Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/34986
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2018_KeilaNúbiaBarbosaIbrahimAbdelkarem.pdf17,62 MBAdobe PDFView/Open
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorBortoni-Ricardo, Stella Maris-
dc.contributor.authorAbdelkarem, Keila Núbia Barbosa Ibrahim-
dc.date.accessioned2019-07-10T21:00:45Z-
dc.date.available2019-07-10T21:00:45Z-
dc.date.issued2019-07-10-
dc.date.submitted2018-12-03-
dc.identifier.citationABDELKAREM, Keila Núbia Barbosa Ibrahim. Concepções de alunos do ensino médio sobre ensino, aprendizagem, leitura e compreensão leitora. 2018. 255 f., il. Tese (Doutorado em Educação)—Universidade de Brasília, Brasília, 2018.pt_BR
dc.identifier.urihttp://repositorio.unb.br/handle/10482/34986-
dc.descriptionTese (doutorado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Educação, Programa de Pós-Graduação em Educação, 2018.pt_BR
dc.description.abstractEm um mundo globalizado e tecnológico, ler é uma habilidade cada vez mais exigida para se fazer parte dos avanços do século XXI e tal procedimento faz parte do nosso dia-a-dia, entretanto, por mais comum que possa parecer a realização de uma leitura, essa tarefa não é tão simples como pode ser julgada. A leitura pode ser sinônimo de apenas decifrar os signos do alfabeto, juntar as palavras e as sentenças e esse tipo de leitura é suficiente para que haja o mínimo de comunicação entre as pessoas. Porém, dentro de uma visão mais abrangente, ler significa, fundamentalmente, compreender o que foi lido. Não basta somente decodificar, é preciso que o leitor se contextualize e atribua significação à sua leitura. A leitura aduz o leitor a uma grande aquisição do conhecimento, pois é por meio dela que se adquire uma percepção ímpar do mundo. Além disso, propicia também uma contribuição no funcionamento e desenvolvimento do pensamento crítico, levando o leitor a questionar e avaliar o texto lido, dentro de um referencial próprio de seus conhecimentos, conceitos, valores e significações. Escola, ensino, educação, aprendizagem, leitura e compreensão leitora são palavras que estão sempre atreladas, que causam enormes discussões. Felizmente existe um gigantesco dissenso acerca desses conceitos, afinal se tivéssemos chegados a um consenso sobre a definição dessas palavras perderíamos o direito de questionar, de ter dúvidas, pois segundo Tunes e Bartholo Jr (2009, p. 13), “o consenso blinda a dúvida que, aprisionada, não pode pôr em movimento o julgamento pessoal”. O homem tem caminhado desde a antiguidade em busca da compreensão do conceito e da definição dessas palavras, mas na verdade o homem vem buscando através dessas palavras compreender o que ele é e como é processada sua formação, sua evolução e seu desenvolvimento. Para Montaigne (2005, p. 40), “a maior e mais importante dificuldade da ciência humana parece estar nesse ponto em que se trata da criação e educação das crianças. ” Dentro desse panorama, esta pesquisa teve como objetivo geral investigar as concepções de alunos do Ensino Médio do 1º, 2º e 3º anos, de uma escola da rede pública do DF, acerca das significações de aprendizagem, de leitura e de compreensão leitora. Os objetivos específicos propostos visam: 1- verificar a opinião dos discentes colaboradores da pesquisa a respeito de como se efetiva sua aprendizagem; 2-Inquirir se as metodologias utilizadas pelos professores de Língua Portuguesa são eficazes no processo ensino aprendizagem dos conteúdos trabalhados em sala de aula com ênfase aos processos de compreensão leitora; 3-avaliar se as práticas de compreensão leitora utilizadas desenvolvem suficientemente as habilidades pretendidas para a etapa escolar em análise; averiguar de que maneira o conhecimento prévio dos educandos e as práticas sociais de leitura são levadas em consideração no processo de ensino e aprendizagem de leitura; 5- verificar as crenças dos estudantes a respeito de seu próprio processo de desenvolvimento da capacidade de compreensão leitora. O referencial teórico faz uma trajetória que perpassa pela influência do Iluminismo na educação Portuguesa e concomitantemente, as mudanças que o Marquês de Pombal realizou no sistema educacional português; um histórico do ensino no Brasil, iniciado com a chegada dos jesuítas, percorrendo o fim do Império e o nascimento da República; expõe um breve histórico da concepção de alguns autores acerca do processo da aprendizagem e a relevância do outro e das relações sociais nesse movimento; evidencia a relevância da leitura e da compreensão leitora, bem como a ideia de leitura como fator que ultrapassa a decodificação. Este estudo fez uso da metodologia qualitativa. Para que a compreensão dos dados seja obtida em sua plenitude, sem ruídos ou interferências nos sentidos que essas falas carregam, esse trabalho terá como âncora o método da hermenêutica. Toda a análise de material qualitativo obtido a partir das observações, do questionário, da entrevista semiestruturada e da análise das provas do Programa de Avaliação Seriada-PAS serão embasadas nesse método. Após a análise dos dados constituíram-se as seguintes categorias: A significação do aluno sobre a aprendizagem; A significação do aluno sobre leitura; a significação do aluno sobre compreensão leitora; o êxito no desempenho escolar e sugestões gerais acerca da escola em que estudam. As conclusões do estudo apontam que quando há uma mediação por parte do professor em relação a leitura e a compreensão leitora a aprendizagem acontece. O conhecimento prévio do aluno deve ser utilizado e valorizado, o processo não é fácil, mas é possível. Nessa perspectiva, Rego (2008, p. 108) afirma: “A escola desempenhará bem seu papel, na medida em que, partindo daquilo que a criança já sabe (o conhecimento que ela traz de seu cotidiano, suas ideias a respeito dos objetos, fatos e fenômenos, suas “teorias” acerca do que observa no mundo), ela for capaz de ampliar e desafiar a construção de novos conhecimentos, na linguagem vigotskiana, incidir na zona de desenvolvimento iminente dos educandos. Desta forma poderá estimular processos internos que acabarão por se efetivar, passando a constituir a base que possibilitará novas aprendizagens”.pt_BR
