Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/34048
Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2018_ValdeliceVeron.pdf534,79 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir
Título: Tekombo’e Kunhakoty : modo de viver da mulher Kaiowa
Outros títulos: Tekombo’e Kunhakoty : the way of life of a Kaiowa woman
Autor(es): Veron, Valdelice
Orientador(es): Zaneti, Izabel Cristina Bruno Bacellar
Assunto: Índios - vida e costumes sociais
Mulheres - comportamento
Índios Kaiowá-Guarani
Povos indígenas
Data de publicação: 18-Fev-2019
Referência: VERON, Valdelice. Tekombo’e Kunhakoty: modo de viver da mulher Kaiowa. 2018. 42 f. Dissertação (Mestrado em Desenvolvimento Sustentável)—Universidade de Brasília, Brasília, 2018.
Resumo: O presente artigo, resultado da pesquisa de mestrado, é apresentado como requisito para obtenção do título de Mestre em Sustentabilidade junto a Povos e Terras Tradicionais do Centro de Desenvolvimento Sustentável, na Universidade de Brasília (UnB). Este artigo busca demonstrar parte do rito do Kunhakoty com os ensinamentos e conhecimentos relacionados, a partir do modo de pensar do meu povo Kaiowá. Trago, dentro do estudo, algumas balizas destes ensinamentos, através dos quais demonstramos o fortalecimento do mundo e do modo de viver do meu povo. O campo de pesquisa está localizado em Taquara, terra indígena dos meus ancestrais, localizado no município de Juti, no estado do Mato Grosso do Sul, Brasil. Tem como protagonista a maxuypy Julia Cavalheira (origem da minha família extensa Kaiowá) e seus ensinamentos. O método utilizado é o que denomino de etnografia indígena, com a visão de mulher Kaiowá.
Abstract: The present study, a result of Master’s research, is presented as a requisite for obtaining the Master’s degree in Sustainability alongside Traditional Peoples and Lands of the Sustainability Development Center at the University of Brasília (UnB). This article seeks to demonstrate part of the Kunhakoty ritual and its associated teachings and knowledge, from the thought perspective of my people, the Kaiowa. In this study, I bring up some of these teachings which reveal the strengthening of the world and the way of life of my people. The fieldwork for this study is in Taquara, the indigenous territory of my ancestors, located in the municipal of Juti, in the state of Mato Grosso do Sul, Brasil. The protagonist of this piece is maxuypy Julia Cavalheira (the origin of my extense Kaiowa family), and her teachings. The method used is what I call indigenous ethnography, from the vision of a Kaiowa woman.
Informações adicionais: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Centro de Desenvolvimento Sustentável, 2018.
Licença: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições:Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Aparece nas coleções:CDS - Mestrado em Sustentabilidade junto a Povos e Terras Tradicionais (Dissertações)

Mostrar registro completo do item Recomendar este item Visualizar estatísticas



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.