Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/34622
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2018_SávioBarrosSousa.pdf968,19 kBAdobe PDFView/Open
Title: Narrativas da luta política : luto e precariedade na emergência do HIV/AIDS em Belém do Pará
Authors: Sousa, Sávio Barros
Orientador(es):: Diniz, Debora
Assunto:: Epidemias
HIV (Vírus)
AIDS (Doença)
Belém (PA)
Ativismo
Issue Date: 17-May-2019
Citation: SOUSA, Sávio Barros. Narrativas da luta política: luto e precariedade na emergência do HIV/AIDS em Belém do Pará. 2018. 177 f., il. Dissertação (Mestrado em Direitos Humanos e Cidadania)—Universidade de Brasília, Brasília, 2018.
Abstract: O presente trabalho tem por objetivo analisar, a partir das contribuições de Judith Butler, as construções narrativas de três sujeitos, militantes de movimentos sociais, sobre seu contato com a emergência da epidemia de HIV/AIDS em Belém do Pará. A escolha de Belém do Pará se deu pela necessidade de se investigar fora dos grandes centros culturais e políticos do país, sendo, além disso, uma cidade que tem sua história, também, marcada por expressões culturais atravessadas por questões de gênero e sexualidade que rompem com uma cisheteronormatividade dominante. Sendo o fenômeno do HIV/AIDS um fato complexo, este trabalho buscou contribuir para compreensão sobre a questão a partir dos discursos dos sujeitos da pesquisa. Suas narrativas refletem trajetórias dedicadas ao ativismo e militância social e tem algo a acrescer na metanarrativa sobre a epidemia. A metodologia utilizada contempla o pensamento narrativo como método de coleta de dados de pesquisa, a construção conjunta da narrativa entre pesquisador e sujeitos do trabalho, e como método de análise, a investigação das estruturas narrativas que subjazem aos discursos. Por essa via, foram encontrados elementos que reforçam a compreensão de que os discursos entram em tensão com os discursos hegemônicos (metanarrativa) sobre a epidemia e, em alguns momentos, se aproximam destes discursos e, em outros momentos, se afastam e o contradizem. Os sujeitos produzem suas narrativas materializando essa tensão com um poder biomédico que se expressa, por exemplo, por meio dos discursos produzidos por órgãos oficiais nacionais e internacionais e pela mídia. Essa tensão é traduzida pela utilização de elementos dos discursos hegemônicos que produzem a legitimidade buscada pelos sujeitos e, ao mesmo tempo, acrescem suas experiências intersubjetivas no sentido de aprofundar a legitimidade daquilo que narram.
Abstract: This paper aims to analyze, from the contributions of Judith Butler, the narrative constructions of three subjects, militants of social movements, about their contact with the emergence of the HIV / AIDS epidemic in Belém do Pará. Pará was due to the need to investigate outside the great cultural and political centers of the country, being, moreover, a city that has its history, also, marked by cultural expressions crossed by questions of gender and sexuality that break with a dominant cisheteronormatividade. Since the phenomenon of HIV / AIDS is a complex fact, this work sought to contribute to understanding the issue from the discourses of the research subjects. His narratives reflect trajectories dedicated to activism and social activism and have something to add in the metanarrative about the epidemic. The methodology used contemplates narrative thinking as a method of collecting research data, the joint construction of the narrative between researcher and subjects of work, and as a method of analysis, the investigation of the narrative structures that underlie the discourses. In this way, we have found elements that reinforce the understanding that the discourses come into tension with the (metanarrative) hegemonic discourses on the epidemic and, at times, they approach these discourses, and, at other times, they move away and contradict each other. The subjects produce their narratives materializing this tension with a biomedical power that is expressed, for example, through the speeches produced by national and international official bodies and by the media. This tension is translated by the use of elements of the hegemonic discourses that produce the legitimacy sought by the subjects and, at the same time, they add their intersubjective experiences in the sense of deepening the legitimacy of what they narrate.
Description: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Centro de Estudos Avançados e Multidisciplinares, Programa de Pós-Graduação em Direitos Humanos e Cidadania, 2018.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Appears in Collections:PPGDH - Mestrado em Direitos Humanos e Cidadania (Dissertações)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/34622/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.