Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/34073
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
EVENTO_EstrategiasImplantacaoAtuacao.pdf196,43 kBAdobe PDFView/Open
Title: Estratégias de implantação e atuação do Arquivo Central para a preservação e o acesso à produção científica e à memória institucional da Universidade de Brasília
Authors: Roncaglio, Cynthia
Nogueira, Rodrigo de Freitas
Costa, Thiara de Almeida
Assunto:: Universidade de Brasília
Arquivos
Produção científica
Memória institucional
Issue Date: Nov-2018
Publisher: Universidad Complutense de Madrid, Universidad de Murcia, Universidade de Brasília
Citation: RONCAGLIO, Cynthia; NOGUEIRA, Rodrigo de Freitas; COSTA, Thiara de Almeida. Estratégias de implantação e atuação do Arquivo Central para a preservação e o acesso à produção científica e à memória institucional da Universidade de Brasília. In: SEMINARIO HISPANO-BRASILEÑO DE INVESTIGACIÓN EN INFORMACIÓN, DOCUMENTACIÓN Y SOCIEDAD, 7., 2018, Madrid; Murcia. Anais eletrônicos [...]. Madrid: Universidad Complutense de Madrid, Universidad de Murcia, Universidade de Brasília, 2018. Disponível em: http://seminariohispano-brasileiro.org.es/ocs/index.php/viishb/viishbucm/paper/viewFile/387/33. Acesso em: 26 fev. 2019.
Abstract: No Brasil, a legislação que define a política nacional de arquivos remonta ao início dos anos 1990. Mas a (re)estruturação dos arquivos das Instituições Federais de Ensino Superior(IFES) e o debate sobre o lugar e a função do arquivo na estrutura universitária brasileira são recentes e têm a ver com o Programa de Apoio ao Plano de Reestruturação e Expansão das Universidades (REUNI) e a consequente expansão dos cursos de Arquivologia no país e com a contratação de arquivistas para atuar nas instituições universitárias. Este artigo apresenta e discute a transformação do Centro de Documentação da Universidade de Brasília (CEDOC/UnB), criado em 1986, em Arquivo Central, responsável pela coordenação do Sistema de Arquivos da UnB e pela implementação da política arquivística na instituição. Dentre as estratégias para sensibilizar a comunidade universitária (administrativa e acadêmica) para a importância do arquivo, além da elaboração de um planejamento estratégico que incluiu, dentre outras ações fundamentais, a efetiva gestão de documentos arquivísticos da instituição, realizou-se, a partir de 2011, um amplo debate (e ações) sobre a gestão da memória da universidade, envolvendo diversas áreas de conhecimento e a comunidade arquivística (docentes, técnicos e estudantes), a fim de propor uma política de informação, documentação e comunicação para a UnB. Pretende-se, neste contexto, evidenciar o papel estratégico dos serviços arquivísticos para o desenvolvimento institucional no âmbito da administração, do ensino, da pesquisa e da extensão e definir juntamente com a comunidade arquivística no que consiste a memória das práticas científicas que se pretende preservar.
Licença:: VII Seminario Hispano-Brasileño de Investigación en Información, Documentación y Sociedad - Este trabajo está licenciado bajo la licencia Creative Commons Attribution 3.0. Fonte: http://seminariohispano-brasileiro.org.es/ocs/index.php/viishb/viishbucm/schedConf/presentations. Acesso em: 26 fev. 2019.
Appears in Collections:TEC UnB - Trabalhos apresentados em eventos

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/34073/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.