Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/34717
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2018_FláviaLemesdePaulaMatsui.pdf1,36 MBAdobe PDFView/Open
Title: Estética e Metafísica em Álvaro de Campos : investigação e recepção da sua poesia na Orpheu
Authors: Matsui, Flávia Lemes de Paula
Orientador(es):: Leão, Delfim
Coorientador(es):: Arnaut, Ana Paula
Assunto:: Modernismo (Literatura)
Campos, Álvaro de, 1890-1935 - crítica e interpretação
Metafísica
Estética (Filosofia)
Issue Date: 5-Jun-2019
Citation: MATSUI, Flávia Lemes de Paula. Estética e Metafísica em Álvaro de Campos: investigação e recepção da sua poesia na Orpheu. 2018. 135 f. Dissertação (Mestrado em Metafísica)—Universidade de Brasília, Brasília, 2018.
Abstract: Em 1915, um grupo de jovens – Geração d‘Orpheu – liderados por Fernando Pessoa e Mário de Sá-Carneiro deram os primeiros passos para a entrada do Modernismo na Literatura Portuguesa, através da publicação da Orpheu. Na primeira edição dessa revista, apareceram os poemas Ode Triunfal e Opiário, escritos por Álvaro de Campos, os quais provocaram escândalos e reações nos periódicos da época. Entender a recepção negativa desses poemas e investigar seus motivos é o principal intento da dissertação. Para tanto, far-se-á necessário: conhecer mais sobre o poeta lisboeta e sua heteronímia; averiguar os conceitos de Estética e Metafísica conforme defendido pelo heterônimo Álvaro de Campos e também pelo ortônimo; e identificar essas concepções nos poemas Ode Triunfal e Opiário. No primeiro capítulo, foram utilizados os escritos pessoanos e as obras de grandes pesquisadores da vida e obra de Pessoa, tais como Moisés Massaud, José Gil, Eduardo Lourenço, Leyla Perrone Moisés, Rudolf George Lind, Nuno Júdice, e Nuno Ribeiro. No capítulo sobre a Metafísica e a Estética, priorizou-se os textos pessoanos, com a finalidade de não reduzir os temas ao olhar de autores secundários. No último capítulo, identificou-se os conceitos estéticos e metafísicos de Campos em seus poemas Opiário e Ode Triunfal. E por fim, buscou-se na obra de Regina Zilberman e na Teoria da Recepção de Hans Robert Jauss o suporte para descobrir as causas da rejeição dos escritos de Campos supracitados. Verificou-se, então, que essa reação contrária dos seus contemporâneos residia na proposta pessoana de uma nova teoria ontológica, denominada Transcendentalismo Panteísta e nas características estéticas implícitas nos próprios poemas.
Abstract: In 1915, a group of young people - Orpheu‘s Generation - led by Fernando Pessoa and Mário de Sá-Carneiro took the first steps towards the entry of Modernism into Portuguese Literature through the publication of Orpheu. In the first edition of this magazine appeared the poems Ode Triunfal and Opiário, written by Álvaro de Campos, which provoked scandals and reactions in periodicals of the time. Understanding the negative reception of these poems and investigating their motives is the main intent of the dissertation. To do so, it will be necessary: to know more about the Lisbon‘s poet and his heteronym; to ascertain the concepts of Aesthetics and Metaphysics as defended by the heteronymous Alvaro de Campos and also by the orthonym; and to identify these conceptions in the poems Ode Triunfal and Opiário. In the first chapter, the personal writings and works of the great researchers of the life and work of Pessoa, such as Moisés Massaud, José Gil, Eduardo Lourenço, Leyla Perrone Moisés, Rudolf George Lind, Nuno Júdice, and Nuno Ribeiro were used. In the chapter on Metaphysics and Aesthetics, the personal texts were prioritized, in order not to reduce the themes to the look of secondary authors. In the last chapter, the aesthetic and metaphysical concepts of Campos were identified in his poems Opiário and Ode Triunfal. Finally, in the work of Regina Zilberman and in the Theory of Reception of Hans Robert Jauss, the support was sought to discover the causes of the rejection of the writings of Campos mentioned above. It was verified, then, that this opposite reaction of his contemporaries resided in the personal proposal of a new ontological theory, denominated Pantheistic Transcendentalism and in the aesthetic characteristics implicit in the own poems.
Description: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília,Instituto de Ciências Humanas, Programa de Pós-Graduação em Metafísica, 2018.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Appears in Collections:FIL - Mestrado em Metafísica (Dissertações)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/34717/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.