Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/34213
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2018_LetíciadaCunhaSilva.pdf11,17 MBAdobe PDFView/Open
Title: Alternância locativa no português brasileiro : uma abordagem teórico-experimental
Authors: Silva, Letícia da Cunha
Orientador(es):: Naves, Rozana Reigota
Assunto:: Alternância locativa
Língua portuguesa - sintaxe
Língua portuguesa - semântica
Língua portuguesa - variação
Análise linguística
Issue Date: 14-Mar-2019
Citation: SILVA, Letícia da Cunha. Alternância locativa no português brasileiro: uma abordagem teórico-experimental. 2018. 225 f., il. Tese (Doutorado em Linguística)—Universidade de Brasília, Brasília, 2018.
Abstract: Nesta pesquisa, de cunho teórico-experimental, investigamos a interface entre sintaxe e semântica a partir do fenômeno da alternância locativa (doravante, AL) no português brasileiro (doravante, PB). A AL ocorre com verbos que denotam disposição ou remoção e são capazes de alternar seus argumentos entre as posições de complemento e de oblíquo, como em João carregou o caminhão com areia (alternante objeto)/ João carregou areia no caminhão (alternante oblíqua). Todavia, as possibilidades de alternância não são ilimitadas, como se verifica em João lotou o caminhão com areia /*João lotou areia no caminhão. Nosso objetivo é descrever as peculiaridades desse tipo de alternância no PB em relação a outras línguas e propor uma análise das propriedades que licenciam esse fenômeno translinguisticamente. A metodologia da pesquisa baseia-se em três experimentos, a saber: um teste de aceitabilidade de sentenças sobre a influência do traço de número no argumento Tema (sob a pressuposição de que Temas plurais forçariam a interpretação locativa desejada para o PP); um teste de preenchimento de lacunas a partir de opções preestabelecidas, acerca do tipo de preposição selecionada com verbos de disposição; e um teste de interpretação de sentenças a partir de escolha entre imagens sobre o efeito holístico/partitivo entre as estruturas alternantes. A tese organiza-se da seguinte maneira: a introdução aborda as principais problemáticas relacionadas ao fenômeno; o capítulo 1 apresenta um panorama comparativo da AL entre línguas românicas e germânicas, à luz dos estudos de Levin (1993); Brinkmann (1997); Damonte (2005); Cifuentes (2008); Lenci (2012) dentre outros; o capítulo 2 discute os principais modelos teóricos, como Levin e Rappaport (1988); Hoekstra e Mulder (1990); Tenny (1994); Arad (1996) e outros; o capítulo 3 apresenta a metodologia e os resultados alcançados; o capítulo 4 retoma questões e dados discutidos previamente, a fim de fundamentar a proposta de análise desenvolvida também nesse capítulo. Os resultados dos experimentos apontam que: a) há maior aceitabilidade do argumento Tema no plural, indicando que a interpretação locativa está disponível para as sentenças com determinada configuração; b) a oposição holístico/partitivo não é categórica de uma das estruturas alternantes; e c) as preposições “com” e “de” estão em variação na alternante objeto. Baseando-nos nos trabalhos de Arad (1996, 1998); Pylkkänen (2000) e Salles e Naves (2009), propomos que as estruturas alternantes da AL são derivadas independentemente uma da outra, por meio da seleção, pelo verbo, da preposição relevante, que, como elemento que projeta o núcleo aplicativo baixo (interno ao VP), é responsável pelo mapeamento dos argumentos em cada uma das estruturas . Propomos, ainda, que projeções funcionais de natureza aspectual são responsáveis pela interpretação télica associada ao argumento interno da estrutura alternante objeto nas línguas em que o efeito holístico/partitivo se apresenta, forçando o movimento aberto do argumento interno na interpretação holística. Consideramos, por fim, que o núcleo aplicativo baixo pode ser preenchido pela preposição, nas línguas sem morfologia específica para AL, ou por um afixo, em línguas que expressam morfologicamente a alternância.
Abstract: This theoretical-experimental research investigates the interface between syntax and semantics based on the locative alternation phenomenon (henceforth, LA) in Brazilian Portuguese (henceforth, BP). The LA occurs with the spray/load verbs and removal verbs that can alternate between the complement and oblique positions, as in John loaded the truck with sand (object alternating structure)/ John loaded sand on the truck (oblique alternating structure). However, the possibilities of the alternantion are not unlimited, as we can verify in John filled the truck with sand/*John filled sand on the truck. We aim to describe the peculiarities of this kind of alternation in the BP in relation to other languages and propose an analysis of the properties that license this phenomenon translinguistically. The methodology of the research is based on three experiments: an acceptability judgments task about the influence of the number feature on the Theme argument (based on the assumption of the plural Themes would force the locative reading, required to the PP); a fill-in-gaps task of the pre-established options about the type of preposition selected with spray/load verbs; and a sentence interpretation task for picture choice between pictures of the holistic/partitive effect on the alternating structures. This dissertation is organized as following: the introduction section approaches the significant problems related to the phenomenon; Chapter 1 presents a comparative overview of LA between Romance and Germanic languages, in the light of the studies of Levin (1993); Brinkmann (1997); Damonte (2005); Cifuentes (2008); Lenci (2012) among others; Chapter 2 discusses the main theoretical models, as Levin e Rappaport (1988); Hoekstra e Mulder (1990); Tenny (1994); Arad (1996) and others; Chapter 3 presents the methodology and the results achieved; Chapter 4 takes up the research issues, and data discussed earlier, in order to justify our analysis proposal, also developed in this chapter. The results of the experiments indicate that: a) there is greater acceptability of the argument plural Themes, indicating that locative reading is available for sentences in that configuration; b) the holistic/partitive opposition is not categorical in both alternating structures, and c) the prepositions "with" and "of" are in variation in the alternating object structure. Based on the works of Arad (1996, 1998); Pylkkänen (2000) and Salles e Naves (2009), we propose that the alternating structures of LA are derived independently of each other by the verb selection of the relevant preposition, that in its turn, as an element that projects the low applicative head (internal to the VP), is responsible for mapping the arguments in each one of the alternating structures. We also propose that functional projections of aspectual nature are responsible for the telic interpretation associated with the internal argument of the object alternating structure in the languages with holistic/partitive effect, forcing the open movement of the internal argument in the holistic interpretation. Finally, we consider the low applicative head can be expressed by the preposition, in languages without specific morphology for LA, or by an affix, in languages that express the alternation morphologically.
Description: Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Instituto de Letras, Departamento de Linguística, Português e Línguas Clássicas, Programa de Pós-Graduação em Linguística, 2018.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Agência financiadora: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) e Fundação de Apoio à Pesquisa do Distrito Federal (FAP-DF).
Appears in Collections:LIP - Doutorado em Linguística (Teses)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/34213/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.