Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/34749
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2018_RafaelSouzadaCosta.pdf7,98 MBAdobe PDFView/Open
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorCeschin, Artemis Marti-
dc.contributor.authorCosta, Rafael Souza da-
dc.date.accessioned2019-06-06T19:17:17Z-
dc.date.available2019-06-06T19:17:17Z-
dc.date.issued2019-06-06-
dc.date.submitted12-12-12-
dc.identifier.citationCOSTA, Rafael Souza da. Estudo das propriedades físico-químicas da turfa e sua utilização na obtenção de pontos quânticos de carbono. 2018. xviii, 102 f., il. Tese (Doutorado em Engenharia de Sistemas Eletrônicos e Automação)—Universidade de Brasília, Brasília, 2018.pt_BR
dc.identifier.urihttp://repositorio.unb.br/handle/10482/34749-
dc.descriptionTese (doutorado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Tecnologia, Departamento de Engenharia Elétrica, 2018.pt_BR
dc.description.abstractOs pontos quânticos de carbono (CQDs) são uma das classes mais importantes de nanomateriais na nanociência da atualidade devido às suas propriedades únicas, entre elas: fotoluminescência, biocompatibilidade e não toxicidade. A turfa, um composto orgânico formado por três substâncias húmicas distintas: ácido fúlvico e húmico (ambos solúveis em meios ácidos e alcalinos) e humina (parte insolúvel), apresenta qualidades que a torna uma excelente fonte de carbono elementar para os pontos quânticos. Esse trabalho tem como finalidade a produção de materiais fotoluminescentes a partir da turfa. Dessa forma, são relatadas duas rotas simples e baratas para a obtenção dos mesmos. A primeira rota compreende uma extração de duas das frações da turfa e que resultam em um líquido que quando submetido a luz ultravioleta apresenta coloração verde intensa, a segunda rota, compreende a síntese da turfa, seguida de uma extração semelhante à primeira rota e que tem como resultado um coloide em que os pontos quânticos de carbono estão imersos, e que quando submetido a luz ultravioleta apresenta uma coloração levemente azulada. Os CQDs possuem tamanho médio de 3,5 nm e distância entre átomos da ordem de 0.142 nm, o que leva a acreditar que os CQDs são na verdade GQDs (pontos quânticos de grafeno ou grafite). As principais técnicas utilizadas nessa pesquisa foram: porosimetria, análise termogravimétrica, difração de raios X (DRX), espectroscopia Raman, espectroscopia na região do infravermelho por transformada de Fourier (FTIR), espectroscopia de absorção UV-Vis, espectroscopia de fotoluminescência (FL) e microscopia eletrônica de transmissão de alta resolução (TEM).pt_BR
dc.description.sponsorshipCoordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES).pt_BR
dc.language.isoPortuguêspt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.titleEstudo das propriedades físico-químicas da turfa e sua utilização na obtenção de pontos quânticos de carbonopt_BR
dc.title.alternativeStudy of the plysical-chemical properties of peat and its use in obtaining carbon quantum dotspt_BR
dc.typeTesept_BR
dc.subject.keywordPonto quânticopt_BR
dc.subject.keywordTurfapt_BR
dc.subject.keywordPontos quânticos de carbonopt_BR
dc.subject.keywordFotoluminescênciapt_BR
dc.rights.licenseA concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.pt_BR
dc.description.abstract1Carbon quantum dots (CQDs) are one of the most important classes of nanomaterials in nanoscience today because of their unique properties, among them: photoluminescence, biocompatibility and non-toxicity. Peat, an organic compound composed of three distinct humic substances: fulvic and humic acid (both soluble in acidic and alkaline media) and humin (insoluble part), has qualities that make it an excellent source of elemental carbon for quantum dots. This work has the purpose of producing photoluminescent materials from peat. In this way, two simple and inexpensive routes are reported to obtain them. The first route comprises an extraction of two of the fractions of the peat and which result in a liquid which when subjected to ultraviolet light shows intense green coloring. The second route comprises the synthesis of the peat, followed by a similar extraction to the first route and that has as a result a colloid in which the quantum dots of carbon are immersed, and when subjected to ultraviolet light has a slightly bluish coloration. The CQDs have an average size of 3.5 nm and a distance between atoms of the order of 0.142 nm, which leads one to believe that the CQDs are actually GQDs (graphene or graphite quantum dots). The main techniques used in this research were: porosimetry, thermogravimetric analysis, X-ray diffraction (XRD), Raman spectroscopy, Fourier transform infrared spectroscopy (FTIR), UV-Vis absorption spectroscopy, photoluminescence (FL) spectroscopy and high-resolution transmission electron microscopy (HRTEM).pt_BR
Appears in Collections:ENE - Doutorado em Engenharia de Sistemas Eletrônicos e de Automação (Tese)

Show simple item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/34749/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.