Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/34145
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2018_FelipedeBaéreCavalcantiD’Albuquerque_PARCIAL.pdf3,9 MBAdobe PDFView/Open
Title: O gênero no comportamento suicida : o sofrimento psíquico em dissidências sexuais
Authors: D’Albuquerque, Felipe de Baére Cavalcanti
Orientador(es):: Loyola, Valeska Maria Zanello de
Assunto:: Suicídio - fatores de risco
Gênero - identidade
Orientação sexual
Identidade sexual
Issue Date: 12-Mar-2019
Citation: D'ALBUQUERQUE, Felipe Baére Cavalcanti. O gênero no comportamento suicida: o sofrimento psíquico em dissidências sexuais. 2018. 132 f., il. Dissertação (Mestrado em Enfermagem)—Universidade de Brasília, Brasília, 2018.
Abstract: Este trabalho se propõe a discutir a expressão do gênero no comportamento suicida. O autoextermínio também é compreendido como um fenômeno gendrado, cuja construção discursiva é marcada por especificidades de gênero. Ademais, em sociedades machistas e heterossexistas como a brasileira, a não correspondência aos padrões normativos de sexualidade e de gênero podem se tornar fonte de intenso sofrimento psíquico, culminando nos óbitos e tentativas de suicídio. Com base nesse entendimento, o objetivo do presente estudo foi analisar a presença do gênero no comportamento suicida através de duas perspectivas: na leitura de dados epidemiológicos e em entrevistas abertas com homens e mulheres de diferentes orientações sexuais que já manifestaram tentativas de suicídio. Nesse sentido, a presente dissertação é composta por três artigos. O primeiro deles teve como objetivo analisar, sob a perspectiva de gênero, o comportamento suicida a partir de dados epidemiológicos, já existentes e produzidos, envolvendo óbitos e tentativas de autoextermínio no Distrito Federal. Verificou-se distinções entre a frequência de óbitos e de tentativas de suicídio entre homens e mulheres, além de valores de gênero presentes nos aspectos sociodemográficos, como faixa etária, raça/cor, escolaridade, situação conjugal, entre outros elementos existentes nos documentos analisados. O segundo teve como escopo analisar qualitativamente, por meio das teorias das masculinidades, as vivências de homens gays, bissexuais e heterossexuais que já manifestaram o comportamento suicida. Ao final, as categorias identificadas apontaram para similaridades e distinções nas narrativas de cada grupo de orientação sexual e evidenciaram a forma como a não correspondência à masculinidade hegemônica se expressa nas sexualidades estudadas. Na mesma direção do segundo, o terceiro artigo buscou analisar qualitativamente as vivências de mulheres bissexuais, lésbicas e heterossexuais que já manifestaram o comportamento suicida. Ao final, nas categorias levantadas, destacou-se o impacto das violências de gênero, dos ideais estéticos e do término dos relacionamentos no sofrimento psíquico das entrevistadas. A partir dos artigos, foi observada a necessária consideração do gênero nas pesquisas no campo da suicidologia, o que também envolve a apreciação dos dados epidemiológicos, no que tange os aspectos sociodemográficos. Além disso, por meio das entrevistas, verificou-se a importância do investimento em pesquisas qualitativas neste campo, a fim de investigar o impacto dos contextos sociais adoecedores na manifestação do comportamento suicida.
Abstract: This work aims to discuss the gender expression in suicidal behavior. Self-extermination is also understood as a gendered phenomenon, whose discursive construction is marked by gender specificities. Moreover, in sexist and heterosexist societies such as Brazil, noncompliance with normative standards of sexuality and gender can become a source of intense psychic suffering, culminating in suicide deaths and attempts. Based on this understanding, the objective of the present study was to analyze the presence of gender in suicidal behavior from two perspectives: in the reading of epidemiological data and in open interviews with men and women of different sexual orientations who have already manifested suicide attempts. The present dissertation is composed of three articles. The first one aimed at analyzing, from a gender perspective, suicidal behavior based on epidemiological data, already existing and produced, involving deaths and attempts at self-extermination in the Federal District. Differences were found between the frequency of suicide deaths and suicide attempts among men and women, as well as gender values present in sociodemographic aspects, such as age, race/color, schooling, marital status, among other elements in the documents analyzed. The second objective was to qualitatively analyze, through the theories of masculinities, the experiences of gay, bisexual and heterosexual men who have already manifested suicidal behavior. In the end, the categories identified pointed to similarities and distinctions in the narratives of each sexual orientation group and evidenced how the non-correspondence to hegemonic masculinity is expressed in the studied sexualities. In the same direction as the second, the third article sought to qualitatively analyze the experiences of bisexual, lesbian and heterosexual women who have already manifested their suicidal behavior. At the end, in the categories raised, the impact of gender violence, aesthetic ideals and the termination of relationships in the psychic suffering of the interviewees was highlighted. From the articles, it was observed the necessary consideration of the gender in the researches in the field of suicidology, which also involves the appreciation of the epidemiological data, regarding the sociodemographic aspects. In addition, through interviews, the importance of investing in qualitative research was verified in this thematic, in order to investigate the impact of social illness contexts on the manifestation of suicidal behavior.
Description: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Ciências da Saúde, Programa de Pós-Graduação em Enfermagem, 2018.
Texto parcialmente liberado pelo autor. Conteúdo liberado: Introdução, Considerações Finais, Referências e Anexo A.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Agência financiadora: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES).
Appears in Collections:PCL - Mestrado em Psicologia Clínica e Cultura (Dissertações)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/34145/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.