Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/34362
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
1998_MariadasGracasTarginoMoreiraGuedes.pdf
???org.dspace.app.webui.jsptag.ItemTag.accessRestricted???
20,28 MBAdobe PDF ???org.dspace.app.webui.jsptag.ItemTag.restrito???
Title: Comunicação científica : o artigo de periódico nas atividades de ensino e pesquisa do docente universitário brasileiro na pós-graduação
Authors: Guedes, Maria das Graças Targino Moreira
Orientador(es):: Miranda, Antonio
Coorientador(es):: Mueller, Suzana Pinheiro Machado
Assunto:: Comunicação científica
Comunidade científica - Brasil
Periódicos científicos
Issue Date: 15-Apr-2019
Citation: GUEDES, Maria das Graças Targino Moreira. Comunicação científica: o artigo de periódico nas atividades de ensino e pesquisa do docente universitário brasileiro na pós-graduação. 1998. 387 f., il. Tese (Doutorado em Ciência da Informação)—Universidade de Brasília, Brasília, 1998.
Abstract: Considerando-se a importância da informação na sociedade contemporânea e da comunicação científica como elemento decisivo no processo global de desenvolvimento, analisa-se a relevância da publicação científica, mais especificamente, do periódico científico impresso. Este. não obstante o avanço da comunicação telemática e dos entraves que comprometem sua atuação como canal ágil e de maior alcance, mantém suas funções básicas: (a) registro formal dos resultados da pesquisa científica; (b) suporte físico para preservação do conhecimento; (c) instrumento-mor para o estabelecimento da prioridade da descoberta científica. Diante do exposto, objetiva-se estudar a produção e o uso de artigos de periódicos científicos nas atividades de ensino e pesquisa do docente universitário das cinco regiões brasileiras e em campos distintos do conhecimento (Ciências Humanas e Sociais; Ciências da Vida; Engenharia, Ciências Exatas e da Terra), considerando-se ainda a avaliação da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) atribuída aos cursos de pós-graduação stricto sensu pois é ela a entidade governamental diretamente envolvida com a pós-graduação brasileira. Isto porque o estudo fundamenta-se na hipótese de que há relação entre esse uso e produção e os três fatores: inserção regional das instituições; áreas especificas do conhecimento e avaliação atribuída pela CAPES aos referidos cursos 0 universo compreende os docentes/pesquisadores que mantêm vínculo empregatício com universidades e institutos de pesquisa nacional (independente de regime de trabalho e titulação acadêmica) envolvidos com os cursos de mestrado e doutorado constantes do Catálogo de cursos de mestrado e doutorado, editado pela CAPES. O cruzamento desse Catálogo com as publicações Avaliação da pós-graduação; síntese dos resultados (CAPES, 1995a. 1996) e Formação de recursos humanos e fomento à pesquisa; bolsas no País (Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. 1996) permitiu o agrupamento dos 1.377 cursos em três blocos: Ciências Humanas e Sociais (365); Ciências da Vida (664) e Engenhada, Ciências Exatas e da Terra (348), distribuídos em 60 subgrupos segundo os três fatores enunciados. Mediante a técnica de amostragem probabilística aleatória simples, selecionou-se um representante de cada um dos subgrupos, o que eqüivale a 60 cursos, 20 em cada uma das grandes áreas, distribuídos nas regiões Norte (10); Nordeste (13); Centro-Oeste (11); Sudeste (15) e Sul (11), com os conceitos A (14); B e C (15, cada); D (11) e E (5), com a ressalva de que as mudanças recentes no sistema de avaliação da CAPES, após a coleta de dados, não afetam a proposta formulada, porquanto a variável em pauta diz respeito especificamente aos conceitos expressos per se, e não aos procedimentos adotados para se chegar a eles. Utiliza-se questionário misto para a coleta de dados, os quais serão analisados, interpretados e discutidos, sob a perspectiva qualitativa e quantitativa, recorrendo-se ao Statistical Package for the Social Sciences (SPSS) para a efetivação de testes estatísticos para comprovar ou rejeitar as hipóteses formuladas. Acrescenta-se que as variáveis dependentes - produção e uso - incorporam uma série de fatores. Produção compreende produtividade (quantidade de artigos de periódicos produzidos) e estudo do artigo produzido (natureza; idioma; autoria; seleção do periódico para publicação; motivação para divulgação). Por sua vez, uso compreende: (a) acesso a periódicos via assinatura, quando se discute a quantidade de títulos assinados e aspectos qualitativos desses periódicos (origem; idioma; natureza; natureza da editora; comissão editorial; periodicidade; circulação/distribuição; tiragem, situação/tempo de vida; indexação; motivos de seleção dos títulos), como também via outros recursos informacionais; (b) inclusão de artigos de periódicos nas bibliografias recomendadas aos discentes - número de artigos em proporção à soma de itens bibliográficos e os motivos que justificam a indicação; (c) inclusão de artigos de periódicos nas bibliografias constantes dos artigos produzidos pelos próprios docentes - número de artigos citados em proporção ao total de itens bibliográficos e as causas de tal menção; (d) média anual de uso de artigos; (e) identificação de vantagens e desvantagens à utilização de artigos. Dentre os resultados obtidos, com base no referencial teórico que detalha aspectos inerentes à comunicação científica, ao periódico científico impresso e eletrônico, à realidade nacional, conclui-se que, em termos genéricos, a avaliação da CAPES não se relaciona com a produção De forma similar, as áreas específicas do conhecimento também não exercem influência em contraposição à influência exercida pela região geográfica das instituições, e pelos três elementos - avaliação, região e área - quando interagem simultaneamente. Quanto ao uso, este não comporta generalizações A inserção geográfica atua como fator interveniente, quando estão em observação os seguintes itens: quantidade de títulos assinados e média anual de uso, mas não exerce nenhuma interferência estatisticamente significativa, no caso do total de artigos recomendados aos alunos ou do total de artigos referenciados pelos docentes em seus próprios trabalhos. As áreas, por seu turno, têm influência, em se tratando dessas duas variáveis, e também, no que diz respeito à média anual de uso, mas não interferem quanto ao número de títulos de periódicos assinados. Ainda em relação ao uso, quando localização geográfica e área são considerados conjuntamente, não há registro de influência quanto ao número de artigos indicados aos discentes, mas isto ocorre, quando o item quantitativo trata do total de artigos que aparecem nas bibliografias elaboradas pelos professores.
