Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/34474
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2018_SimoneMenezesdaRosa.pdf6,87 MBAdobe PDFView/Open
Title: Escola Parque da Natureza de Brazlândia : utopias educaconais
Authors: Rosa, Simone Menezes
Orientador(es):: Villas Bôas, Rafael Litvin
Assunto:: Escolas Parque
Arte e educação
Corporeidade
Educação patrimonial
Educação ambiental
Issue Date: 26-Apr-2019
Citation: ROSA, Simone Menezes. Escola Parque da Natureza de Brazlândia: utopias educaconais. 2018. 134 f., il. Dissertação (Mestrado Profissional em Arte)—Universidade de Brasília, Brasília, 2018.
Abstract: Anísio Teixeira idealizou o sistema de Ensino de Brasília, neste contexto o projeto de “Escolas Parques” foi fundamental. Acreditava-se que para haver a reforma necessária na sociedade brasileira a educação deveria proporcionar aos estudantes o seu desenvolvimento integral. Para tal, muito além do aumento da permanência dos alunos na escola este espaço seria o principal mediador de oportunidades diversas. Em outubro de 2014, foi inaugurada a Escola Parque da Natureza de Brazlândia (EPNBraz), em comunhão com o projeto “Cidade Escola Candanga” que entende a escola dentro de um contexto. Por este motivo, as bases pedagógicas da EPNBraz são Arte (em suas diversas áreas), Educação Física, Educação Ambiental e Patrimonial por meio de uma relação educacional dialógica e horizontalizada. Esta pesquisa propõe analisar como as experiências pedagógicas em artes e corporeidade provocam mudanças na relação dos alunos com o meio em que vive no seu processo de formação cidadã. O objetivo é identificar os limites e potencialidades de uma proposta pedagógica em corporeidade com base na Educação Ambiental e Patrimonial. Todo o corpo docente e gestor construiu de forma transdisciplinar com os estudantes as atividades em Educação Ambiental, em um processo dialógico que procura encontrar maneiras de transformar uma sociedade do consumo em uma sociedade do cuidado.
Abstract: Anísio Teixeira idealized the education system of Brasilia. In this context, the "Escolas Parque" project was fundamental. It was believed that in order to have the necessary reform in Brazilian society, education should provide students with their integral development. To this end, much more than the increase in the time students spent in school, this place would be the main mediator of diverse opportunities. In October 2014, the Escola Parque da Natureza de Brazlândia (EPNBraz) was inaugurated, in communion with the "Cidade Escola Candanga" project that understands the school within a context. For this reason, the pedagogical bases of EPNBraz are Art (in its several areas), Physical Education, Environmental and Patrimonial Education, through a dialogical educational and horizontal relationship. This research proposes to analyze how the pedagogical experiences in arts and corporeity provoke changes in the relation of students with the environment in which they live, in their process of citizenship formation. The objective is to identify the limits and potentialities of a pedagogical proposal in corporeity based on Environmental and Patrimonial Education. The entire faculty and manager has constructed in a transdisciplinary way with students the activities in Environmental Education, in a dialogical process that seeks to find ways to transform a consumer society into a society of care.
Description: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Artes, Programa de Pós-Graduação em Arte, 2018.
Agência financiadora: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES).
Appears in Collections:IdA - Mestrado Profissional em Artes (Dissertações)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/34474/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.