RIUnB >
FACE - Faculdade de Economia, Administração, Contabilidade >
CCA - Departamento de Ciências Contábeis e Atuariais >
CCA - Programa de Pós-graduação  >
CCA - Mestrado em Ciências Contábeis (Dissertações) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10482/3413

Files in This Item:

File Description SizeFormat
2007_RomildoAraujodaSilva.pdf539,94 kBAdobe PDFView/Open

Title: Evolução e dinâmica dos gastos do governo federal brasileiro o período 1995-2005
Authors: Silva, Romildo Araújo da
Advisor: Castro, Jorge Abrahão de
Keywords: Contabilidade pública
Política econômica
Finanças públicas
Despesa pública
Issue Date: 5-Oct-2007
Submit Date: 5-Oct-2007
Citation: SILVA, Romildo Araújo da. Evolução e dinâmica dos gastos do governo federal brasileiro o período 1995-2005. 2007. 92 f., il. Dissertação (Mestrado em Ciências Contábeis)-Programa Multiinstitucional e Inter-Regional de Pós- Graduação em Ciências Contábeis, Universidade de Brasília/UFPB/UFPE/UFRN, Brasília, 2007.
Abstract: A discussão em torno da política econômica do governo traz à tona diversos assuntos ligados à atividade financeira do Estado e à atuação do governo e dos administradores públicos em torno da política fiscal, notadamente em relação ao crescimento do gasto público, ao alto índice de despesas obrigatórias, às transferências que o governo deve realizar e à elevação da carga tributária. Este trabalho se desenvolveu no sentido de avaliar as variações dos gastos sociais, correntes, financeiros e de capital do Governo Federal; tem como objetivo analisar a evolução e a dinâmica das despesas efetivas da administração direta na manutenção da máquina administrativa, gastos redistributivos, pagamento de juros e amortizações da dívida, como também nas aplicações em bens de capital, no período de 1995 a 2005, por meio do estudo da comparação desses gastos com gasto total, com o PIB e com a carga tributária, visando demonstrar que tipos de gastos foram mais significativos para o crescimento do gasto público total, definindo a prioridade fiscal e macroeconômica do governo. Concluiu-se que o crescimento do gasto público federal no Brasil no período analisado deveu-se, principalmente, aos aumentos do gasto social e financeiro. Apesar do maior efeito do GCS na elevação da carga tributária, cujo gasto financiado com fontes tributárias cresceu quase três pontos percentuais em relação ao PIB, o GFIN custeado pelos tributos foi o que apresentou maior taxa de crescimento no período, com menor efeito dos demais gastos correntes com a manutenção da máquina administrativa e dos investimentos. _______________________________________________________________________________ ABSTRACT
The discussion around the governmental economic policy brings diverse subjects on State’s financial activity and to the government and the public administrators performance around the fiscal policy, mainly in relation to the growth of the public expenditure, to the high index of obligatory expenses, transferences that the government must carry through and the rise of the tax burden. This work aims to evaluate the variations of the social, current, capital and financial expenditure of the government, with the objective to analyze the evolution and the dynamics of the effective expense of the federal direct administration, in the maintenance of the administrative machine, redistributive expenses, payment of interests and amortizations of the debt, as well as in the applications in capital goods, in the period of 1995 to 2005, by means of a study comparing the each kind of expenses relation to total expenditure deviation, GDP and the tax burden, being aimed at demonstrating which types of expenses had been more significant for the growth of the total public expense, as defining the fiscal and macroeconomic priority of the government. It was concluded that the growth of the federal public expense in Brazil in the analyzed period had, mainly, to the increases of the social and financial expense. Although the biggest effect of the GCS in the rise of the tax burden, whose expense financed with sources taxes almost grew three percentile points in relation to the GDP, the GFIN defrayed for the tributes was what it presented greater tax of growth in the period, with lesser effect of the other current expenses with the maintenance of the administrative machine and the investments.
Additional Information: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Programa Multiinstitucional e Inter-regional de Pós-Graduação em Ciências Contábeis, 2007.
Appears in Collections:CCA - Mestrado em Ciências Contábeis (Dissertações)

Items in Repository are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Site Creative Commons Site Oaister Sítio IBICT Universidade de Brasília
About Repository  |  FAQ  |  Statistics |  Authorization Term
Copyright © 2008 MIT & HP. All rights reserved.