final model discarded the perfectionism scale, thus presenting good adjustment indices and adequate parameters of validity and reliability. It is concluded that, despite the small quantitative of subjects, the instrument presents initial evidence of validity, which motivates the accomplishment of later studies.pt_BR
Appears in Collections:PSTO - Mestrado em Psicologia Social, do Trabalho e das Organizações (Dissertações)

Show simple item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/35229/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.