Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/34530
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2018_FernandaSousaCardosoLopes.pdf711,51 kBAdobe PDFView/Open
Title: Estudo da prevalência de doenças autoimunes não-tireoidianas e da positividade dos auto-anticorpos relacionados ao diabetes mellitus tipo 1 e à doença celíaca em pacientes pediátricos e adultos com tireoidite autoimune e sua correlação com parâmetros clínicos
Authors: Lopes, Fernanda Sousa Cardoso
Orientador(es):: Castro, Luiz Claudio Gonçalves de
Assunto:: Doença autoimune
Tireóide - doenças
Diabetes
Doença celíaca
Anticorpos
Issue Date: 29-Apr-2019
Citation: LOPES, Fernanda Sousa Cardoso. Estudo da prevalência de doenças autoimunes não-tireoidianas e da positividade dos auto-anticorpos relacionados ao diabetes mellitus tipo 1 e à doença celíaca em pacientes pediátricos e adultos com tireoidite autoimune e sua correlação com parâmetros clínicos. 2018. iv, 56 f., il. Dissertação (Mestrado em Ciências Médicas)—Universidade de Brasília, Brasília, 2018.
Abstract: Introdução: As doenças autoimunes da tireoide (DAT), tireoidite de Hashimoto (TH) e doença de Graves (DG), apresentam aspectos em sua fisioetiopatogenia comuns a diversas autoimunidades e constituem fatores de risco para o aparecimento de outras doenças autoimunes (DAI). A questão inicial que desencadeou o desenho deste estudo foi o interesse em reconhecer se havia diferença na prevalência ou na susceptibilidade de DAI nãotireoidianas (DAINT) entre indivíduos com TH e DG. Objetivos: Conhecer e estudar a prevalência de DAINT clinicamente manifestas e da positividade dos auto-anticorpos relacionados ao diabetes mellitus tipo 1 (DM1) e à doença celíaca (DC) em pacientes pediátricos e adultos com TH e DG, acompanhados no Hospital Universitário de Brasília, e investigar sua correlação com parâmetros clínicos. Investigou-se também a frequência de positividade de anticorpos anti-Saccharomyces cerevisiae (ASCA-IgA e IgG) nesse grupo. Métodos: Foram incluídos neste estudo transversal 145 pacientes com idades entre 2 e 50 anos (114 do sexo feminino, 79 crianças e adolescentes), sendo 74 indivíduos com TH. Avaliou-se a história clínica de cada paciente, coletados dados clínicos, avaliada a coexistência de DAINTS, a presença de história familiar de DAT e realizada coleta de sangue para dosagem de anticorpos relacionados ao DM1 (GADA65 e IA2) e à DC (tTG-IgA e EMA-IgA) e de anticorpos ASCA-IgA e IgG. Resultados: A média de idade ao diagnóstico da DAT no grupo total foi de 20 ± 11,4 anos e a média do tempo de doença 6,4 ± 5,9 anos. As médias de idade ao diagnóstico do HT e da DG na população pediátrica foram 10,9 ± 3,5 anos e 10,9 ± 3,7 anos; e entre adultos de 30,3 ± 7,4 anos e 31,5 ± 6,9 anos, respectivamente. A prevalência de DAINTs foi de 8,2% entre os indivíduos, sendo as mais frequentes DM1 (5/12) e DC (4/12), correspondendo à prevalência de DM1 de 3,5% (1:20 pacientes) e de DC de 2,8% (1:36 pacientes). Os pacientes do sexo masculino apresentaram um risco 3,2 vezes maior de desenvolver uma segunda DAINT (p =0,004) e quatro vezes maior para uma terceira DAINT (p = 0,017). O grupo pediátrico apresentou risco 53% maior de desenvolver uma segunda DAINT quando comparado aos adultos (p = 0,042). A positividade para GADA65, IA2 e ASCA-IgG foi observada em 9,6%, 2,7% e 14,4% dos indivíduos do grupo total, respectivamente. Conclusão: Indivíduos com DAT apresentaram maior prevalência de DM1 e DC que a população geral e elevada frequência de anticorpos relacionados ao DM1 e à DC. Não houve diferença na prevalência de DAINT entre indivíduos com TH e DG e entre pacientes pediátricos e adultos. Os pacientes do sexo masculino, independente da idade, apresentaram maior risco de desenvolver duas ou mais DAINTs e maior prevalência de anticorpos relacionados à DC. A população pediátrica com DAT apresentou maior frequência de agrupamento de DAIs que os adultos. Esses dados dão base à importância de se proceder com triagem clínica e sorológica periódica para DAINTs em indivíduos com DAT ao longo de todo seu acompanhamento, em especial em pacientes pediátricos do sexo masculino.