Abstract: Given the role of Information in contemporary societies and the importance of the scientific communicatlon as a decisive element in the global process of development, this study analyzes the value of scientifíc publications, particularly printed scientifíc journals. In spite of the advance of the new technologies of Information and the diffículties whlch jeopardize their performance as a rapid and long-range instrument, these publications maintain their baslc functions, such as. (a) formal register of scientifíc research results; (b) physical support for scientifíc knowledge preservation; (c) main tool for the establishment of scientifíc priority. Thus, the main objective of this study is to examine the production and use of scientifíc articles in printed serial publications by university postgraduate Brazilian professors, with special reference to the followíng aspects: (a) geographic localization ofthe universities; (b) diversified areas of knowledge - Human and Social Sciences; Life Sciences; Engineering, Physical and Earth Sciences; (c) evaluation criteria applied to the master's and doctor's degree courses by Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES), as it is the governmental Institution in charge of Brazilian postgraduation. Without considering work load and academlc title, the population is represented by the professors/researchers working in Brazilian universities and research institutes offenng master and PhD courses included In the Catálogo de cursos de mestrado e doutorado, published by CAPES. Cross examination of this catalogue and of the publications Avaliação da pós-graduação; síntese dos resultados (CAPES, 1995a, 1996) and Formação de recursos humanos e fomento à pesquisa; bolsas no País (Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, 1996) produced the total of 1,377 courses distributed to the following way: Human and Social Sciences (365 courses); Life Sciences (664); Engineering Physical and Earth Sciences (348). According to the three above mentioned aspects, the courses constitute 60 subgroups. Using the technique of a simple random probabilistlc sample, one representativa of each subgroup was selected, that is equivalent to 60 courses, 20 in each large area, distributed regionally: North (10); Northeast (13); Center-West (11); Southeast (15) and South (11), with the mark A (14); B and C (15, each); D (11) and E (5), taking into consideration that the recent changes in the evaluation system of CAPES, after the collection of data, do not affect the formulated proposal, in view of the fact that the studied variable reflects specifícally the marks expressed, and not the procedures adopted to arrive at them. The data Is collected through the use of questionnaires; processed by Statistical Package for the Social Sciences (SPSS) and so, submitted to statistical tests. It should be added that the dependant variables - production and use - incorporate a series of factors. Production encompasses productivitv (quantity of articles in scientific journals) and study gf the articles produced (nature; idiom; authorship; selection of Journal and motivatíon for publication). Use, on the other hand, encompasses: (a) access to scientific publications via subscription - quantity of subscriptions and qualitative aspects of these journals - and also via other informational resources; (b) inclusion of periódica! articles in the bibliographies recommended to the students - number of articles in proportion to the total of bibliographic items and the reasons that justify the indication; (c) inclusion of periodical articles in the bibliographies of the articles produced by the professors themselves - number of articles in proportion to the total of bibliographic items and the causes of the citation; (d) annual average of use of articles: (e) identification of the advantages and dísadvantages of the use of articles. In the results obtained, based on a theoretical reference which deals with aspects inherent to scientific communication, and electronic and print-based scientific journals, it can be concluded that, in generic terms, evaluation criteria applied by CAPES does not relate to production. Similarly, the dlversified areas of knowledge do not exert Influence in contraposition to the influence exerted by the geographic localization of the universities either, or by the three elements - evaluation, region and areas of knowledge - when interacting simultaneously. As far as use goes, it doesn't allow generalizations. The geographic insertion acts as an inten/ening factor, when the following items are observed: quantity of subscriptions and annual average of use, but does not exert any interference statistically significant, in the case of the total of articles recommended to the students, or the total of articles referenced by the professors in their own articles. The areas, in turn, do have influence, when regarding these two variables, and also with respect to average annual use, but do not interfere with respect to subscriptions. In addition to, when geographical location and area are considered in conjunction, there is no register of influence with regard to the number of articles indicated to the students, but this happens, when the quantitative item deals with the total of articles that appear in the bibliographies prepared by the professors.
Description: Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Estudos Sociais Aplicados, Departamento de Ciência da Informação e Documentação, Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação, 1998.
Appears in Collections:FCI - Doutorado em Ciência da Informação (Teses)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/34362/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.