Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/34174
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2018_RaíssaNeumannSimão.pdf15,18 MBAdobe PDFView/Open
Title: A tradução como ferramenta de promoção do turismo internacional à luz da semiótica
Authors: Simão, Raíssa Neumann
Orientador(es):: Roscoe-Bessa, Cristiane
Assunto:: Tradução - avaliação
Avaliação de traduções
Semiótica
Marketing turístico
Turismo
Issue Date: 13-Mar-2019
Citation: SIMÃO, Raíssa Neumann. A tradução como ferramenta de promoção do turismo internacional à luz da semiótica. 2018. 176 f., il. Dissertação (Mestrado em Estudos da Tradução)—Universidade de Brasília, Brasília, 2018.
Abstract: A tradução é uma prática presente na promoção do turismo brasileiro em países estrangeiros. Em ambas as atividades, tradução e turismo internacional, há interação entre duas línguas e culturas que estão intimamente conectadas. A partir do modelo de Avaliação da Qualidade da Tradução, de Juliane House, realizamos a análise de textos traduzidos para o espanhol em materiais promocionais produzidos pelo órgão responsável pela promoção internacional do turismo brasileiro, o Instituto Brasileiro de Turismo, Embratur. As análises foram realizadas com o objetivo de refletir sobre o papel da tradução nesse contexto em que indivíduos buscam contato com a outridade ao realizar suas viagens para outros países. Com base na aplicação da semiótica no movimento do turismo internacional, foi possível verificar que a ‘não tradução’ de termos da cultura brasileira atua como marcador e contribui na construção do imaginário do estrangeiro, de forma positiva. Assim, para termos característicos do destino, a tradução ideal é a explícita e, para o metadiscurso, a tradução mais indicada é a velada. A tradução tem um papel relevante neste trabalho de divulgação do turismo e serve como mais uma ferramenta semiótica de promoção internacional do turismo brasileiro, aliada a tantas formas de publicidade já utilizadas pela Embratur.
Abstract: Translation is a practice used on Brazilian tourism dissemination abroad. Both Translation and International Tourism have interaction between two languages and cultures, which are closely connected. From the model of Translation Quality Assessment, written by Juliane House, we analyzed texts that were translated into Spanish on promotional material produced by the Institute responsible for the promotion of Brazilian tourism abroad, the Brazilian Tourism Board, Embratur. The purpose of these analyses was to ponder the translation role in the context where individuals look for contact with others while traveling to other countries. Using the application of the Semiotics on the international tourism movement, it was possible to verify that the use of non-translated words of terms from the Brazilian culture acts as a marker and contributes to create a positive imaginary of the foreigner. Therefore, the ideal translation is overt in terms of destiny characteristics, and, to the metadiscourse, the indicated translation is the covert one. Translation has a relevant role on tourism dissemination and can be used as one more Semiotics tool for the international promotion of the Brazilian tourism allied to many others publicity tools already used by Embratur.
Resumen: La traducción es una práctica presente en la promoción del turismo brasileño en países extranjeros. En ambas las actividades, traducción y turismo internacional, hay interacción entre dos lenguas y culturas que están íntimamente conectadas. A partir del modelo de Evaluación de la Calidad de la Traducción, de Juliane House, realizamos el análisis de textos traducidos para el español en materiales promocionales producidos por el órgano responsable por la promoción internacional del turismo brasileño, el Instituto Brasileño de Turismo, Embratur. Hemos realizado los análisis con el objetivo de reflexionar sobre el papel de la traducción en este contexto en que individuos buscan el contacto con la otredad al realizar viajes para otros países. Con base en la aplicación de la semiótica en el movimiento del turismo internacional, ha sido posible verificar que la ‘no traducción’ de términos de la cultura brasileña actúa como marcador y contribuyen en la construcción del imaginario del extranjero, de manera positiva. Así, para términos característicos del destino, la traducción ideal es la explícita y, para el metadiscurso, la traducción más indicada es la velada. La traducción tiene un papel relevante en este trabajo de divulgación del turismo y sirve como una herramienta semiótica más de promoción internacional del turismo brasileño, aliada a tantas otras formas de publicidad utilizadas por Embratur.
metadata.dc.description2: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Letras, Departamento de Línguas Estrangeiras e Tradução, Programa de Pós-Graduação em Estudos da Tradução, 2018.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Appears in Collections:POSTRAD - Mestrado em Estudos de Tradução

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/34174/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.