Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/35057
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2018_FláviaMazitellideOliveira.pdf1,31 MBAdobe PDFView/Open
Title: Atitude dos docentes do Distrito Federal acerca das drogas e seus usuários
Authors: Oliveira, Flávia Mazitelli de
Orientador(es):: Conceição, Maria Inês Gandolfo
Assunto:: Professores e alunos
Drogas - aspectos sociais
Adolescentes - drogas - abuso
Professores - formação
Professores - comportamento
Issue Date: 12-Jul-2019
Citation: OLIVEIRA, Flávia Mazitelli de. Atitude dos docentes do Distrito Federal acerca das drogas e seus usuários. 2018. 122 f., il. Tese (Doutorado em Psicologia Clínica e Cultura)—Universidade de Brasília, Brasília, 2018.
Abstract: Ações de prevenção vêm sendo desenvolvidas, especialmente nas escolas, contudo, pouco se fala do impacto da atitude dos professores em relação às drogas na efetividade dessas ações, ainda que o educador tenha um papel central nesse processo. O objetivo desta pesquisa foi identificar quais são os fatores que influenciam a atitude e o conhecimento sobre drogas dos educadores do Distrito Federal. Trata-se de pesquisa transversal, com amostra por conveniência, utilizando-se de questionário que mediu dados sociodemográficos, uso e contato com pessoas que usam drogas, conhecimento e atitude em relação às drogas. A amostra foi de 387 professores, com 42 anos de idade, em média, a maioria mulheres e com especialização. A grande maioria nunca fez cursos de capacitação. Os resultados indicam que os educadores possuem atitudes mais compreensivas e têm baixo conhecimento sobre drogas. Menos idade, menor tempo de docência, uso de maconha, álcool, cocaína e ecstasy foram variáveis que demonstraram impactar positivamente o conhecimento. Ter cursos de especialização e usar maconha foram as características relacionadas a atitudes mais compreensivas. Ter feito cursos sobre drogas não mostrou relação estatisticamente significativa com atitude e conhecimento. Os achados apontam para a necessidade de capacitação docente em cursos sobre drogas, de incentivo à especialização e de incremento da carga horária dos cursos de graduação para o tema das drogas. A pesquisa sugere que as políticas públicas invistam no preparo e na capacitação docente, privilegiando métodos mais ativos, interativos e que favoreçam reflexão crítica, troca de informação e vivências que repercutem em conhecimento e atitudes compreensivas ao invés de importar programas caros e que tiveram sua eficácia compravada em países da Europa e América do Norte, com realidades tão diversas da nossa. O uso indevido de drogas em idades precoces é um grave problema no Brasil, que só será amenizado quando entendermos as reais caraterísticas desse fenômeno no país.
Abstract: Prevention actions have been developed, especially in schools, however, little is mentioned about the impact of teachers' attitude with respect to drugs on the effectiveness of these actions, even though the educator has a central role in this process. This research aimed to identify which are the factors that influence the attitude of the Federal District educators and also to verify the relationship between knowledge about drugs and their attitudes. This is a crosssectional research with convenience sample, by means of a questionnaire that measured social demographic data: use of drugs and contact with people who use drugs, knowledge and attitude towards drugs. The sample involved 387 teachers, with an average age of 42, mostly women and with specialization. The vast majority have never taken any training courses. The results indicate that educators have more understanding attitudes and have low knowledge about drugs. Less age, shorter teaching time, use of marijuana, alcohol, cocaine and ecstasy were variables that demonstrated a positive impact on knowledge. Having specialization courses and using marijuana were the characteristics related to more comprehensive attitude. Taking courses on drugs did not show a statistically significant relationship between attitude and knowledge. The results point to the need of encouraging personal trainings by means of specialization courses on drugs knowledge and increasing the number of hours of undergraduate courses for drugs. It is suggested that public policies invest in teacher preparation and training, rather than importing expensive programs that have proven their effectiveness in countries of Europe and North America, which reality is so diverse from our own. The misuse of drugs at early ages is a serious problem in Brazil, which will only be mitigated when we understand the real characteristics of this phenomenon in the country.
Description: Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Instituto de Psicologia, Programa de Pós-graduação em Psicologia Clínica e Cultura, 2018.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Appears in Collections:PCL - Doutorado em Psicologia Clínica e Cultura (Teses)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/35057/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.