Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/34217
Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2018_MariseSantosMaranhãoTakano.pdf2,76 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir
Título: Metodologia para análise dos efeitos dos estágios no ciclo de vida no comportamento de viagem
Autor(es): Takano, Marise Santos Maranhão
Orientador(es): Gonzales Taco, Pastor Willy
Assunto: Transportes - planejamento
Transporte urbano - viagem
Transporte urbano - usuários
Transportes - uso - variáveis psicossociais
Data de publicação: 14-Mar-2019
Referência: TAKANO, Marise Santos Maranhão. Metodologia para análise dos efeitos dos estágios no ciclo de vida no comportamento de viagem. 2018. 121 f., il. Tese (Doutorado em Transportes)—Universidade de Brasília, Brasília, 2018.
Resumo: Este trabalho apresenta as etapas metodológicas para a construção de um modelo de análise demanda em transportes que leve em consideração os estágios no ciclo de vida familiar. Consiste em um trabalho teórico, conceitual e metodológico, não tendo sido feita aqui uma aplicação empírica. Apresenta-se como um manual de procedimentos pioneiros no Brasil que insere novos paradigmas científicos na análise de demanda no Brasil ao incrementar, no modelo tradicional de planejamento de transportes, conceitos inerentes aos comportamentos do indivíduo como agente produtor de viagens, as interações entre fatores intervenientes, as interações entre as respostas no modelo além da consideração da estrutura de dados em análise. A extensa sistematização da literatura trazendo o estado da arte em comportamentos de viagem, estágio no ciclo de vida e métodos de análise em demanda possibilitaram a definição da metodologia proposta e a alcance dos objetivos. Além da contribuição conceitual, tem-se como principal contribuição metodológica os fundamentos de um modelo baseado em dados com estruturas hierárquicas e arranjo em painel embasado pela abordagem da biografia de mobilidades, tema mais recente que lida com a essência longitudinal da análise de demanda em transportes. A metodologia definida nesse trabalho pode ser usada para a elaboração de extensões em ferramentas computacionais considerando a modelagem comportamental além de um precursor para elaboração de novos métodos de coleta de dados com foco em análise comportamental em transportes. Pode ainda ser adaptada para demandas principalmente de transporte ativo, como demanda de pedestres e ciclistas, crianças em idade escolar elaboração de impacto de circulação viária para empreendimentos e loteamentos de jovens famílias, pessoas em idade escolar e idosos em fase de aposentadoria ou jovens em início de carreira.
Abstract: This paper presents a methodological procedure for the construction of a transportation demand analysis model that considers the life-cycle family stages. It consists of a theoretical, conceptual and methodological framework without any empirical application. It’s similar to a manual of pioneering procedures in Brazil with a new scientific paradigms for Transportation Demand Analysis, since it consider concepts inherent in the travel behaviour and the individual as a travel agent in the traditional transportation planning such as: the interactions between factors, between individuals in the same household, interactions between the response variables in the model adopt and a special study about the type of data model that determines the logical structure. To define that Methodology and achieve the objectives, a state of the art was developed through an extensive systematic review of literature about: Travel Behavior, Life-Cycle Stage on Transportation; the Mobility Biographies Approach and Transportation Demand Analysis so that it was possible to define a database model Panel Data Model with hierarchical structures. It deals with the longitudinal essence of transportation demand analysis that it is not considered in modeling, nowadays. The Methodology defined in this study can be used for the development of extensions in computational tools of travel demand like considering behavioral modeling. In another way, it can be applied as a precursor for the elaboration of new methods of data collection focused on behavioral analysis in transport. Even thus, it can also be better applied on empirical studies of Active Transportation, such as pedestrian and cyclist demand, school-age children, and at Impact Reports on Urban Transit that take in account new residential location for young families, school-aged children and young, senior citizens.
Informações adicionais: Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Tecnologia, Departamento de Engenharia Civil e Ambiental, 2018.
Licença: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições:Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Agência financiadora: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES).
Aparece nas coleções:ENC - Doutorado em Transportes Urbanos (Teses)

Mostrar registro completo do item Recomendar este item Visualizar estatísticas



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.