Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/34416
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2016_JúliaNairaMatosOliveira.pdf1,79 MBAdobe PDFView/Open
Title: Da religião à restrição : a trajetória do nativismo norte-americano entre os séculos XIX e XX
Other Titles: From religion to restriction : the nativism patherns from the XIX to the XX century
Authors: Oliveira, Julia Naira Matos
Orientador(es):: Arraes, Virgílio Caixeta
Assunto:: Nativismo (Filosofia)
Estados Unidos - história
Darwinismo
Issue Date: 23-Apr-2019
Citation: MATOS, Julia Naira Matos. Da religião à restrição: a trajetória do nativismo norte-americano entre os séculos XIX e XX. 2016. 154 f., il. Dissertação (Mestrado em História)—Universidade de Brasília, Brasília, 2016.
Abstract: Definido genericamente como oposição a imigração ou presença de determinados grupos dentro de um território. O nativismo dentro dos Estados Unidos foi uma presença constante nos anos formativos de sua história. Este forma de pensamento pode ser percebido na forma como que o conhecemos durante a virada do século XIX para o século XX. Os princípios do Darwinismo social, somados aos constantes influxos de imigrantes que entravam em números cada vez maiores ajudaram a firmar o pensamento de que a imigração era algo nocivo aos valores da sociedade estadunidense. Embora o nativismo foi um sentimento muito presente na primeira metade do século XX, ele nunca deixou de existir. E no século XXI é possível perceber os mesmos discursos sendo utilizados, apenas com alvos diferentes.
Abstract: This project has as main goal the study of American nativism between the end of the 19th century and the beginning of the 20th. For this purpose understanding the meaning of Americanism and the concept of nativism needed to be delimitated for a better comprehension of the meaning of nativism, as its tactics and whom its attracts were meant to. Nativism in the work is not perceived as just a meaning but as an agent able to promote changes. The understanding how a sentiment became a concept than an agent is one of the intentions of this work. Although nativism was a very present feeling in the first half of the twentieth century, it never ceased to exist. And in the 21st century it is possible to perceive the same discourses being used, only with different targets.
Description: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Humanas, Departamento de História, 2016.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Agência financiadora: Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq).
Appears in Collections:HIS - Mestrado em História (Dissertações)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/34416/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.