Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/3407
Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2008_PaulaCristinaQueirozEvangelista.pdf1,99 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir
Título: Produção de histórias infantis científicas no curso de Pedagogia
Autor(es): Evangelista, Paula Cristina Queiroz
Orientador(es): Zimmermann, Erika
Assunto: Ciências - estudo e ensino
Professores - formação
Educação de crianças
Data de publicação: 25-Jan-2010
Data de defesa: 10-Dez-2008
Referência: EVANGELISTA, Paula Cristina Queiroz. Produção de histórias infantis científicas no curso de pedagogia. 2008. 185 f. Dissertação (mestrado)-Universidade de Brasília, Faculdade de Educação, Brasília, 2008.
Resumo: O professor dos anos é visto de forma muito particular, uma vez que tem uma formação generalista, precisando ensinar diversas matérias, entre elas, Ciências. O objetivo da presente pesquisa é, portanto, o de analisar como ocorre o processo de produção de histórias infantis científicas, como parte das atividades desenvolvidas por alunos de pedagogia na disciplina de Ensino de Ciências e Tecnologia da Universidade de Brasília. Visa-se analisar como o desenvolvimento dessa produção pode levar o futuro professor a se interessar pelo Ensino de Ciências. Para tanto, identifico suas expectativas em relação à disciplina de Ensino de Ciências e Tecnologia e em relação ao curso de Pedagogia, suas concepções prévias sobre ensino-aprendizagem, Educação, Ensino de Ciências e Ciências. Nesta investigação, de caráter predominantemente qualitativo, optei pela pesquisa-ação. Para obtenção das informações foram utilizados questionários, diário de campo, observações e análise da produção escrita dos alunos na produção de projetos temáticos de ciências e escrita das histórias infantis científicas. Fazendo uma leitura criteriosa dos dados coletados e articulando-os aos autores utilizados para embasamento teórico e esclarecimento dos questionamentos que deram origem a esta investigação, essa pesquisa revelou que um dos maiores obstáculos enfrentados pelos futuros professores e, talvez o maior de todos, é o de romper com a insegurança e a sensação de incapacidade que trazem para aprender e ensinar Ciências. A História e Filosofia da Ciência auxiliam a romper com algumas concepções equivocadas sobre Ciência e como Ensinar Ciências, servindo ainda como subsídio para produção das histórias infantis científicas. A metodologia adotada ao longo da pesquisa auxiliou os alunos a adotarem uma postura de estudo mais autônoma e independente, mobilizando-os a atitudes de pesquisa e revisão de posturas quanto ao próprio aprendizado. A produção das histórias infantis científicas levou os futuros professores a ter um contato diferenciado com a escrita em seu processo de formação e também a desencadear, por meio da pesquisa de conteúdos científicos que subsidiassem essas histórias, um processo de reformulação de suas concepções iniciais sobre Ensino de Ciências e Ciências. ________________________________________________________________________________________ ABSTRACT
Early stage school teachers are seen in a very specific manner given that they have general training as they need to teach various subjects, among them, sciences. This present study seeks therefore to analyze how the process for producing children’s science stories occurs as part of activities developed by pedagogy students in the course Teaching of Sciences and Technology at a the University of Brasília. This research aims moreover to analyze how the development of this production can lead the future teacher to become interested in the Teaching of Sciences. Thus, I identify his/her expectations in relation to the course Teaching of Sciences and Technology and the Pedagogy course, his/her previous concepts on teaching and learning, Education, Teaching of Sciences and Technology. In this research that is mainly qualitative, I opted for research-action. In order to obtain data, questionnaires, field notes, observations and analysis of students’ written scripts in producing thematic science projects and writings from children’s science stories were used. By doing a careful reading of the data collected and articulating them with the authors used in the theoretical precepts and to clarify the questions that led to this investigation, this research showed that one of the major obstacles faced by future teachers, and perhaps the greatest in all, is to break away from the insecurity and the sense of incapacity that they bring to learning and teaching Sciences. The History and Philosophy of Science help to do away with some wrong concepts on Science and how to Teach Sciences, and hence serve as a support in producing children’s science stories. The methodology adopted throughout the research helped the students to take on a more autonomous and independent posture, leading them to adopt research attitudes as well as to review postures regarding the very learning process. Production of children’s science stories led future teachers to have a different contact with writing in this training process as well as to generate through research on the scientific content that underlies the stories, a reformulating of their initial concepts on Teaching of Sciences and Technology.
Informações adicionais: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Educação, 2008.
Aparece nas coleções:FE - Mestrado em Educação (Dissertações)



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.