Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/35069
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2019_MoisésWesleydeMacedoPereira.pdf2,07 MBAdobe PDFView/Open
Title: Associação de múltiplos fatores na patogênese da doença de chagas : uma avaliação das teorias de persistência parasitária e autoimunidade
Authors: Pereira, Moisés Wesley de Macedo
Orientador(es):: Hecht, Mariana Machado
Coorientador(es):: Bex-Hagström, Luciana
Assunto:: Chagas, Doença de
Autoimunidade
Trypanosoma cruzi
Patogênese
Issue Date: 12-Jul-2019
Citation: PEREIRA, Moisés Wesley de Macedo. Associação de múltiplos fatores na patogênese da doença de chagas : uma avaliação das teorias de persistência parasitária e autoimunidade. 2019. 94 f., il. Dissertação (Mestrado em Ciências Médicas)—Universidade de Brasília, Brasília, 2019.
Abstract: Introdução: A doença de Chagas, causada pelo Trypanosoma cruzi, é considerada a principal doença endêmica de origem parasitária nas Américas do Sul e Central, afetando aproximadamente oito milhões de pessoas em todo o mundo. Sua sintomatologia é variada, abrangendo desde casos assintomáticos até indivíduos que desenvolvem cardiomegalia, megacólon e megaesôfago. A relação parasito-hospedeiro é muito dinâmica e, por isso, a determinação da patogênese da doença de Chagas ainda é uma questão desafiadora. As teorias de persistência do parasito e autoimunidade buscam elucidar esse desafio. Objetivo: Verificar a contribuição de múltiplos fatores no processo de patogênese da doença de Chagas em modelo experimental. Métodos: Infectou-se camundongos machos e fêmeas com 1,0x104 formas tripomastigotas de T. cruzi das linhagens Colombiana, Y e CL Brener, sendo eutanasiados a 30 e 100 dias pós-infecção (dpi). Para determinar a carga parasitária e o acúmulo de integrações de minicírculos de kDNA no genoma dos camundongos, realizou-se a PCR quantitativa. A produção de anticorpos anti-T. cruzi e anti-proteínas cardíacas e intestinais foi mensurada pelo teste de ELISA e a produção de citocinas do perfil Th1/Th2 por citometria de fluxo. Análises histológicas avaliaram a presença de ninhos de amastigotas e alteração tecidual. As análises estatísticas estabeleceram as correlações entre os diversos parâmetros avaliados. Resultados: Observou-se uma importante correlação entre a carga parasitária do coração e intestino e a ativação das respostas imunes adaptativas celular e humoral. Apesar de não se associar à produção de anticorpos e de citocinas, a presença do parasito na medula óssea está diretamente relacionada ao processo inflamatório do tecido cardíaco e intestinal. Ao se avaliar de maneira quantitativa a integração de minicírculos de kDNA, notou-se uma associação entre a taxa de integração no coração e na medula (p<0,01) e que ambas interagem com a resposta imune humoral dos indivíduos, associando-se a um aumento de IgG anti-T.cruzi e anti-proteínas do coração. Destaca-se que a produção de anticorpos anti-coração e anti-intestino a 100 dpi está fortemente correlacionado com o processo inflamatório desses órgãos (p<0,001). Conclusão: Os resultados demonstraram que há interação dinâmica entre as teorias de persistência do parasito e autoimunidade durante a evolução da doença de Chagas. Isso realça a necessidade de estudar a patogênese da doença de Chagas com uma abordagem multifatorial. Assim, com base nos resultados alcançados nesse estudo e em dados já disponíveis na literatura, propõe-se uma nova teoria integradora para a patogênese da doença de Chagas.
Abstract: Introduction: Chaga’s disease is endemic throughout South and Central Americas, affecting about eight million people around the world. It is caused by the protozoan Trypanosoma cruzi. The symptoms are diverse, including asymptomatic to severe cardiomegaly, megacolon and megaesophagus. Due to a dynamic parasite-host relation, the mechanisms of pathogenesis are still unclear. Two theories attempt to explain the pathogenesis: parasite persistence and autoimmunity. Objective: Verify the contribution of multiple factors in Chagas disease pathogenesis in experimental model. Methodology: Male and female mice were infected with 1,0x104 trypomastigotes from Colombiana, Y and CL Brener strains. The mice were euthanized 30 and 100 days after infection (dpi). Quantitative PCR was performed to determinate parasite load and accumulation of kDNA minicircle’s integration in mice genome. Anti-T.cruzi and anti-cardiac/intestine proteins antibodies production was measured by ELISA and Th1/Th2 cytokines by flow cytometry. Amastigotes nests and tissue modification was evaluated by histology. Statistics tests established correlations between several parameters. Results: It was detected an important correlation between parasite load in heart and intestine and activation of cellular and humoral immune responses. The kDNA integration rate in heart and in bone marrow were associated (p<0,01) and both interact with humoral immune response, associating with increased anti-T.cruzi and anti-heart-proteins IgG levels. Production of anti-heart and anti-intestine antibodies to 100 dpi is strongly correlated with inflammatory process in these organs (p<0,001). Conclusion: The results have evidenced a dynamic interaction between from parasite persistence and autoimmunity theories, demonstrating the necessity to study Chagas disease pathogenesis in a translational approach. Then, a new integrative theory is now proposed for Chagas Disease pathogenesis, based in the achieved results and in other studies.
Description: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Medicina, Programa de Pós-Graduação em Ciências Médicas, 2019.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Appears in Collections:FMD - Mestrado em Ciências Médicas (Dissertações)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/35069/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.