Abstract: Background: Autoimmune thyroid disease (ATD), Hashimoto's thyroiditis (HT) and Graves' disease (GD), share common aspects of its etiopathogenesis with some autoimmunities and constitute risk factors for the development of other autoimmune diseases (AID). The initial question that triggered the design of this study was the interest in recognizing whether there was a difference in the prevalence or susceptibility of non-thyroid AID (NTAID) among individuals with HT and DG. Objectives: To recognize and study the prevalence of clinically manifest NTAID and the positivity of autoantibodies related to type 1 diabetes mellitus (T1DM) and celiac disease (CD) among pediatric and adult patients with HT and DG, followed at the Brasilia University Hospital , and to investigate their correlation with clinical parameters. We also investigated the frequency of positivity of anti-Saccharomyces cerevisiae antibodies (ASCA-IgA and IgG) in that population. Methods: In this cross-sectional study 145 patients aged 2 to 50 years (114 females, 79 children and adolescents) were enrolled, 74 of them with HT. It was collected the clinical history of each patient, their clinical data, coexistence of NTAID and the presence of a family history of ATD. Blood samples were collected for the determination of T1D (GADA65 and IA2) and CD (tTG-IgA and EMA IgA) related antibodies, as well as for ASCA-IgA and IgG. Results: The mean age at diagnosis of ATD in the total group was 20 ± 11.4 years and the mean time of duration of disease was 6.4 ± 5.9 years. The mean age at the diagnosis of HT and GD in the pediatric population was 10.9 ± 3.5 years and 10.9 ± 3.7 years; and among adults 30.3 ± 7.4 years and 31.5 ± 6.9 years, respectively. NTAIDs were observed in 8.2% of the individuals, the most frequent being T1D (5/12) and CD (4/12), corresponding to a prevalence of DM1 of 3.5% (1:39 patients) and of CD of 2.8% (1:36 patients). Male patients presented a 3.2- fold increased risk of developing a second NTAID (p = 0.004) and four times higher risk for a third NTAID (p = 0.017). The pediatric group presented a 53% higher risk of developing a second NTAID when compared to adults (p = 0.042). The positivity for GADA65, IA2 and ASCAIgG was observed in 9.6%, 2.7% and 14.4% of the individuals in the total group, respectively. Conclusion: Individuals with ATD presented a higher prevalence of T1DM and CD than the general population and a higher frequency of antibodies related to T1DM and CD. There was no difference in the prevalence of NTAID among individuals with HT and GD nor between the pediatric and the adult groups. Male patients, regardless of age, were at increased risk of developing two or more NTAIDs and a higher prevalence of CD-related antibodies. The pediatric population with ATD presented a higher frequency of AID-clustering than adults. These data support the importance of proceeding with periodic clinical and serological screening for NTAID in individuals with ATD throughout their follow-up, especially in pediatric male patients.
Description: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Medicina, Programa de Pós-Graduação em Ciências Médicas, 2018.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Appears in Collections:FMD - Mestrado em Ciências Médicas (Dissertações)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/34530/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.