Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/34982
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2019_RosanaTannúsFreitasLima.pdf5,15 MBAdobe PDFView/Open
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorToledo, Aline Martins de-
dc.contributor.authorLima, Rosana Tannús Freitas-
dc.date.accessioned2019-07-10T20:47:00Z-
dc.date.available2019-07-10T20:47:00Z-
dc.date.issued2019-07-10-
dc.date.submitted2019-01-30-
dc.identifier.citationLIMA, Rosana Tannús Freitas. Análise do alcance manual em lactentes prematuros com baixo peso ao nascer. 2019. 90 f., il. Dissertação (Mestrado em Ciências da Reabilitação) —Universidade de Brasília, Brasília, 2019.pt_BR
dc.identifier.urihttp://repositorio.unb.br/handle/10482/34982-
dc.descriptionDissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Ceilândia, Programa de Pós-Graduação em Ciências da Reabilitação, 2019.pt_BR
dc.description.abstractO alcance manual em lactentes vem sendo muito estudado por ser uma das mais importantes habilidades do desenvolvimento global. A compreensão das transformações do comportamento manual foi sendo estabelecida e hoje já se sabe como se desenvolve o alcance manual em lactentes a termos sadios e também em lactentes prematuros. Atualmente, estudos tem buscado analisar o efeito do treino da habilidade do alcance nestes lactentes prematuros e os resultados observados até o momento são positivos. No entanto, existem poucos estudos com a proposta de investigar as alterações a nível de ativação muscular que ocorrem durante a execução desta habilidade, assim como há poucos estudos que fazem uso de algum recurso externo para aumentar a eficiência do treino funcional do alcance. Esta dissertação teve dois estudos principais. O primeiro estudo objetivou investigar como a técnica de eletromiografia de superfície tem sido utilizada para avaliação do alcance manual através de uma revisão sistemática. A busca nas bases de dados resultou em 15 artigos selecionados para essa revisão. A revisão mostrou que o controle postural é a habilidade primária mais avaliada em lactentes e houve uma variabilidade dos parâmetros utilizados com pouca descrição do processamento dos sinais, o que impossibilitou estabelecer uma padronização para replicação e desenvolvimento de novos estudos. O segundo estudo objetivou investigar os efeitos do uso do peso adicional no treinamento funcional do alcance manual em lactentes pré-termos com baixo peso ao nascer em relação aos aspectos cinemáticos e sua relação com a preensão manual. A amostra foi de trinta e quatro lactentes prematuros moderados a tardios nascidos com baixo peso que foram aleatoriamente alocados nos grupos controle (GC) e grupo intervenção (GI) e avaliados em 3 momentos (pré-treino, pós-treino e retenção). A Intervenção envolveu um programa de treinamento funcional do alcance por 4 semanas (8 sessões) em que ambos os grupos participaram. O GC fez uso de um bracelete simples sem peso e o GI fez uso de um bracelete com peso adicional de 20% o peso do seu membro superior. O estudo 2 mostrou que o uso do peso adicional no treinamento de longa duração do alcance não parece favorecer a melhora do movimento da habilidade em relação às variáveis cinemáticas. O grupo controle apresentou melhora nos parâmetros espaço-temporais na retenção e o grupo intervenção modificou o sucesso da preensão. Ao comparar os grupos em cada momento, observou-se que na retenção o grupo controle apresentou melhores parâmetros espaço-temporais.pt_BR
dc.language.isoPortuguêspt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.titleAnálise do alcance manual em lactentes prematuros com baixo peso ao nascerpt_BR
dc.title.alternativeAnalysis of reaching with additional weight in preterm infants with low birth weightpt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR
dc.subject.keywordResistência de forçapt_BR
dc.subject.keywordTreinamento com pesopt_BR
dc.subject.keywordRecém-nascidos - peso baixopt_BR
dc.subject.keywordRecém-nascidos - prematurospt_BR
dc.subject.keywordCinemáticapt_BR
dc.subject.keywordCapacidade motora nos lactentes - prematurospt_BR
dc.subject.keywordLactentespt_BR
dc.contributor.advisorcoCarmo, Aline Araujo do-
dc.description.abstract1Reaching in infants has been widely studied as one of the most important skills in overall development. The understanding of the transformations of manual behavior has been established and it is now known how the reaching is developed in healthy terms infants and also in preterm infants. Currently, studies have sought to analyze the effect of training of reaching ability in these preterm infants and the results observed so far are positive. However, there are few studies with the proposal to investigate the changes in muscle activation that occur during the execution of this ability, just as there are few studies that make use of some external resource to increase the efficiency of the functional training of reaching. This dissertation had two main studies. The first study aimed to investigate how the surface electromyography technique has been used to evaluate the reaching through a systematic review. The search in the databases resulted in 15 articles selected for this review. The review showed that postural control is the primary ability most evaluated in infants and there was a variability of the parameters used with little description of signal processing, which made it impossible to establish a standardization for replication and development of new studies. The second study aimed to investigate the effects of the use of additional weight in the functional training of reaching in preterm infants with low birth weight in relation to the kinematic aspects and its relation to the gripping. The sample consisted of thirty-four moderate to late preterm infants born with low birth weight who were randomly allocated in the control (CG) and intervention (IG) groups and evaluated in 3 moments (pre-training, post-training and retention). Intervention involved a 4-week (8-session) functional training of reaching program in which both groups participated. The CG made use of a simple weightless bracelet and the IG made use of a bracelet with an additional weight of 20% the weight of his upper limb. Study 2 showed that the use of additional weight in long training does not seem to favor the improvement of the movement skill in relation to the kinematic variables. The control group showed improvement in the spatio-temporal parameters in the retention and the intervention group modified the success of gripping. When comparing the groups at each moment, it was observed that in the retention the control group presented better spatio-temporal parameters.pt_BR
Appears in Collections:PPGCR - Mestrado em Ciências da Reabilitação

Show simple item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/34982/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.