dc.language.isoPortuguêspt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.titleConcepções de alunos do ensino médio sobre ensino, aprendizagem, leitura e compreensão leitorapt_BR
dc.typeTesept_BR
dc.subject.keywordAprendizagempt_BR
dc.subject.keywordLeitura - compreensãopt_BR
dc.subject.keywordLeitura - educaçãopt_BR
dc.subject.keywordEnsino médiopt_BR
dc.subject.keywordEducação - Brasilpt_BR
dc.rights.licenseA concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.pt_BR
dc.description.abstract1In a technological, globalized world, reading is an increasingly required skill to become part of the 21st century advances, however, as common as it may seem reading, this is not such an easy thing to be judged. Reading can be synonymous of decipher the alphabet signs, joying words and sentences and this kind of reading is enough to have the minimum of communication among people. However, in a most comprehensive view, reading means, fundamentally, understand what was read. Not only to decode, but it is necessary for the reader to understand and assign meaning to your reading. Reading shows the reader to a big knowledge acquisition, because it is through her it acquires an odd perception of the world. Besides, it also provides a contribution to the operation and the development of critical thought, leading the reader to question and to evaluate the read text, in a self-referential of yours knowledges, concepts, values and meanings. School, teaching, education, learning and comprehension are words always linked, that cause big discussions. Fortunately, there is a giant difference among them; after all, if we had reached a consensus about these words definitions, we would lose the right to question, to have doubts, because according to Tunes and Bartholo Jr (2010, p. 13), “the consensus shield the doubt what, imprisoned, cannot set in motion the personal judgement”. Man has been walking since antiquity searching the concept comprehension and the definition of these words, but in fact man has being searching, among these words, to understand what he is and how your formation, your evolution and your development are processed. To Montaigne (2005, p. 40), “the biggest and most important difficulty of human science seems to be in this point of children’s creation and education”. Within this panorama, this research has as general objective investigate the meanings of High School Students of a public school in Distrito Federal, about learning meanings, reading meanings and reading comprehension. The specific objectives proposed aim at: 1- to check the opinion of the research collaborators (students) about how does your learning work; 2- to inquire if the methodologies used by Portuguese teachers are effective in the teaching process of content worked in the classroom with emphasis on the processes of reading comprehension; 3- to evaluate if the practices of reading comprehension used sufficiently develop the intended skills to the school stage under analysis; 4- to find out how the prior knowledge of learners are taken into account in the teaching process and reading learning; 5- to verify the student’s belief about your own development process of reading comprehension capability. The theoretical reference makes a trajectory through the Iluminism influence in Portuguese education; a history of Brazilian education, beginning with the arriving of the Jesuits, traversing the end of the empire and the birth of the republic. It shows a briefing history of some author’s conception about the learning process and other’s relevance and the social relations in this movement; it highlights the reading relevance and reading comprehension, as well as the reading idea as a factor that goes beyond the decoding. This study will use the qualitative methodology. So that the understanding of the data is obtained at your fullness, with no noises or interferences in the senses that these lines carry, this study will have as an anchor the method of hermeneutics. All the analysis of the qualitative material obtained by the observation of the questionnaires, the half-structured interview and the analysis of the Serial Evaluation Program – PAS will be based in this method. After the data analysis, were constituted these categories: the student meaning about learning; the student meaning about reading; the student meaning about reading comprehension; the success in school performance and the general suggestions about the school where they study. The conclusions shows that when there is a mediation by the teacher about reading and reading comprehension, the learning happens. The student’s preview knowledge must be used and valued, the process is not easy but possible. In this perspective, Rego (2008, p. 108) affirms: “School will perform its role well, in that, starting in what child already knows (the knowledge that brings from the daily, your ideas about objects, facts and phenomenon, your “theories” about what notices in the world), if he is capable to increase and to challenge the new knowledge construction, in vigotskiana language, focus on the imminent development area of learners. In this way, it will be able to stimulate the internal processes which will eventually become effective, becoming the basis for new learnig.”pt_BR
Appears in Collections:FE - Doutorado em Educação (Teses)

Show simple item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/34986/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.