Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/35050
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2019_LucasFerrazHebling.pdf2,51 MBAdobe PDFView/Open
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorSandri, Delvio-
dc.contributor.authorHebling, Lucas Ferraz-
dc.date.accessioned2019-07-12T19:12:35Z-
dc.date.available2019-07-12T19:12:35Z-
dc.date.issued2019-07-12-
dc.date.submitted2019-02-28-
dc.identifier.citationHEBLING, Lucas Ferraz. Irrigação com efluente de esgoto tratado na produção de pimentão e propriedades químicas do solo. 2019. 73 f., il. Dissertação (Mestrado em Agronomia)—Universidade de Brasília, Brasília, 2019.pt_BR
dc.identifier.urihttp://repositorio.unb.br/handle/10482/35050-
dc.descriptionDissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Agronomia e Medicina Veterinária, Programa de Pós-Graduação em Agronomia, 2019.pt_BR
dc.description.abstractA crescente conscientização de que os meios de produção são limitados traz nova perspectiva sobre o desenvolvimento de tecnologias para o uso sustentável. Dentre elas, o uso de efluentes de esgoto doméstico tratado (EET) para fins de irrigação, que se justifica pelo reaproveitamento de água, aporte de nutrientes ao solo podendo favorecer o desenvolvimento das plantas, bem como contribui com a redução de impactos ambientais na medida em que se reduz o lançamento de efluentes nos corpos hídricos superficiais. Assim, o objetivo deste trabalho foi avaliar a utilização de EET e água de córrego (Ac) na irrigação da cultura do pimentão (Capsicum annuum L.), híbrido Dahra RX, nas densidades de plantio de 25.000 (1,0 x 0,4 m), 20.000 (1,0 x 0,5 m ) e 27.778 (0,8 x 0,45 m) plantas ha-1.. O experimento foi desenvolvido em condições de campo na Fazenda Água Limpa (FAL) da Universidade de Brasília (UnB), Brasil, no período de março a novembro de 2018, em delineamento estatístico em blocos casualizados, em fatorial 2 x 3, sendo dois tipos de água e três espaçamentos entre plantas (densidade de plantio), com quatro repetições. Foram avaliadas a uniformidade de distribuição de água do sistema de irrigação por gotejamento superficial no início e no final de um ciclo de cultivo do pimentão, a quantidade de nutrientes adicionados ao solo através aplicação de EET, as propriedades químicas de um Latossolo Vermelho Amarelo na camada de 0,00 a 0,20 m, o desenvolvimento das plantas durante o ciclo da cultura (altura das plantas, diâmetro do caule) e características fonométricas dos frutos (massa úmida, massa seca, largura, altura, produtividade) e qualidade sanitária dos frutos (coliforme totais, E.coli, bolores e leveduras). O uso de EET e Ac reduziram os índices de uniformidade de distribuição (CUD) e coeficiente de uniformidade estatístico (CUE) similarmente, mesmo assim mantiveram a classificação como excelente. Os teores de matéria orgânica e enxofre no solo foram maiores para os tratamentos irrigados com EET em comparação com o uso de Ac. Ao final do ciclo do pimentão, o tipo de água e a densidade de plantio não alteraram os teores de sódio, CTC efetiva, P, K, Ca Mg, Mn e Fe no solo. O uso de EET propiciou o aporte ao solo de 65,94 kg de K2O, 18,17 kg de N-total e 26,80 kg de P2O5 por ha-1. O diâmetro do caule e altura das plantas, bem como o diâmetro, comprimento, massa úmida e massa seca dos frutos não foram influenciados pelo tipo de água e densidade de plantio. A maior produtividades foi obtida na menor e maior densidade de plantio com o uso de EET. Os tipos de água (EET e Ac) aplicadas por gotejamento superficial não contaminaram os frutos de pimentão por E.coli, bolores e leveduras.pt_BR
dc.description.sponsorshipFundação de Apoio à Pesquisa do Distrito Federal (FAPDF).pt_BR
dc.language.isoPortuguêspt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.titleIrrigação com efluente de esgoto tratado na produção de pimentão e propriedades químicas do solopt_BR
dc.title.alternativeIrrigation with treated sewage effluent in the production of pepper and soil chemical proprietiespt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR
dc.subject.keywordPimentão - cultivopt_BR
dc.subject.keywordÁgua - reutilizaçãopt_BR
dc.subject.keywordSolos - nutrientespt_BR
dc.subject.keywordIrrigação por gotejamentopt_BR
dc.rights.licenseA concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.pt_BR
dc.description.abstract1The awareness that the means of production are limited, brings a new perspective over the development and use of sustainable techniques. Among them, the use of effluents from treated domestic sewage (TSE) for irrigation proposes, which is justified by the reuse of water, nutrient supply to the soil and better development of plants, as well as contributes to the reduction of environmental impacts related to the discharge of those effluents into water bodies. The objective of this work was to evaluate the use of TSE and stream water (Ac) in the irrigation of the sweet pepper crop (Capsicum annum L.), Dahra RX hybrid, at planting densities of 25.000 (1,0 x 0,4 m), 20.000 ( 1,0 x 0,5 m), 27.778 (0,8 x 0,45 m) plants ha-1. The experiment was developed under open field conditions at Fazenda Água Limpa (FAL) at the Universidade de Brasília (UnB), Brazil, from March to November 2018, in a complete randomized block design, in 2 x 3 factorial, two types of water and three plant spacings (planting density), with for replications. The water distribution uniformity of the drip irrigation system at the beginning and at the end of the crop cycle, the amount of nutrients added to the soil by the application of TSE, the chemical properties of the soil in 0,00 to 0,20 m depth, the plant development (plant height, stem diameter) and fruit characteristics (wet mass, dry mass, width, height, productivity) and sanitary quality (total coliform, E. coli, molds and yeasts) were all availed in this project. The use of TSE and Ac reduced the uniformity of water distribution (CUD) and the statical uniformity coefficient (CUE) in a similar way, but both maintained their classification as excellent. The soil organic matter and sulfur contents were higher for treatments irrigated with TSE in comparison with the use of Ac. At the end of the crop cycle, the water type and the planting density did not expressed any change in the levels of sodium, effective cation exchange capacity, P, K, Ca, Mg, Mn and Fe in the soil. The use of TSE provided to the soil 65,94 kg of K2O, 18,17 kg of N and 26,80 kg of P2O5 per ha. The diameter of the stem and height of the plants, as well as the diameter, length, wet mass and dry mass of the fruits were not influenced by the different types of water and planting density. The highest yields were obtained in the lowest and highest planting density with the use of TSE. The type of water (TSE and Ac) applied by surface dripping did not contaminated the pepper fruits by E. coli, molds or yeasts.pt_BR
Appears in Collections:FAV - Mestrado em Agronomia (Dissertações)

Show simple item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/35050/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.