Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/34137
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2018_TarsodeAlmeidaRamos.pdf2,12 MBAdobe PDFView/Open
Title: O pensamento de Ennio Morricone no cinema e a trilha musical do filme “Os oito odiados”
Authors: Ramos, Tarso de Almeida
Orientador(es):: Brasil, Mário Lima
Assunto:: Morricone, Ennio
Trilha musical
Música e cinema
Produção musical
Issue Date: 12-Mar-2019
Citation: RAMOS, Tarso de Almeida. O pensamento de Ennio Morricone no cinema e a trilha musical do filme “Os oito odiados”. 102 f., il. Dissertação (Mestrado em Música)—Universidade de Brasília, Brasília, 2018.
Abstract: Esta pesquisa pretende compreender o pensamento de Ennio Morricone sobre a música no cinema e verificar se há correspondência prática entre suas teorias e a composição da trilha musical do filme Os Oito Odiados (The Hateful Eight, 2015), de Quentin Tarantino. Para tanto, foi utilizado, como ponto de partida, o livro Composing for the Cinema: The Theory and Praxis of Music in Film (2013), escrito pelo próprio Morricone em parceria com Sergio Miceli, musicólogo e biógrafo do compositor. Nesse livro, Morricone expõe os seus procedimentos de produção da trilha musical, tais como seu pensamento sobre a linha de produção no cinema, suas considerações sobre mixagem e edição musical, o uso de tema, uso da dissonância, uso da voz, uso de músicas pré-existentes e canções. No mesmo livro, Miceli descreve seu método de análise audiovisual, o Método dos Níveis (ou pontos de vista). Tal método será aplicado na análise do filme Os Oito Odiados para melhor compreensão das funções da música no filme e para avaliar a eficácia do método. O pensamento de Morricone foi confirmado no que se refere à mixagem e edição musical no filme, às técnicas de composição e uso de temas ou leitmotivs, o momento ao qual o compositor utiliza a dissonância no cinema e à forma como utiliza a voz. Porém, foram encontradas algumas contradições entre as teorias de Morricone sobre os procedimentos de produção musical para cinema, tais como suas sugestões sobre análise audiovisual, suas considerações sobre o uso de músicas pré-existentes e canções, e sua real aplicação na construção da trilha musical de Os Oito Odiados. E, quanto ao Método dos Níveis, embora de fácil aplicação, seus termos não são exatos, sendo um método de caráter interpretativo, portanto, subjetivo.
Abstract: This research intends to understand Ennio Morricone's thinking about music in the cinema and to verify if there is practical correspondence between its theories and the composition of the musical track of the film The Hateful Eight (2015), by Quentin Tarantino. For that, the book Composing for the Cinema: The Theory and Praxis of Music in Film (2013), written by Morricone himself in partnership with Sergio Miceli, musicologist and composer biographer, was used as a starting point. In this book, Morricone exposes his musical track production procedures, such as his thinking about the production line in the cinema, his considerations on mixing and musical editing, the use of theme, use of dissonance, use of voice, use of pre-existing music and songs. In the same book, Miceli describes his method of audiovisual analysis, the Method of Levels (or points of view). Such a method will be applied in the analysis of the movie The Hateful Eight to better understand the functions of music in the film and to evaluate the effectiveness of the method. Morricone's thinking was confirmed with regard to mixing and editing music in the film, to the techniques of composition and use of themes, the moment at which the composer uses the dissonance in the cinema and the way he uses the voice. However, some contradictions were found between Morricone's theories on the procedures of musical production for cinema, such as his suggestions on audiovisual analysis, his considerations on the use of pre-existing music and songs, and his real application in the construction of the musical track of The Hateful Eight. As for the Method of Levels, although easy to apply, its terms are not exact, being a method of interpretative character, therefore, subjective.
Description: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Artes, Departamento de Música, Programa de Pós-Graduação Música em Contexto, 2018.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Appears in Collections:IdA - Mestrado em Música (Dissertações)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/34137/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.