Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/34964
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2017_DanielMorenoJiménez.pdf5,46 MBAdobe PDFView/Open
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorPires, Armando de Azevedo Caldeira-
dc.contributor.authorJimenez, Daniel Moreno-
dc.date.accessioned2019-07-03T18:00:41Z-
dc.date.available2019-07-03T18:00:41Z-
dc.date.issued2019-07-03-
dc.date.submitted2017-10-04-
dc.identifier.citationJIMENEZ, Daniel Moreno. Caracterização do Índice de Mobilidade Urbana Sustentável (IMUS) para a cidade de Medellin – Colômbia. 2017. xvii, 115 f., il. (Mestrado Profissional em Sustentabilidade junto a Povos e Territórios Tradicionais)—Universidade de Brasília, Brasília, 2017.pt_BR
dc.identifier.urihttp://repositorio.unb.br/handle/10482/34964-
dc.descriptionDissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Centro de Desenvolvimento Sustentável, Mestrado Profissional em Sustentabilidade junto a Povos e Territórios Tradicionais, 2017.pt_BR
dc.description.abstractA cidade de Medellín na Colômbia foi escolhida como a cidade mais inovadora no ano 2013. O reconhecimento foi principalmente por suas soluções em transporte, redução de emissões de CO2 e redução da criminalidade. No âmbito da mobilidade e sustentabilidade, a cidade de Medellín apresenta ainda pontos a serem melhorados. O objetivo desta dissertação é analisar o padrão de mobilidade urbana na área metropolitana de Medellín (Colômbia) por meio da aplicação do Índice de Mobilidade Urbana Sustentável (IMUS). O IMUS desenvolvido por COSTA (2008) possui uma visão sistêmica necessária para a sustentabilidade da mobilidade urbana, já que envolve, de alguma maneira, os pilares da sustentabilidade (Ambiental, social e econômico), com um sistema de domínios que interliga as ações tomadas num âmbito com as consequências de um outro ou ao invés. A pesquisa foi desenvolvida em quatro etapas: Levantamento de informação secundária e revisão bibliográfica, contextualização da área de estudo, cálculo do IMUS para a cidade com informações, tanto primarias quanto secundarias e analise dos indicadores para cada domínio. Na fase final se analisou a sensibilidade do índice respeito aos projetos em execução e o domínio com maior peso do índice. Os resultados obtidos mostram que a cidade efetivamente tem pontos a favor na inovação, sobre todo na área de infraestrutura e transporte urbano. Comparado com outras cidades (Brasileiras) nas que já foi calculado o IMUS, os resultados mostram um índice de aproximadamente do dobro do valor do indice. Também conseguiu se concluir que o IMUS, além de ser uma ferramenta que facilita a compreensão de fenômenos interconectados, pode ser usado em outros contextos geográficos, políticos e sociais.pt_BR
dc.language.isoPortuguêspt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.titleCaracterização do Índice de Mobilidade Urbana Sustentável (IMUS) para a cidade de Medellin – Colômbiapt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR
dc.subject.keywordMobilidade urbana sustentávelpt_BR
dc.subject.keywordTransporte urbanopt_BR
dc.subject.keywordSustentabilidade urbanapt_BR
dc.subject.keywordÍndice de Mobilidade Urbana Sustentável (IMUS)pt_BR
dc.rights.licenseA concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições:Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.pt_BR
dc.description.abstract1Medellín city in Colombia was chosen as the most innovative city in the year 2013. The recognition was mainly for its solutions in transport, reduction of CO2 emissions and reduction of crime. In terms of mobility and sustainability, the city of Medellín also has points to improve. The objective of this dissertation is to analyze the urban mobility pattern in the metropolitan area of Medellín (Colombia) by applying the Urban Sustainable Mobility Index (IMUS). The IMUS developed by COSTA (2008) has a systemic vision necessary for the sustainability of urban mobility, since it involves in some way the pillars of sustainability (Environmental, social and economic) with a system of domains that interconnects the actions taken in a the consequences of another or rather. The research was developed in four stages: Survey of secondary information and bibliographic review, contextualization of the study area, calculation of the IMUS for the city with both primary and secondary information and analysis of the indicators for each domain. In the final phase, the sensitivity of the index regarding the projects in execution and the domain with greater weight of the index was analyzed. The results obtained show that the city has indeed favorable points in innovation, especially in the area of infrastructure and urban transport. Compared with other cities (Brazilian) in which the IMUS has already been calculated, the results show an index of approximately double. It has also been concluded that IMUS, besides being a tool that facilitates the understanding of interconnected phenomena, can be used in other geographic, political and social contexts.pt_BR
Appears in Collections:CDS - Mestrado Profissional em Desenvolvimento Sustentável: Política e Gestão de Ciência e Tecnologia (Dissertações)

Show simple item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/34964/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.